Caixa libera saque do FGTS para moradores de 76 cidades atingidas por chuvas

Saque do FGTS por motivo de calamidade pode ser feito pelo próprio aplicativo, com valor máximo para retirada de R$ 6.220.

rafela
Rafaela Souza

A Caixa Econômica Federal anunciou a liberação do saque do FGTS para moradores de 76 cidades atingidas pela chuva. A solicitação do saque pode ser feita por meio do aplicativo FGTS.

Para fazer a solicitação, o trabalhador deve ter saldo positivo na conta do FGTS e não ter realizado saque por motivo de calamidade em período inferior a 12 meses. Além disso, o valor máximo para retirada é de R$ 6.220.

Continua após a publicidade

Quem tem direito ao saque FGTS por motivo de calamidade?

Trabalhadores de 76 municípios dos estados da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo foram habilitados a solicitar o saque do FGTS por motivo de calamidade. Confira a lista completa dos municípios e o prazo para a solicitação do saque no site da Caixa.

Como consultar o saldo do FGTS?

Para fazer a solicitação, os trabalhadores podem consultar o saldo do FGTS de três formas diferentes:

1. Por correspondência: O trabalhador pode receber o extrato do FGTS de maneira física em seu endereço. Para isso, basta ir até uma agência da Caixa ou ligar para 0800 726 01 01.

2. Pelo site da Caixa: Nesse caso, o trabalhador deve informar o número do NIS (Pis/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou em algum extrato antigo que contenha o número. Também será necessário usar a senha cadastrada por você ou a Senha Cidadão.

3. Pelo aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS.

Como solicitar o saque do FGTS?

A solicitação do saque do FGTS por motivo de calamidade deve ser feita através do aplicativo FGTS, sem necessidade de ir até uma agência da Caixa. 

Para fazer a solicitação, o trabalhador deverá encaminhar um documento de identificação com foto, como carteira de habilitação ou identidade, e um comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade.

O valor poderá ser creditado em uma conta da CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou em qualquer outro banco.

Quer continuar acompanhando notícias sobre o FGTS? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.