PIX adia para março a solução de pagamento com QR Code

Karina Carneiro
Karina Carneiro
celular lendo qr code, representando pagamento com qr code
O pagamento de contas com vencimento por meio de QR Code pelo PIX, que deveria ser lançado em janeiro, foi adiado para março. Entenda.

Com lançamento oficial anteriormente previsto para o dia 4 de janeiro, o pagamento com QR Code dentro do PIX agora foi adiado para março. 

A decisão tomada pelo Banco Central (BC) foi anunciada na manhã desta segunda-feira, 14, por meio do Diário Oficial da União (DOU). 

Continua após a publicidade

O PIX Cobrança foi anunciado em outubro, com recursos interessantes para os pequenos empreendedores. Além do pagamento com QR Code, a funcionalidade prevê inserção do cálculo de juros, multas e data de vencimento. 

De acordo com o Banco Central (BC), lojistas e prestadores de serviços poderão emitir um código com vencimento futuro e encaminhar diretamente aos seus consumidores. 

Sobre o pagamento com QR Code no PIX

No anúncio, o pagamento com QR Code foi tido como um novo substituto dos boletos bancários. 

Segundo a nova instrução normativa, os participantes do PIX que estejam enquadrados na modalidade provedora de conta transacional devem estar totalmente aptos a oferecer aos usuários finais a leitura de QR Code, com data limite até 15 de março. 

A leitura do meio de pagamento ou o tratamento do PIX Copia e Cola, estará disponível aos empreendedores que já tiverem chave cadastrada.

Por meio da funcionalidade, os empreendedores poderão repassar aos consumidores informações, juros, multas e descontos para pagamentos antecipados. 

Sobre o PIX Cobrança

O PIX Cobrança tradicional já está disponível para todos os usuários desde a data oficial do lançamento, em 16 de novembro. 

Com ele, basta que o consumidor aponte o celular para o QR Code para conseguir efetuar a operação da compra de maneira otimizada, assim como ocorre com os pagamentos em estabelecimentos físicos utilizando carteiras digitais. 

Alguns estabelecimentos já estão utilizando esse meio de pagamento, como lojas varejistas e redes de supermercados.

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para continuar recebendo todas as informações relevantes para o seu dinheiro. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.