Aneel cobrará déficit de R$3,1 bilhões de 2020; reajuste na conta de luz ocorrerá durante todo o ano de 2021

O reajuste na conta de luz foi informado, mas ainda não há previsão de quando começará a ser cobrado. A alta em 2021 pode chegar a 13%.

Fabiola Thibes
Fabíola Thibes

A suspensão da cobrança de bandeira tarifária entre junho e novembro de 2020 levará a um reajuste na conta de luz em 2021. Isso porque houve um déficit de R$ 3,1 bilhões no ano passado.

Somente em 2020, o custo coberto pelas bandeiras tarifárias chegou a R$ 4,45 bilhões. No entanto, a interrupção da cobrança levou à arrecadação de apenas R$ 1,33 bilhão.

Continua após a publicidade

Conforme explicou o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, a diferença de valores comporá o reajuste na conta de luz de todo o ano de 2021. A taxa será aplicada pelas distribuidoras de energia.

“Essa diferença, esse valor que ficou faltando, vai entrar agora no ciclo tarifário de 2021”, destacou o diretor-geral.

A bandeira tarifária é um mecanismo surgido em 2015 para compensar o custo da produção de energia elétrica no Brasil. É uma cobrança extra que segue as regras:

  • bandeira verde: não há acréscimo, porque as condições para geração de energia são favoráveis;
  • bandeira amarela: é acrescido R$ 0,01343 por kWh consumido;
  • bandeira vermelha patamar 1: há a adição de R$ 0,04169 por kWh consumido;
  • bandeira vermelha patamar 2: incide R$ 0,06243 por kWh consumido.

Em 2020, houve a necessidade da aplicação das bandeiras amarela e vermelha durante o período de suspensão. No entanto, ficou suspenso devido à pandemia. Em dezembro, a cobrança foi retomada.

Revisão do reajuste na conta de luz

A decisão da Aneel sobre evitar o reajuste na conta de luz teve como propósito evitar os impactos financeiros negativos aos consumidores. Com a retomada da economia, a cobrança será feita para compensar o caixa da agência.

Perguntado se haveria alguma previsão para rever os valores extras das bandeiras tarifárias, Pepitone disse que não. Segundo ele, o sistema consegue cobrir os custos.

A última mudança na cobrança extra ocorreu em 2019. Naquela situação, a Aneel justificou ser necessário arrecadar mais recursos para compensar os custos extras de produção.

“As bandeiras têm papel importante de sinalizar para a população o valor da energia e também de se pagar a geração térmica mês a mês, sem deixar acumular e esse valor acumulado ser cobrado depois, corrigido pela Selic“, comentou o diretor-geral da Aneel.

O ano que teve a maior arrecadação com as bandeiras tarifárias foi 2015. Veja os resultados de cada um dos períodos:

  • 2015: R$ 14,692 bilhões;
  • 2016: R$ 3,502 bilhões;
  • 2017: R$ 6,138 bilhões;
  • 2018: R$ 6,881 bilhões;
  • 2019: R$ 4,211 bilhões;
  • 2020: R$ 1,33 bilhão.

Em fevereiro de 2021, a bandeira tarifária é a amarela. Com isso, é cobrado R$ 1,34 a mais a cada 100 kWh consumidos.

Ainda não foi determinado quando o reajuste na conta de luz ocorrerá, ou seja, se já será na fatura de março. De toda forma, é bom preparar o bolso. Segundo a Aneel, o aumento pode chegar a 13% durante o ano.

Quer saber se a conta de luz realmente vai aumentar? Então, atualize-se assinando a newsletter do iDinheiro e ativando as notificações push.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

12 comentários

  1. Carla

    Aqui é a Carla Martins, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns.

  2. Margarida j

    É o que vai ser de nos , eu tenho um filho desempregado , e pago um absurdo o geito se Deus nao tiver misericórdia não sei o que vai ser ser de nos todos ! Que Deus abençoe a todos! amem

  3. Aparecido

    Aparecido
    Tem tanta coisa errada que não dá para entender pois fiz o impossível para colocar enegia solar e gero mais do quê estou gastando tenho kw sobrando para eles vender e ainda tenho que pagar a bandeira acho que não é correto isso.

  4. Continua após a publicidade

  5. João Carlos

    Reforma política já, para acabar com estes agusos que estão ocorrendo no a Brasil, toda a semana tudo aumenta e o salário mínimo nao tem um aumento desente, e ainda vem o governo dizer que nao tem inflação e chamar a população de otário, engraçado que só existe inflação para aumentar o salário que nao tode ser maior que a inflação, enquanto isto o restante aumento muita mais que a inflação, a cada dia que passa a população vai perdendo o poder de compra, isto é muito sacanagem com o povo?

  6. João Carlos

    Reforma política já, para acabar com estes políticos ladrões e corruptos, a sim o Brasil volta a ser um pais mais justo para todos?

  7. João Carlos

    E uma vergonha estes aumento abusivos que está ocorrendo no Brasil, tudo sobe e aínda vem o governo dizer que nao tem inflação, isto é muita sacanagem com o povo, engraçado que para aumentar o salário mínimo nao pode ser maior que a inflação e o restante tudo pode aumentar mais que a inflação, está cada vez mais difícil sobreviver com este salário mínimo no Brasil, enquanto isto os políticos ganham altos salário e auxílio, tem que acabar com esta corja que só pensam em seus interesses e nao estão nem aí com o povo, são um bando políticos ladrões e corruptos,Reforma política já para acabar com tanta injustiça no Brasil?

  8. marlise

    Já está difícil e ainda com essa roubalheira é melhor voltar a ter luz de lampião e tomar banho de bacia. já estou pagando 360 reais duas pessoas na casa e só anoite vão roubar lá pros infernos

  9. Dany Padua

    E um absurdo aumentar .. Pois aqui no rio primeiro tem que tirar os gatos que são muitos e quem paga direito paga pela a responsabilidades da empresa … Primeiro tira os fatos e faz todos pagar o que gasta pra exigir algo …

  10. Jeferson

    Cara já tá difícil pra todos nois brasileiro da classe baixa com todas essas taxa de impostos em tudo que compramos.. o litro da gasolina a 5 reais aonde isso vai chegar.. muitos que ganham seu salário mínimo não consegue nem ponhar o alimento direito dentro de casa.. ainda pagar alugar pagar água luz gás .. é uma verdadeira palhaçada.. a muitos anos nao vejo uma notícia boa que vem para agradar a população brasileira.. e só subindo as coisas .. sobe 100 reais de salário mais sobe outras dezenas de coisas pra tirar do bolso.. enquanto esses monte de pitoco tá rastelando dinheiro fora um monte de auxílio que ganham que parece que estamos tratando de rei

  11. Ana Rosario

    Engraçado que a Bahia paga direto bandeira vermelha não sei porque e todo mês aqui tem aumento agora que estão anunciando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.