Como economizar na viagem de férias? Saiba dicas!

O avanço da vacinação e a diminuição dos casos de Covid-19 têm despertado o interesse dos brasileiros em viajar. Saiba dicas para economizar na viagem.

Júlia Ennes
Júlia Ennes

A época de férias e final de ano despertam interesse em muito brasileiros que começam a planejar viagens. Agora, com avanço da vacinação e a diminuição dos casos de Covid-19 no Brasil, o turismo tem sentido uma retomada depois dos impactos da pandemia. Mas, diante do cenário de crise econômica, tem como viajar sem gastar muito?

O iDinheiro reuniu dicas de como economizar na viagem de férias em 2021. Confira a seguir.

Continua após a publicidade

Faça um bom planejamento para economizar na viagem

Segundo o economista e pesquisador de finanças comportamentais Érico Veras Marques, a melhor maneira de economizar em uma viagem é planejando ela antecipadamente. Isso porque, passagens aéreas e vagas em hotéis ficam mais caras de acordo com a proximidade da data escolhida. Desta forma, compre as passagens e reserve as estadias com alguns meses de antecedência para aproveitar preços mais baixos.

Além disso, planejando com antecedência você terá mais tempo para estabelecer um orçamento e fazer uma boa pesquisa de preços antes de fechar a compra. E, caso não tenha economias suficientes para a viagem, é possível juntar dinheiro para arcar com as despesas.

Continua após a publicidade

Mas se você decidiu fazer uma viagem de última hora, a dica é tentar buscar promoções e ofertas de passagens e hospedagem mais baratas. Uma boa alternativa é tentar compartilhar despesas. Geralmente, viagens em grupo tendem a sair mais barato do que uma viagem individual.

Escolha um roteiro que esteja dentro das suas finanças

É importante sempre ter em mente o orçamento de gastos estabelecido na hora de definir sua viagem de férias. Para quem quer curtir um bom passeio sem gastar muito, o destino escolhido precisa contar com opções econômicas, tanto no que diz respeito à hospedagem quanto no que se refere a alimentação, visitações e outras opções de entretenimento.

Outro ponto que precisa de atenção na hora de planejar uma viagem é a época. Isso porque datas comerciais, férias escolares, feriados locais ou a estação do ano dependendo da localização costumam encarecer a viagem. Desta forma, tente viajar no período de baixa temporada. Pesquise qual é essa época no destino que você quer visitar antes de comprar sua passagem.

Inclua outras despesas e defina um teto máximo para gastar na viagem

O economista e pesquisador de finanças comportamentais explica ainda que uma outra coisa pode deixar as viagens mais caras são as compras. “É importante não ser muito emocional na viagem, porque às vezes a gente se empolga, e é preciso tomar cuidado para não fazer despesas desnecessárias. Muitas vezes você acaba gastando mais em compras do que com a viagem”, destaca Marques.

Continua após a publicidade

Além disso, Marques ressalta que é importante não perder de vista outros gastos da rotina.  Nessa época de virada de ano, outras despesas costumam deixar mais salgado o orçamento dos brasileiros, como o pagamento do IPTU e do IPVA. Para quem tem filhos, as despesas aumentam mais ainda com matrículas, material escolar, uniformes e mensalidade.

Por isso, é importante tomar cuidado para não acabar extrapolando. “Tomando esses cuidados de fazer um orçamento, pesquisar e não fazer compras excessivas ao longo da viagem, a gente consegue equilibrar um pouco o prazer de fazer uma viagem sem prejudicar as finanças”, afirma Marques.

Leia também: Como se preparar financeiramente para as compras de final de ano? 

Retomada do turismo e ofertas para economizar na viagem

O turismo foi um dos setores mais atingidos pela pandemia. Segundo o Ministério do Turismo, houve uma redução de 59% no faturamento do turismo brasileiro e de 58% na economia criativa. Agora, com a flexibilização das medidas de distanciamento social, devido ao avanço da vacina, o setor começa a se recuperar.

A ClickBus, maior plataforma de transações para o transporte rodoviário de ônibus no Brasil, está otimista em relação ao turismo no final de 2021. Com a chegada da vacinação e a diminuição de casos de COVID 19, a empresa espera um crescimento de 10% a 15% acima do que foi obtido em 2019, antes da pandemia.

Continua após a publicidade

“Hoje, com o avanço na vacinação, o incremento da terceira dose e a flexibilização das medidas de restrição, as pessoas voltaram a se planejar para viagens que tinham sido adiadas ou até mesmo estão buscando opções para fugir um pouco da rotina do isolamento, agora com mais tranquilidade”, afirma o CEO da ClickBus, Phillip Klien.

Klien lembra ainda que nos últimos feriados prolongados deste ano a plataforma já vinha apresentando um crescimento nas suas vendas. No feriado da Proclamação da República, por exemplo, a empresa registrou um crescimento de 166% nas vendas de passagens em comparação com o mesmo período de 2020.

Além da ClickBus, outras empresas de viagens, como Hurb, Zarpo, Tripsz e Copa Airlines estão com ofertas agora nessa Black Friday 2021.

Quer continuar acompanhando as notícias que impactam o seu bolso? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.