Após novos termos do WhatsApp, downloads do Signal crescem 4200%

Os downloads do Signal cresceram após o WhatsApp atualizar os termos de privacidade. Empresa irá compartilhar dados com o Facebook.

Karina Carneiro
Karina Carneiro

Após recente atualização do WhatsApp sobre políticas de privacidade, os downloads do Signal, aplicativo de mensagens similar, tiveram aumento de 4.200% em relação à semana anterior. 

A popularidade do sistema de mensagens instantâneas veio à tona após o WhatsApp avisar que os dados dos usuários seriam compartilhados de maneira automática com o Facebook

Continua após a publicidade

Com os usuários buscando maior privacidade para trocar mensagens sem ter os dados compartilhados com outra rede social, o Signal e o Telegram se tornaram uma alternativa.

Crescimento dos downloads do Signal

Os downloads do Signal começaram a ser realizados de maneira constante após o CEO da Tesla, Elon Musk, fazer um tweet sobre a ferramenta. 

Continua após a publicidade

Entre os dias 6 e 10 de janeiro, o aplicativo foi o mais baixado tanto na App Store como no Google Play, registrando uma quantia de 7,5 milhões de downloads em todo o mundo. 

Além disso, os downloads do Signal foram impulsionados por personalidades como Jack Dorsey e Edward Snowden, que chegaram a mencionar que o aplicativo costuma ser o favorito de quem pretende priorizar a privacidade de informações pessoais. 

Alternativas ao WhatsApp

Os downloads do Signal cresceram bastante graças à política e posicionamento de mercado adotados pela empresa. 

Por ser uma organização sem fins lucrativos, o Signal deixa claro que sua prioridade é a privacidade do usuário dentro do aplicativo. 

Continua após a publicidade

Outra empresa que registrou um aumento significativo de downloads foi o Telegram, visto como um substituto imediato do WhatsApp desde 2017.

Somente na semana passada, a empresa registrou aproximadamente 9 milhões de novas instalações em todo o mundo. Os números representam um crescimento de 91% nesse período.

WhatsApp se manifestou

Diante de toda a polêmica de compartilhamento de informações, o WhatsApp se manifestou sobre o assunto. 

Em comunicado oficial publicado na última segunda-feira, 11, a empresa afirmou: “Queremos abordar alguns rumores e ser 100% claros de que continuamos a proteger suas mensagens privadas com criptografia de ponta a ponta”.

Continua após a publicidade

O aplicativo também afirmou que a atualização mantém a privacidade de todas as mensagens trocadas entre os usuários. 

Entretanto, informações como endereço de IP, dados de dispositivo, número de telefone e dados de transações serão compartilhados.

Como consequência do anúncio, o WhatsApp registrou uma queda de 7% de instalações diárias. 

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e de ativar as notificações Push para continuar acompanhando todas as notícias relevantes para o seu bolso. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.