INSS amplia prova de vida digital para 5,3 milhões de beneficiários

Aposentados e pensionistas já começaram a ser notificados por SMS e e-mail da prova de vida digital. Entenda como fazer procedimento.

LilianCH
Lilian Calmon

O governo ampliou para mais 5,3 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) o projeto piloto que permite fazer a prova de vida digital. Essas pessoas já começaram a ser notificadas via SMS e e-mail.

Realizada por biometria facial via aplicativo de celular, a prova de vida digital dispensa o comparecimento presencial ao banco em que se recebe o benefício.

Continua após a publicidade

O projeto piloto foi lançado em agosto de 2020 e vem sendo expandido desde então.

Com informações da Agência Brasil.

Entenda como é feita a prova de vida digital

A prova de vida digital está disponível no aplicativo MeuGov.br (Android/iOS), que reúne em um login único diferentes serviços do governo.

Para a biometria facial, são utilizadas as bases de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por conta disso, no momento, o acesso está sendo liberado apenas para segurados que tenham carteira de motorista ou título de eleitor.

O INSS divulgou um passo a passo do procedimento no YouTube. O resultado da validação pode ser consultado no aplicativo Meu INSS (Android/ iOS).

“Estamos muito confiantes de que a maior parte da população vai conseguir fazer essa prova de vida de uma maneira simplificada e acessível”, disse o presidente do órgão, Leonardo Rolim, nesta terça-feira, 23.

Para o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, a prova de vida por meio digital facilita o acesso sem prejudicar o controle. “Temos que fazer o controle, até para garantir que estamos pagando corretamente, mas esse controle tem que ser o mais leve, o mais fluído possível”, afirmou.

Previsão é que procedimento anual volte a ser obrigatório a partir de maio

A previsão do governo é que a prova de vida anual volte a ser obrigatória a partir de maio. Contudo, os aposentados e pensionistas já são incentivados a se regularizar.

Desde março do ano passado, o procedimento está suspenso em razão da pandemia.

Também nesta terça-feira, 23, o governo federal prorrogou por mais dois meses, novembro e dezembro, a interrupção do bloqueio dos créditos de benefícios previdenciários por falta.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a prova de vida digital? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.