Inflação pelo IGP-DI sobe 0,76% em dezembro, com alta de 23,08% em 2020

A inflação pelo IGP-DI tem como base os preços mensais de todo o processo produtivo. Saiba mais sobre cada um dos índices.

LilianCH
Lilian Calmon

A inflação pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,76% em dezembro, depois de ter avançado 2,64% em novembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, 8. Em 2020, o índice acumulou alta de 23,08%.

O IGP-DI apura os preços mensais de todo o processo produtivo: matérias-primas agrícolas e industriais, produtos intermediários e bens e serviços finais e preços de construção. Ele é utilizado como referência para correções de preços e valores contratuais, além de ser empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

Continua após a publicidade

Como comparação, em dezembro de 2019, ele variou 1,74%, acumulando elevação de 7,70% em 12 meses.

Com informações do G1 e do UOL.

Inflação pelo IGP-DI: commodities importantes registraram aumentos históricos no ano passado

Segundo o coordenador dos Índices de Preços da FGV, André Braz, commodities importantes registraram aumentos históricos em 2020. Entre os maiores destaques estão o minério de ferro (107,15%), a soja (79,45%) e o milho (68,81%). Isso levou o IGP a fechar o ano com a maior alta desde 2002, quando foi de 26,41%. 

De novembro para dezembro, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) saiu de 3,31% para 0,68% de alta. 

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) foi de 0,94% para 1,07% de aumento. Enquanto isso, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) passou de 1,28% para 0,70% de alta.

No ano completo, o IPA aumentou 31,72%, o IPC teve elevação de 5,17% e o INCC registrou incremento de 8,81%.

Saiba mais sobre os índices

O IPA registra as variações de preços de produtos agropecuários e industriais nos estágios de comercialização anteriores ao consumo final.

O IPC mede a variação de preços de um conjunto fixo de bens e serviços que compõem as despesas habituais de famílias com nível de renda situado entre 1 e 33 salários mínimos mensais. Ele responde por 30% do IGP-DI.

O INCC, por sua vez, apura a evolução dos custos no setor da construção, que é um dos termômetros para o nível de atividade da economia.

O IPA e o INCC têm cálculo mensal, enquanto a família de IPCs da FGV pode ter periodicidade mensal, trimestral, quadrissemanal e diária.

Aproveite e confira: “Inflação dos mais pobres é puxada por auxílio emergencial”.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a inflação pelo IGP-DI? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.