Contribuinte já pode saber se caiu na malha fina do IR 2021

A consulta da malha fina do IR 2021 já está disponível no portal e-CAC. Quem tiver inconsistência na declaração deve enviar retificação à Receita.

LilianCH
Lilian Calmon

Com o fim do prazo para entrega na última segunda-feira, 31, o contribuinte já pode saber se caiu na malha fina do IR 2021. Quem cometeu algum erro ao informar os dados à Receita Federal consegue fazer a consulta no Portal e-CAC, que é o centro de atendimento virtual do órgão.

Para isso, é preciso ter senha de acesso. O trabalhador que ainda não tem a senha e o código consegue criá-los ao informar os recibos do IR de 2020 e 2021. Se estiver declarando pela primeira vez, basta informar somente o recibo deste ano. Outra opção é usar a senha do gov.br.

Confira o passo a passo para saber se você caiu na malha fina do IR 2021

Ao entrar no e-CAC, no site da Receita, acesse “Meu Imposto de Renda”, do lado esquerdo da tela. Na página seguinte, aparecerá a linha do tempo das declarações entregues. Na de 2021, o contribuinte terá a a informação para saber se o documento enviado caiu na malha fina.

Quem estive com tudo em dia verá a mensagem “Em fila de restituição”, o que significa que o IR 2021 está correto. Quando o dinheiro for pago, aparecerá que a declaração foi “Processada”.

Continua após a publicidade

Receita recebeu 34,1 milhões de declarações do IR 2021

Segundo a Receita, foram recebidas 34,1 milhões de declarações do IR 2021, ano-base 2020. Quem não o declarou pode enviar o documento, mas há multa mínima de R$ 165,74. Já quem cometeu algum erro pode enviar uma declaração retificadora.​

Na última segunda-feira, 31, o órgão começou a pagar o primeiro lote de restituição. Nesse momento, a prioridade são os idosos acima de 60 anos e pessoas com alguma deficiência física ou mental, além de pessoas com doenças graves e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Assim como no ano passado, os reembolsos serão pagos em cinco lotes distribuídos da seguinte forma:

  • 1º lote: 31 de maio;
  • 2º lote: 30 de junho;
  • 3º lote: 30 de julho;
  • 4º lote: 31 de agosto;
  • 5º lote: 30 de setembro.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre o IR 2021? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

5 comentários

  1. João Batista

    eu não declarei meu imposto de renda como posso saber de estou devendo ou não

  2. Alexandro Moura

    Eu queria receber um dinheiro que ficou detido na receita de dois precatórios que recebi do inss na caixa econômica do IRRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.