Banco Central autoriza pagamento de conta de celular com PIX

Karina Carneiro
Karina Carneiro
idoso acessando celular, representando conta de celular com pix
O Banco Central informou que será possível pagar conta de celular com PIX. Além disso, será possível a recarga de celulares pré-pagos para clientes.

De acordo com informações divulgadas pelo Banco Central (BC) nesta quarta-feira, 16, os usuários poderão realizar o pagamento de conta de celular com o PIX.

O acordo está sendo realizado entre o BC e o Sindicato Nacional de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil).

Continua após a publicidade

Com isso, pessoas físicas e jurídicas poderão realizar o pagamento de contas de celular utilizando o sistema de pagamento instantâneo lançado em 16 de novembro.

Conta de Celular com PIX – O que muda?

Com a nova medida, o pagamento de faturas de celulares pós-pago e contas controle poderá ocorrer por meio do novo sistema. Com o PIX, também será possível realizar a recarga de telefones pré-pagos.

Dessa forma, os usuários poderão realizar o pagamento de faturas e recargas de telefone a qualquer momento do dia, assim como acontece com o pagamento de boletos tradicionais. 

Outra vantagem do sistema de pagamento instantâneo para os celulares pré-pagos, por exemplo, é que o saldo pode ser disponibilizado de maneira automática, dependendo apenas da liberação da operadora de celular. 

Segundo o Banco Central em comunicado oficial, a parceria é um reflexo das melhorias que o PIX vem sofrendo ao longo do tempo.

“A parceria tem o objetivo de proporcionar o PIX como alternativa, melhorando a experiência de pagamento dos usuários e a gestão financeira dos recebimentos das empresas de telefonia móvel”, afirmou.

A liberação do pagamento da conta de celular com o PIX ocorrerá de forma gradual, autônoma e totalmente voluntária por parte das empresas parceiras. 

Sobre o PIX

O PIX é o sistema de pagamentos instantâneos lançado pelo BC, capaz de realizar transferências e pagamentos 24h por dia, incluindo finais de semana e feriado.

Além disso, as transferências ocorrem em um período máximo de dez segundos, utilizando informações de identificação do usuário como número de telefone, e-mail ou CPF/CNPJ.

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para receber o que verdadeiramente importa para o seu dinheiro. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.