Nascidos em janeiro podem sacar até R$ 1 mil do FGTS a partir desta quarta-feira

Neste primeiro saque, cerca de 3,9 milhões de pessoas devem recebem aproximadamente R$ 2,7 bilhões.

rafela
Rafaela Souza

A Caixa Econômica Federal (CEF) começa a pagar o saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) nesta quarta-feira (20), para trabalhadores nascidos no mês de janeiro. De acordo com o banco, cerca de 3,9 milhões de pessoas receberão aproximadamente R$ 2,7 bilhões.

O saque extraordinário foi divulgado pelo governo por meio de um decreto publicado no mês de março. A medida deve beneficiar mais de 41 milhões de trabalhadores, que poderão sacar até R$ 1 mil das contas ativas e inativas do FGTS.

Continua após a publicidade

Como realizar o saque do FGTS extraordinário

O valor do saque do FGTS será pago automaticamente a quem tem direito, através da Conta Poupança Social Digital, que pode ser acessada através do aplicativo Caixa Tem. O saque será de até R$ 1 mil, de acordo com os valores disponíveis na conta do trabalhador.

Quem tem direito ao saque do FGTS extraordinário

Qualquer trabalhador que tenha os valores disponíveis, seja nas contas ativas ou inativas do FGTS, poderá realizar o saque do FGTS.

Caso o trabalhador tenha mais de uma conta do FGTS, o saque seguirá a seguinte ordem: primeiro, as contas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; em seguida, as demais contas, começando pela que tiver o menor saldo, até totalizar o valor de R$ 1 mil.

Como consultar o FGTS

1. Pelo aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS, o trabalhador pode consultar a data prevista para o pagamento, o valor que será creditado e realizar alterações de cadastro para criação da Conta Poupança Social Digital.

2. Pelo site do FGTS, é possível consultar se o trabalhador tem direito ao saque extraordinário e a data de crédito na Conta Poupança Social Digital.

Como cancelar o saque do FGTS extraordinário

O saque do FGTS não é obrigatório, ou seja, apenas os trabalhadores que desejarem retirar uma parte do saldo poderão fazê-lo. Dessa forma, quem não deseja realizar o saque poderá informar que não quer receber o crédito do valor diretamente no aplicativo do FGTS, solicitando que o valor retorne para a sua conta.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre o pagamento do FGTS? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.