4 oportunidades para obter renda extra na pandemia; confira

Para além das opções mais conhecidas, várias empresas possibilitam obter renda extra por meio de prestação de serviços. Veja como participar.

Heloisa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos

A pandemia levou 13,4 milhões de brasileiros ao desemprego, segundo dados do IBGE. Nesse cenário, tornou-se ainda mais importante a possibilidade de obter renda extra.

O primeiro passo para organizar as finanças para quem está desempregado é cortar gastos, buscando reduzir ao máximo o padrão de vida. Também é importante buscar outros rendimentos até que ocorra uma recolocação profissional.

Continua após a publicidade

Quem quer conseguir dinheiro sem um emprego convencional pode obter renda extra com tarefas simples, como desapego de bens ou por meio de micro empreendedorismo, ao vender produtos confeccionados artesanalmente.

Diversas plataformas também oferecem a possibilidade de o profissional autônomo prestar serviços, possibilitando obter renda extra, às vezes, sem precisar sair de casa.

Continua após a publicidade

Confira 4 empresas que possibilitam renda extra aos usuários.

Oportunidades para obter renda extra

Helpie

A Helpie é uma plataforma digital que une prestadores de mais de 400 tipos de serviços e potenciais clientes. Ao todo, 40 mil profissionais já estão cadastrados na plataforma, oferecendo serviços desde reforma, diarista e eletricista até profissões mais inusitadas, como piloto de drone, animador de festas e Papai Noel.

Os Helpers, como são chamados os profissionais ligados à plataforma, pagam uma assinatura e, em troca, recebem divulgação no aplicativo e site, que funcionam como uma “vitrine” para os serviços.

“Com o desemprego e evolução da informalidade, esse público ficou muito a mercê. O Helpie virou uma alternativa profissionalmente, tanto como exercício principal como secundário”, destaca o CEO da empresa, Leandro Gotz.

Segundo ele, dependendo do tipo de serviço e da localidade, os Helpers conseguem faturar entre R$ 3 mil e R$ 4 mil mensais.

Continua após a publicidade

Workana

A Workana conecta freelancers a empresas da América Latina. Os profissionais podem se cadastrar na plataforma gratuitamente e procurar projetos em que possam se candidatar.

Profissionais das áreas de e-commerce, marketing digital e vendas, TI e programação, tradução e conteúdo, design e multimídia, suporte administrativo, jurídico, finanças e administração e engenharia e manufatura podem oferecer serviços.

Ao final do projeto, então, o freelancer paga uma pequena comissão, que pode variar de 5% a 20%, e o cliente paga um custo de serviço de 4,5%.

“Muito além da renda extra, o freelance passou a ser visto como fonte de renda para milhares de pessoas, tanto que 57,2% dos profissionais entrevistados pela Workana no último relatório anual disseram ser freelancers full time, e 42,8% part time”, ressalta o country manager da Workana no Brasil, Daniel Schwebel.

Continua após a publicidade

Elo7

O Elo7 é voltado para quem quer vender produtos criativos online sem ter que pagar nada. Por meio da plataforma, vendedores podem expor mercadorias a potenciais compradores e obter renda extra. 

O site oferece lugar para venda de itens artesanais como bolsas, acessórios, bijuterias, decoração e roupas.

A empresa ajuda os profissionais a montarem o próprio negócio, desde dicas para traçar estratégias de marketing até acompanhamento de novidades do setor e tendências.

A plataforma tem mais de 130 mil vendedores ativos e mais de 24 milhões de visitantes por mês e está presente em 3.700 cidades no Brasil, além de parceiros na Colômbia e Argentina.

Continua após a publicidade

Obter renda extra com o Zettle

A Zettle é uma fintech sueca de gestão e meios de pagamento. Ela oferece o Programa de Representação Comercial, uma oportunidade de renda extra que pode chegar a R$ 15.000,00 por mês, de acordo com o desempenho do vendedor. 

A plataforma não cobra experiência com vendas de equipamentos de pagamento ou investimento inicial. Cada novo membro recebe treinamento, que tem como foco esclarecer as funcionalidades do app Zettle Go (ferramenta gratuita de gestão de negócios), utilização das maquininhas e melhores estratégias de vendas online e offline.

Para participar, é preciso ter CNPJ para emissão de nota fiscal e preencher um formulário disponível no site

Quer conferir mais opções de renda extra? Então, assine a newsletter iDinheiro e se mantenha atualizado sobre tudo o que importa para o seu dinheiro

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

3 comentários

  1. Aldeon Alves

    Gostaria muito de participar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.