Magazine Luiza adquire Hub Fintech por R$ 290 milhões

Rodrigo Salgado
Rodrigo Salgado
logos da magazine luiza e hub fintech
A Magazine Luiza anunciou nesta segunda-feira, 21, a compra da Hub Fintech. Objetivo da transação é acelerar a plataforma de pagamentos da empresa.

O Magazine Luiza comprou a financeira digital Hub Fintech pelo valor de R$ 290 milhões. O anúncio da aquisição foi feito nesta segunda-feira, 21, em comunicado divulgado pela varejista.

A Hub Fintech é uma companhia que atua na infraestrutura e na gestão de produtos e serviços financeiros white label.

Continua após a publicidade

“Com a aquisição, os mais de 29 milhões de clientes pessoas físicas do Magalu e os 40 mil sellers (vendedores) do marketplace passam a contar com uma conta bancária digital completa, gratuita e totalmente integrada ao superapp”, informou a empresa por meio de nota.

Dessa forma, o Magazine Luiza chega à 11ª aquisição de 2020. Além da Hub, também comprou, só neste ano, o sebo digital Estante Virtual, a escola de marketing digital ComSchool, a plataforma de mídia da Inloco, entre outros empreendimentos.

A fintech pertencia ao empresário Carlos Wizard. Ele é fundador e ex-proprietário das escolas de inglês, bem como responsável por operações de grandes redes de fast food no Brasil.

Aceleração da plataforma de pagamentos do Magazine Luiza

Ainda de acordo com o comunicado, “a aquisição da Hub adianta em vários anos a jornada de desenvolvimento da plataforma de pagamentos, tanto para pessoas jurídicas quanto para pessoas físicas”. Antes da Hub, outras fintechs também foram analisadas.

Desse modo, os clientes do Magalu poderão fazer compras, depósitos, pagamentos e transferências por meio da plataforma. Além disso, poderão, também, fazer saques nas lojas físicas da marca, em lotéricas ou caixas eletrônicos.

Porém, a aquisição ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica do governo federal (Cade), que age para evitar trustes.

A Hub Fintech

Fundada em 2012 por Carlos Wizard, a Hub Fintech se diz líder no processamento de cartões pré-pagos. Uma das subsidiárias, a Hub Pagamentos, já está regulada pelo Banco Central e integrada ao PIX.

Além disso, ainda possui plataforma de banking as a service e a capacidade de produção de 30 milhões de cartões por ano.

No total, são 4 milhões de contas digitais e cartões pré-pagos ativos e mais de R$ 7 bilhões movimentados nos últimos 12 meses.

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e fique por dentro de todas as nossas atualizações em tempo real no seu e-mail!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.