Crédito bancário cresce junto com taxa média de juros em março, diz Banco Central

O Banco Central divulgou nesta quinta, 29, que o volume total do crédito bancário subiu 1,5% e a taxa média de juros avançou 0.5 p.p.

Cristina Boscolo
Cristina Boscolo

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira, 29, que o volume total do crédito bancário registrou alta em março.

No mesmo período, entretanto, as concessões de novos empréstimos desaceleraram no ritmo de crescimento e a taxa média de juros cobrada pelas instituições financeiras avançou.

Continua após a publicidade

De acordo com o Bacen, o volume total do crédito bancário subiu 1,5% no mês passado – passando de R$ 4,045 trilhões em fevereiro para R$ 4,104 trilhões. Essa alta reflete crescimento diretamente no estoque total para pessoas físicas (crescimento de 1%, chegando a R$ 2,3 trilhões) e empresas (crescimento de 2%, passando para R$ 1,8 trilhão).

A taxa de inadimplência média registrada em março pelos bancos também registrou queda, passando de 2,3% em fevereiro para 2,2% em março nas operações de crédito. No caso de pessoas físicas especificamente, essa inadimplência caiu de 3% para 2,9%; enquanto no caso das empresas, ela recuou de 1,4% para 1,2% na comparação entre fevereiro e março.

Continua após a publicidade

Desaceleração nas concessões de novos empréstimos com crédito bancário

Ainda que o crédito total tenha registrado crescimento, as concessões de novos empréstimos somaram R$ 371,745 bilhões em março, o que representa uma desaceleração em termos dessazonalizados.

Em janeiro e fevereiro, as concessões haviam avançado 1,78% e 6,09%, enquanto em março cresceram somente 0,95%.

Nos últimos 12 meses, o volume de crédito bancário registrou, no total, um aumento de 14,5%, o que demonstra uma redução no ritmo de crescimento. No mesmo período, o estoque dos empréstimos bancários avançou 16,1%.

Para 2021, o Banco Central estima que o crédito bancário expanda 8%, contra 15,5% avançados no ano passado por conta dos efeitos da pandemia e da maior busca por crédito no início do distanciamento social.

Continua após a publicidade

Em 2020, o governo federal aportou R$ 58 bilhões em cotas de fundos garantidores dos empréstimos. Já para este ano, a previsão até o momento é de somente R$ 5 bilhões.

Juros bancários sobem em março

Os juros bancários médios com recursos livres, sem levar em consideração os setores habitacional, rural e BNDES, subiram de 28,1% ao ano (em fevereiro) para 28,6% ao ano (em março) para pessoas físicas e empresas – uma alta de 0,5 ponto percentual.

O avanço ocorre em um momento em que a taxa básica de juros da economia também aponta para uma alta. A taxa Selic começou a subir somente no mês passado em 2021, registrando 2,75% ao ano.

Para pessoas físicas, os juros médios passaram de 40,1% ao ano (em fevereiro) para 41% ao ano em março. Para as empresas, essa taxa permaneceu em 13,8% ao ano.

Continua após a publicidade

Taxa do cheque especial recua

No cheque especial de pessoas físicas, a taxa registrou 121% ao ano em março, comparada a 124,9% ao ano registrada em fevereiro. Neste caso, o Banco Central adotou um teto para os juros.

Já nas operações com cartão de crédito rotativo (quando não há o pagamento total da fatura na data do vencimento), também para pessoas físicas, os juros bancários subiram de 326,8% ao ano (em fevereiro) para 334,9% ao ano em março – seguindo em patamar proibitivo.

Segundo o Bacen, o spread bancário médio com recursos livres foi reduzido de 22,9 pontos percentuais em fevereiro para 22,5 pontos percentuais em março. Esse spread é a diferença entre o quanto os bancos cobram dos clientes e o quanto pagam por seus recursos, composto pela taxa de inadimplência, custos, depósitos compulsórios, tribudos federais e lucro dos bancos.

Nas movimentações com pessoas físicas, o spread permaneceu em 34,5 pontos percentuais tanto em fevereiro, quanto em março, seguindo em um patamar elevado para os padrões globais.

Saiba tudo sobre taxas de juros e crédito bancário em primeira mão. Assine a newsletter do iDinheiro e ative as notificações!

Bloco Easy Crédito
Encontre agora o empréstimo ideal para você! Faça agora uma simulação sem compromisso e gratuita Simular Agora
Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.