Petrobras anuncia reajuste no preço da gasolina pela sexta vez em 2021

A partir desta terça-feira, 9, o preço da gasolina terá reajuste de 8,8%, enquanto o diesel terá um acréscimo de 5,5%. Este é o 6º aumento do ano.

Cristina Boscolo
Cristina Boscolo

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira, 8, mais um reajuste no preço da gasolina e do diesel. Esta é a sexta alta do ano, apenas uma semana após a última. 

A partir desta terça-feira, 9, o valor da gasolina subirá 8,8%, enquanto o diesel terá um acréscimo de 5,5%. Só em 2021, esta é a sexta vez que o preço da gasolina é reajustado, enquanto o diesel já sofreu a alteração por cinco vezes – o que significou altas em patamares de 53% e 40% para cada combustível, respectivamente.

Continua após a publicidade

Na prática, a Petrobras passará a oferecer o litro da gasolina a R$2,84 nas refinarias, o que representa R$ 0,23 mais do que o preço praticado até o dia de hoje. No caso do diesel, o acréscimo de R$ 0,15 elevará o preço a R$ 2,86.

Vale lembrar que estes preços são os praticados nas refinarias, onde as distribuidoras compram o combustível para levar aos postos de combustível. O preço final que o consumidor deve pagar para abastecer o veículo é definido por cada posto e acrescido de impostos. 

Continua após a publicidade

Impasses sobre o reajuste no preço da gasolina

Com o risco de uma greve dos caminhoneiros devido às alterações no preço dos combustíveis, o presidente Jair Bolsonaro optou pela demissão do então presidente da Petrobras Roberto Castello Branco no último dia 19 de fevereiro. 

Antes, Bolsonaro já havia tomado atitudes para acalmar a animosidade por parte dos caminhoneiros, por meio da isenção de impostos federais, mas, mesmo assim, os preços se mantiveram em alta. O ganho proposto, neste caso, representa apenas a metade do reajuste imposto pela estatal.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), na última semana, o preço do diesel chegou a R$ 4,230 em postos de combustíveis pelo país – o que representa 1,1% acima do que foi constatado uma semana antes, ainda precedentemente à isenção.

Além disso, nas bombas, o preço do combustível subiu 11% em um mês – índice que retrata um acúmulo de 16,7% neste ano.

Continua após a publicidade

Já no caso da gasolina houve uma alta de 2,3% em uma semana e de 9,4% no mês, chegando a um preço médio de R$ 5,290. Durante o ano, o aumento já é de 17,7%.

Como a Petrobras define os preços

O conceito usado pela Petrobras para a aplicação da política de preços se baseia na paridade de importação, que faz um cálculo para indicar qual seria o valor de venda para um produto importado no mercado local. Dentro dessa equação estão embutidos custos com importação, câmbio, logística e também as diversas cotações internacionais, que dispararam por conta da expectativa de retomada nos mercados após o início da vacinação contra a Covid-19. 

Nesta segunda-feira, a cotação do petróleo Brent – visto como referência internacional – chegou a US$ 70 por barril, cerca de R$ 400, pela primeira vez após o início do isolamento social.

A taxa de câmbio também sofre tensões por conta do risco fiscal e pela baixa dos juros. De acordo com o Banco Central, o dólar pode atingir R$ 5,15 no final de 2021, contra os anteriores R$ 5,10.

Continua após a publicidade

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que não irá interferir na política de preços da Petrobras, porém justificou a troca na direção da estatal por acreditar que a empresa precisa adotar uma postura social.

A alteração no comando com a saída de Castello Branco e a posterior substituição pelo general Joaquim Silva e Luna baixou drasticamente as ações da Petrobras e levou a um êxodo em massa por parte do conselho administrativo da empresa

Em nota, a Petrobras disse que as variações de preços servem para manter o Brasil aderente às tendências e políticas do mercado internacional, a fim de que o país não sofra com falta de suprimentos e siga sendo abastecido normalmente.

Veja o histórico do reajuste no preço do diesel e gasolina nas refinarias este ano

DATAPREÇO DA GASOLINAPREÇO DO DIESEL
18 de janeiro de 2021R$ 1,98
26 de janeiro de 2021R$ 2,08R$ 2,12
08 de fevereiro de 2021R$ 2,25R$ 2,24
18 de fevereiro de 2021R$ 2,48R$ 2,58
02 de março de 2021R$ 2,60R$ 2,71
09 de março de 2021R$ 2,84R$ 2,86

Este conteúdo foi útil? Então, assine a newsletter iDinheiro e se mantenha atualizado de notícias que impactam diretamente o seu bolso. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.