Apple lança o Fitness +, serviço de streaming de exercícios

Karina Carneiro
Karina Carneiro
mulher fazendo exercício com logo do fitness +
Apple lança o Fitness +, sua nova plataforma de exercícios. Consumidores da empresa poderão assistir às aulas em iPhones e iPads e contabilizar calorias no Apple Watch.

Na última semana, a Apple lançou um novo serviço de streaming focado em exercícios, o Fitness +.

Os exercícios, que vão desde ioga à ciclismo, estão disponíveis para os usuários da plataforma assistirem em dispositivos como iPhone’s, iPad’s e Apple TV. Além disso, as calorias gastas podem ser contabilizadas por meio do Apple Watch.

Continua após a publicidade

O objetivo da empresa norte-americana é incentivar os usuários a realizarem atividades físicas dentro de casa e manterem o corpo ativo. 

No momento, a plataforma está disponível em países como Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Irlanda e Nova Zelândia. 

O Brasil ainda segue sem previsão para receber o conteúdo oficial, que ter lançamento em breve, juntamente com o Apple One, compilado de serviços da empresa. 

No que consiste o Fitness+?

O Fitness + é um serviço de streaming totalmente focado em exercícios e atividades para que os usuários possam se movimentar dentro de casa. 

Inclusive, a empresa anunciou que toda a semana haverá novos treinos de acordo com a escolha do usuário, além de novos gêneros musicais para manter o foco e o engajamento durante os exercícios. 

O aplicativo também deve trazer instruções de movimentos para a preparação de exercícios, como postura, alongamento e um breve aquecimento para melhorar a performance da atividade. 

Valores do streaming

Os consumidores poderão assinar o serviço de maneira gradual nos países mencionados a partir de US$ 9,99 mensais ou US$ 79,99 anual. 

De acordo com o diretor sênior de atividades e tecnologias focadas em saúde da Apple, Jay Blahnik, o programa promete atingir diferentes níveis de usuários. 

“Esse é um programa acessível tanto para iniciantes quanto para atletas de alto rendimento, e ainda oferece a flexibilidade de treinar em qualquer lugar. Assim, todos podem participar”, mencionou. 

Caso o usuário tenha um Apple Watch, por exemplo, ele pode medir as calorias, tempo de exercício, batimentos cardíacos e oxigenação do sangue (caso seja o novo modelo da linha de relógios da empresa).

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para continuar acompanhando as informações sobre o universo financeiro. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.