Preço da gasolina é maior que R$ 5 pela primeira vez na média nacional

O IPTL registrou um aumento de 4,49% no preço da gasolina em fevereiro. Pela primeira vez, a média nacional ficou acima de R$ 5.

Isabella Proença
Isabella Proença

O Índice de Preços Ticket Log (IPTL) registrou um aumento de 4,49% no preço da gasolina na primeira quinzena de fevereiro. Com isso, o valor médio chegou a R$ 5,033.

Pela primeira vez desde o início da série, em 2011, a empresa aponta um preço da gasolina acima de R$ 5 na média nacional. Em janeiro, a média era R$ 4,816.

Continua após a publicidade

Desde maio do ano passado — última vez que a pesquisa registrou queda nos valores — o preço do combustível já aumentou 25,7%.

Aumento no preço da gasolina

Segundo o head de mercado urbano da Edenred Brasil, controladora da Ticket Log, Douglas Pina, o aumento mais significativo da gasolina no país foi registrado no Amazonas.

Continua após a publicidade

Nos postos do Estado, os preços do combustível na primeira quinzena de fevereiro subiram 7,58% e o litro médio é de R$ 4,881. Em nenhum Estado houve redução dos preços.

O aumento do etanol foi de 2,08%, chegando a R$ 3,857. Em janeiro, o preço era de R$ 3,779.

A Ticket Log realiza o levantamento com base nos abastecimentos feitos em seus 18 mil postos credenciados.

Comparativo por regiões

No comparativo regional, só a região Sul teve um índice de preço médio abaixo de R$ 5, embora a região já tenha tido o segundo maior aumento (4,57%) do país. Lá, o preço médio do litro ficou em R$ 4,825.

Continua após a publicidade

A região Norte, líder da lista, teve aumento de 4,66%. O preço médio chegou a R$ 5,012. Já a região Centro-Oeste apresenta o litro mais caro da gasolina, no valor de R$ 5,090.

Falando dos estados, a gasolina mais cara está no Acre — a R$ 5,422 — e a mais barata no Amapá — a R$ 4,484 o litro.

Em relação ao etanol, a maior alta registrada no Brasil foi no Pará, com um aumento de 9,80%. No estado, o preço médio do combustível chegou a R$ 4,416.

O Centro-Oeste e o Norte registraram os menores aumentos no valor do etanol, que teve alta de 1,95% e 1,90%, respectivamente.

Continua após a publicidade

A pesquisa apontou que o litro mais caro está na região Norte — com preço de R$ 4,031 — e o mais barato está na região Centro-Oeste — no valor de R$ 3,604.

“Nos três estados da região, o etanol compensou mais para os consumidores em relação à gasolina, se considerada a margem de vantagem 70/30”, afirma Pina.

No comparativo entre estados, o etanol com preço médio mais em conta é o de São Paulo — R$ 3,167 — e o mais caro está no Rio Grande do Sul — a R$ 4,490 o litro.

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba nossas atualizações no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.