Endividamento das famílias chega a 75%, diz pesquisa

O endividamento atingiu 75% no Brasil. O principal vilão é o cartão de crédito. Veja outros dados da pesquisa sobre hábitos dos consumidores.

Fabiola Thibes
Fabíola Thibes

O endividamento dos brasileiros está em 75%, segundo a pesquisa Empréstimos Pessoais e Hábitos dos Consumidores, da Globo. Isso significa que 3/4 da população tem uma ou mais contas em aberto. De acordo com o levantamento, um dos motivos para esse resultado é a pandemia do coronavírus. As dificuldades financeiras fizeram com que 7 em cada 10 brasileiros gastasse mais do que ganha.

A pesquisa considerou 1.170 pessoas de todas as regiões do País. Ainda trouxe outras informações. Veja a seguir.

Continua após a publicidade

Cenário do endividamento no Brasil

Em relação ao endividamento, os números dos brasileiros foram:

  • 43% afirmaram ter despesas maiores do que os ganhos;
  • 32% têm gastos equivalentes aos ganhos;
  • 25% estão com as finanças equilibradas e têm uma renda maior do que as despesas.

Esse cenário de desequilíbrio financeiro implica aumento das dívidas. Por isso, 75% têm alguma conta em aberto. Além disso, 41% estão inadimplentes, ou seja, estão com faturas atrasadas.

Ao mesmo tempo, os dados mostram a falta de educação financeira. A pesquisa também deixa claro que 56% das pessoas não sabem exatamente como estão as suas finanças nem onde gastam o dinheiro.

Cartão de crédito: o vilão do endividamento

Para custear seus gastos, os brasileiros optaram pelo cartão de crédito. Com isso, ele se tornou o principal vilão das dívidas para 58% dos consumidores.

O segundo fator de endividamento foram os empréstimos pessoal e consignado. Essas modalidades foram apontadas por 29% dos entrevistados.

De acordo com o diretor de negócios para os setores Financeiro e Automotivo da Globo, Eduardo Petribu, “a gente percebe que, dessas pessoas que apontam que têm dívidas, 41% estão com dívidas atrasadas. E é onde entra o cartão de crédito, que tem uma facilidade de acesso. As pessoas endividadas buscam facilidade. Elas contraem um empréstimo para pagar outro”.

Dentro desse cenário, 53% querem contratar alguma linha de crédito. Desse total, 54% desejam pedir o empréstimo de forma online.

Apesar disso, 49% sofreram alguma recusa. Entre os principais motivos para a negativa está o nome sujo. Diante desse contexto, é fundamental elaborar um bom planejamento financeiro para sair do endividamento. Além disso, vale a pena renegociar as contas em aberto e ver dicas para não se endividar no cartão.

Quer continuar acompanhando outras notícias como essa? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.