Primeiro dia de pagamento do Auxílio Brasil tem filas pelo país

Primeiro dia de pagamento do Auxílio Brasil foi marcado por longas filas pelo país. De acordo com o governo, mais de 14,5 milhões de famílias serão contempladas.

LilianCH
Lilian Calmon

O primeiro dia de pagamento do Auxílio Brasil teve filas nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF) e nos postos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) pelo país.

Em novembro, o valor será pago a quem já era beneficiário do Bolsa Família, com exceção de quem deixou de atender as regras do próprio programa ao longo do mês de outubro. Vale lembrar que aqueles que receberam o Auxílio Emergencial, mas não recebiam o Bolsa Família, não estão automaticamente incluído no Auxílio Brasil.

Continua após a publicidade

Segundo o Ministério da Cidadania, serão contempladas, neste primeiro mês, mais de 14,5 milhões de famílias, que receberão um total de mais de R$ 3,25 bilhões. O valor médio será de R$ 224,41 por família. Com informações da Agência Brasil e do G1.

Dinheiro do pagamento do Auxílio Brasil pode ser movimento pelo app Caixa Tem ou sacado em agências

O dinheiro do pagamento do Auxílio Brasil pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS) ou sacado em agências, lotéricas, correspondentes bancários e terminais de autoatendimento. Na última terça-feira, 16, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, destacou que as agências voltarão a funcionar em horário normal a partir de 23 de novembro.

Confira o calendário de pagamento

O calendário de pagamento manteve as datas de depósitos do Bolsa Família, que funciona de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS). Confira.

Final do NISMês de novembroMês de dezembro
117/1110/12
218/1113/12
319/1114/12
422/1115/12
523/1116/12
624/1117/12
725/1120/12
826/1121/12
929/1122/12
030/1123/12

Vale lembrar que quem ainda não recebia o Bolsa Família, mas está inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) e atende os requisitos do novo programa, poderá ser incluído nos próximos meses. No entanto, não há garantias nem prazos. Até dezembro, a pasta promete adicionar mais 2,4 milhões de beneficiários.

Por fim, aqueles que ainda não estão no CadÚnico precisam fazer sua inscrição para serem considerados para o Auxílio Brasil.

Quer continuar acompanhando notícias sobre o Auxílio Brasil? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.