Usuários voltam a relatar problemas no Caixa Tem

De acordo cocm a Caixa Econômica Federal, os problemas no Caixa Tem estão sendo causados por falha em um dos servidores da IBM.

Isabella Proença
Isabella Proença

Desde a manhã da última segunda-feira, 7, usuários têm relatado problemas no Caixa Tem ao tentarem movimentar contas digitais.

O problema foi confirmado pela Caixa, que apontou a falha de um dos servidores da IBM como origem do erro.

Continua após a publicidade

Servidor da IBM tem falha e causa problemas no Caixa Tem

Enquanto os usuários já encontravam uma mensagem de espera virtual no aplicativo, a IBM comunicou o problema pela primeira vez pouco antes das 10 horas da manhã. 

Parte do serviço de armazenamento em nuvem da empresa de tecnologia ficou indisponível.

A IBM relatou que houve uma falha relacionada a resfriamento no prédio que hospeda a central de dados em São Paulo.

Continua após a publicidade

Em relação a resolução do problema, a empresa prometeu empenho em saná-lo ainda pela manhã. No entanto, a solução só foi anunciada à noite.

“O problema de resfriamento que afeta o data center da IBM Cloud em São Paulo foi resolvido, a temperatura se estabilizou, a conectividade da rede foi restaurada e as equipes técnicas da IBM estão trabalhando a toda velocidade para restaurar todos os serviços o mais rápido possível”, publicou o perfil da IBM Cloud no Twitter.

Ainda assim, os problemas persistem.

A indisponibilidade do aplicativo Caixa Tem deve continuar até que os serviços da empresa de tecnologia sejam totalmente reestabelecidos.

Problemas no Caixa Tem são comuns

Desde o lançamento, em abril deste ano, o aplicativo da Caixa, já teve diversos relatos de problemas por parte dos usuários.

Continua após a publicidade

A plataforma é utilizada para o pagamento do auxílio emergencial, do abono do PIS, do FGTS emergencial e do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm).

Além disso, o aplicativo permite compras online por meio do cartão de débito virtual e compras no comércio em geral, pelo QR Code gerado por meio da máquina de cartão do estabelecimento.

Em relação ao recebimento do benefício, o valor primeiro é creditado no Caixa Tem e posteriormente é liberado para saque.

Como retirar o dinheiro do Caixa Tem antes da data?

Veja, a seguir, 3 maneiras de retirar o dinheiro do auxílio emergencial do Caixa Tem antes da data de liberação do saque.

Continua após a publicidade

1- Depósito em conta digital

O trabalhador pode retirar o saldo da poupança gerando um boleto de depósito. Para emiti-lo, basta ter uma conta em bancos digitais como Nubank e PicPay.

Após a emissão, basta pagar o boleto pelo app Caixa Tem.

O processo de transferência e depósito do dinheiro é realizado em até 2 dias úteis.

Além disso, o valor máximo permitido para pagamento é de R$ 600.

2- Transferência via cartão de débito virtual

Outra opção para sacar o dinheiro antecipadamente é por meio do app Guiabolso.

Nele, o trabalhador pode criar uma conta e adicionar os dados do cartão de débito virtual criado no Caixa Tem.

Essa função está disponível na Caixa (cartão virtual), Bradesco, Banco do Brasil, C6 Bank, Banco Inter, Sicredi e Santander.

Continua após a publicidade

3- Compras usando o cartão de débito virtual

Também é possível movimentar o saldo da conta digital é por meio do cartão de débito virtual do app Caixa Tem.

O trabalhador tem a opção de fazer compras com o app. Com isso, o pagamento pode ocorrer por meio de um QR Code gerado na máquina de cartão do próprio estabelecimento.

Essa alternativa também está disponível para compras on-line.

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e se mantenha informado sobre tudo o que importa para o seu dinheiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.