Preço dos imóveis para moradia tem alta de 0,35% no início de 2021

Desempenho positivo do preço dos imóveis para moradia é impulsionado pelas altas nas capitais. Confira os números do Fipezap.

LilianCH
Lilian Calmon

O preço dos imóveis para moradia teve alta de 0,35% no início do ano, segundo o Índice FipeZap. Se a inflação prevista de 0,3% para janeiro for confirmada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na próxima terça-feira, 9, a alta real é de 0,05% (descontando a inflação).

O índice FipeZap acompanha os preços médios de venda e locação de imóveis residenciais e comerciais e é calculado pela pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base em anúncios de imóveis (apartamentos prontos, salas e conjuntos comerciais de até 200 m²) publicados no ZAP Imóveis e em outros portais da internet.

Continua após a publicidade

Com informações do Valor Investe.

Desempenho positivo do preço dos imóveis para moradia

O desempenho positivo do preço dos imóveis para moradia foi impulsionado pelas altas nas seguintes capitais: Maceió (+1,82%), Manaus (+1,43%), Curitiba (+1,15%), Vitória (+0,90%), Florianópolis (+0,88%), Goiânia (+0,74%), João Pessoa (+0,72%), Brasília (+0,69%), Porto Alegre (+0,62%) e São Paulo (+0,46%). No Rio de Janeiro, a alta foi de 0,26%.

Na contramão disso, apenas Belo Horizonte (-0,53%), Campo Grande (-0,13%) e Fortaleza (-0,13%) tiveram recuo no valor médio de venda.

Nos últimos 12 meses, o Índice FipeZap acumula alta nominal de 3,87%, ante variação de 4,61% projetada para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mesmo intervalo de tempo. 

A estimativa é que o preço médio de venda dos imóveis residenciais termine o período com queda real de 0,70%.

Valor médio do metro quadrado de imóveis comerciais à venda

O valor médio do metro quadrado de imóveis comerciais à venda em janeiro de 2021 foi de R$ 7.524. 

Entre as capitais avaliadas pelo FipeZap, o Rio de Janeiro registrou o preço de venda mais caro no último mês (R$ 9.470/m²). Na sequência, vem São Paulo (R$ 9.366/m²) e, em seguida, Brasília (R$ 8.099/m²).

As capitais que apresentaram o preço mais baixo foram Campo Grande (R$ 4.306/m²), Goiânia (R$ 4.531/m²) e João Pessoa (R$ 4.544/m²).

Aproveite e leia também:“Saiba se 2021 será um bom ano para investir em imóveis”.

Quer acompanhar as notícias sobre o preço dos imóveis para moradia em 2021? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba tudo em seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.