Onde investir em 2021? Conheça as alternativas da renda variável

Karina Carneiro
Karina Carneiro
tablet com gráfico, representando onde investir em 2021
Quer saber onde investir em 2021? Conheça algumas alternativas relacionadas à renda variável indicadas por especialistas financeiros.

Buscar desde já saber onde investir em 2021 é indicado para quem pretende multiplicar patrimônio no ano que vem chegando.

A renda variável teve um dos melhores resultados dos últimos anos, mesmo com quatro circuit breaks acumulados ao longo de março, no início da pandemia. Essa alternativa se tornou uma das mais lucrativas durante 2020, principalmente considerando a Selic em mínima histórica.

Continua após a publicidade

Prova dessa mudança de comportamento são os números acumulados pela B3, a bolsa brasileira. Este ano registou o maior número de investidores partindo para a renda variável em busca de melhores rentabilidades.

De acordo com a B3, eram 1,6 milhões de investidores cadastrados em 2019; 2020, por outro lado, encerra o ano com aproximadamente 3,17 milhões de pessoas físicas na Bolsa de Valores.

Conheça abaixo algumas alternativas de onde investir em 2021. Com informações da revista Exame. 

Onde investir em 2021?

De acordo com o relatório divulgado pelo BTG Pactual, com publicação pela revista digital, alguns papéis que ganharam destaque em 2021 devem continuar se valorizando ao longo do próximo ano. 

O caminho para que o investidor saiba onde investir em 2021, é buscar uma diversidade na carteira de investimentos, mesclando setores e empresas que façam sentido com planos no longo prazo para não sofrer uma possível desvalorização em massa.

Entre os principais destaques, os especialistas destacam alguns ativos como a Oi e a Magazine Luiza. 

1. Magazine Luiza (MLGU3)

Durante a pandemia, a Magazine Luiza teve um dos melhores crescimentos do ano, impulsionada, principalmente, pelos canais de vendas digitais, como o aplicativo e a loja virtual. 

Então, segundo os especialistas da corretora de valores, vale a pena continuar de olho nos papéis da varejista.

Afinal, o relatório do último semestre da empresa continua destacando três pontos importantes que influenciam na lucratividade de uma empresa a longo prazo: 

  • evolução do ecossistema de produtos e serviços (como investimento em produtos financeiros);
  • experiência do consumidor
  • tráfego e sortimentos relevantes ao cliente final. 

2. Oi (OIBR3)

Mesmo em processo de recuperação judicial, os especialistas acreditam que as ações da Oi poderão ter uma boa valorização no próximo ano e podem ser um caminho interessante de onde investir em 2021. 

Com a venda de ativos, a empresa conseguirá pagar antecipadamente grande parte das dívidas e intensificar investimentos em novos negócios. 

O leilão das operações das redes móveis, que ocorreu em 14 de dezembro, deve arrecadar cerca de R$ 16,5 bilhões com a TIM, Vivo e Claro como compradoras. 

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para continuar recebendo as principais informações sobre o universo financeiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.