Segunda fase do open banking começa a ser implementada hoje

Principal benefício da segunda fase do open banking é a oferta de produtos e serviços mais adequados a cada um e a custos mais acessíveis.

LilianCH
Lilian Calmon

Após ser adiada pelo Banco Central, a segunda fase do open banking começa a ser implementada nesta sexta-feira, 13. Nela, os clientes poderão solicitar, junto às instituições participantes do sistema, o compartilhamento de seus dados cadastrais e informações sobre transações em contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados.

Vale lembrar que Isso só poderá ser feito com a autorização expressa do cliente e sempre para finalidades determinadas e por um prazo específico. É possível cancelar essa autorização a qualquer momento e em qualquer uma das instituições envolvidas.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Segunda fase do open banking permitirá a oferta de produtos e serviços mais adequados a cada um e a custos mais acessíveis

Segundo o Banco Central (BC), o principal benefício da segunda fase do open banking é a oferta de produtos e serviços mais adequados a cada cliente, a custos mais acessíveis e de forma mais ágil e segura.

“Também poderão surgir soluções mais personalizadas de gestão e de aconselhamento sobre finanças pessoais. Além disso, o ecossistema financeiro como um todo também ganha com mais inovação, maior competitividade e com a racionalização de processos”, afirmou a autarquia em nota.

Continua após a publicidade

Para o presidente do Guiabolso e membro do conselho deliberativo do open banking no BC, Thiago Alvarez, deve demorar um pouco para os consumidores sentirem os efeitos e vantagens trazidos pela nova etapa.

“A segunda fase começará a ser implementada de maneira gradativa. Isso serve para sentir o sistema, ver se existe algo que precisará de atenção ou reparo para, só então, ganhar escala. Estamos testando esse grande encanamento que é o open banking e a previsão é de ter um fluxo mais aberto apenas em setembro”, disse ele.

Continua após a publicidade

Open banking é um ecossistema que estará em constante evolução, afirma BC

Em nota, o BC afirmou que o open banking é um ecossistema que estará em constante evolução e que os benefícios e casos de uso devem ficar visíveis com o tempo, a partir de soluções de mercado e dos novos modelos de negócios que serão desenvolvidos.

“O ecossistema está sendo desenvolvido para permitir o surgimento de, por exemplo, comparadores de tarifas e serviços financeiros e aplicativos de aconselhamento e planejamento financeiro. Esperamos que diversos outros se desenvolvam nos próximos anos, a partir do maior amadurecimento dos processos das instituições e das novas demandas de serviços financeiros pela sociedade”, disse a autarquia.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a segunda fase do open banking? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

2 comentários

  1. Sandro

    Muito bom
    Informativo financeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.