Governo aumenta prazo para pagamento do Pronampe por mais três meses

Empresários pediam mais tempo para pagamento do Pronampe por conta do avanço da pandemia. Prazo, que era de 8 meses, agora será de 11.

LilianCH
Lilian Calmon

O governo vai estender de 8 para 11 meses o prazo máximo para início do pagamento do (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

A mudança foi aprovada pela assembleia de cotistas do Fundo de Garantia de Operações (FGO) por sugestão da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia.

Continua após a publicidade

A ata da reunião será publicada ainda nesta terça-feira, 9. Na sequência, será feito o envio de comunicado oficial aos bancos.

As empresas que desejarem prorrogar a carência da linha do Pronampe devem procurar as instituições financeiras com as quais firmaram os contratos.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Empresários pediam mais tempo para pagamento do Pronampe

Na semana passada, a Confederação Nacional do Comércio (CNC), setor que está entre os mais afetados pelos efeitos pandemia, divulgou carta aberta ao ministro da Economia, Paulo Guedes, com pedido de prorrogação do Pronampe. Isso porque as empresas ainda não conseguiram se recuperar das consequências da crise econômica.

“A retomada não ocorreu conforme o previsto e continuamos experimentando as consequências e o agravamento da situação, com o retorno de medidas que incluem o fechamento de estabelecimentos”, dizia o texto da CNC.

Segundo o diretor da Confederação, Alexandre Sampaio, era urgente uma saída. “Estamos vendo o desastre que tem sido a política de vacinação, com as cidades fechando, e isso está jogando o comércio numa situação de inadimplência. Sabemos que ele [Guedes] está trabalhando numa saída, mas o tempo urge”.

Saiba mais sobre o Pronampe

Destinado a micro e pequenas empresas, o Pronampe liberou R$ 37,5 bilhões em crédito contratado em 2020.

Os demais programas de crédito possuem prazos maiores e, em alguns caso, é interpretado que as regras permitem renegociar as condições diretamente com os bancos. Mesmo assim, a equipe econômica já cogita flexibilizações também nesses casos.

Para ler a matéria da Folha de S. Paulo na íntegra, clique aqui.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a extensão do prazo para pagamento do Pronampe? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do push.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.