Orçamento do FGTS 2021 ultrapassa R$ 77 bi e deve gerar 1,5 milhão de empregos

O orçamento do FGTS 2021 deve gerar até 1,5 milhão de empregos. Veja como os recursos estão direcionados entre áreas e estados.

Fabiola Thibes
Fabíola Thibes

orçamento do FGTS 2021 foi divulgado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 22. De acordo com o documento, a Caixa Econômica Federal reservou R$ 77,4 bilhões em investimentos nesse setor.

Com esse montante, a expectativa é de geração de 1,5 milhão de empregos no país. Os recursos serão distribuídos da seguinte forma, entre outras:

Continua após a publicidade

  • R$ 33,49 bilhões serão destinados à habitação popular, para financiamentos de pessoas físicas ou jurídicas, desde que a renda mensal bruta seja de até R$ 4 mil;
  • R$ 6,75 bilhões serão alocados para o financiamento da construção ou da compra de novas unidades habitacionais, inclusive aquelas voltadas à reabilitação urbana;
  • R$ 1,3 bilhão com a mesma finalidade de financiamento de construção ou compra de novas unidades habitacionais;
  • R$ 450 milhões para financiamentos na área urbana para compra de imóveis usados ou produção de lotes urbanizados;
  • R$ 180 milhões ou mais para o financiamento de imóveis novos;
  • R$ 90 milhões para para o financiamento de unidades habitacionais com valor de venda acima de R$ 500 mil;
  • R$ 4 bilhões para a área de Saneamento Básico – Mutuário Público e Privado;
  • R$ 300 milhões para operações de crédito no âmbito do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS (Pró-Cotista);
  • R$ 5 bilhões para a área de Infraestrutura Urbana – Mutuário Público e Privado;
  • R$ 3,447 bilhões para a área da saúde.

No total, o arquivo do Diário Oficial da União apresenta investimentos da ordem de R$ 77.477.368.

Divisão do orçamento do FGTS 2021

As diferentes regiões do Brasil vão receber valores distintos do orçamento do FGTS 2021. Veja como ficará:

Área de habitação popular e Pró-Cotista

  • Norte: R$ 5,160 bilhões;
  • Nordeste: R$ 14,769 bilhões;
  • Sudeste: R$ 24,513 bilhões;
  • Sul: R$ 6,898 bilhões;
  • Centro-Oeste: R$ 5,158 bilhões.

Área de saneamento básico

  • Norte: R$ 380,292 milhões;
  • Nordeste: R$ 782,849 milhões;
  • Sudeste: R$ 1,793 bilhão;
  • Sul: R$ 599,877 milhões;
  • Centro-Oeste: R$ 443,205 milhões.

Área de infraestrutura urbana (Pró-transporte)

  • Norte: R$ 479,223 milhões;
  • Nordeste: R$ 598,434 milhões;
  • Sudeste: R$ 1,230 bilhão;
  • Sul: R$ 1,116 bilhão;
  • Centro-Oeste: R$ 574,629 milhões.

Descontos nos financiamentos a pessoas físicas

  • Norte: R$ 770,100 milhões;
  • Nordeste: R$ 2,2 bilhões;
  • Sudeste: R$ 3,714 bilhões;
  • Sul: R$ 1,043 bilhão;
  • Centro-Oeste: R$ 770,950 milhões.

Todos os detalhes do orçamento do FGTS 2021 estão disponíveis no site da Caixa Econômica Federal. Basta pesquisar “FGTS – Circulares Caixa FGTS 2021”.

Também é possível acessar a publicação online do Diário Oficial da União, disponível no site da Imprensa Nacional.

Quem pode aproveitar os recursos do orçamento FGTS 2021

Além do saque-aniversário 2021, os trabalhadores com contas ativas e inativas podem resgatar todo o valor do FGTS em algumas circunstâncias. Elas são:

  • demissão sem justa causa;
  • término do contrato por prazo determinado;
  • rescisão por falência, falecimento do empregador individual ou doméstico, ou nulidade do contrato;
  • rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • aposentadoria;
  • necessidade pessoal urgente e grave devido a desastre natural, desde que seja publicado estado de emergência ou de calamidade pública;
  • suspensão do trabalho avulso;
  • falecimento do trabalhador;
  • idade igual ou superior a 70 anos;
  • portador de HIV/AIDS;
  • neoplasia maligna;
  • estágio terminal devido à doença grave;
  • permanência do trabalhador titular por 3 anos ininterruptos fora do regime FGTS;
  • permanência da conta do trabalhador sem depósitos por 3 anos ininterruptos;
  • compra da casa própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações do financiamento habitual.

Quer continuar se atualizando sobre o FGTS e outros benefícios trabalhistas? Então, assine a newsletter do iDinheiro e ative as notificações push para receber as informações.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.