Cadastro no Amazon FBA é autorizado para empreendedores de SP

Karina Carneiro
Karina Carneiro
amazon fba
Empreendedores de São Paulo já podem fazer o cadastro no Amazon FBA. Para usar o serviço, é necessário estar enquadrado no Simples Nacional.

Os empreendedores que utilizam a Amazon para realizar vendas diretas com o marketplace e que estejam em São Paulo, já podem começar a realizar o cadastro no Amazon FBA, programa de logística da empresa norte-americana. 

Desta forma, além de otimizar a entrega dos produtos para os clientes, a premissa da empresa é a de deixar os processos de separação ainda mais otimizados, assim como acontece com o Mercado Envios.

Continua após a publicidade

O modelo de negócios já consolidado nos Estados Unidos e alguns países da Europa, chega ao Brasil em formato piloto e deve ser estendido para outros estados brasileiros em breve. 

Como fazer o cadastro no Amazon FBA?

Para começar a utilizar os serviços de logística da empresa, o empreendedor deverá fazer o cadastro no Amazon FBA e ser assinante do plano para vendas para pessoa jurídica.

Além disso, o lojista precisa ter a empresa cadastrada no sistema tributário do Simples Nacional, e ter todas as operações instaladas na cidade de São Paulo, local do primeiro galpão da Amazon. 

Planos para cadastro no Amazon FBA

Inicialmente, será possível contar com dois planos disponibilizados para adesão ao novo processo do marketplace. 

No profissional, o lojista paga uma taxa mensal de R$ 19, mais a comissão estabelecida pela plataforma para quem vende mais de dez itens dentro de 30 dias. 

Já o plano individual sai em torno de R$ 2 por item vendido, mais a comissão específica caso você venda mais de dez itens mensais. 

Sobre o programa

O cadastro no Amazon FBA tem a premissa de trazer maior autonomia aos processos logísticos do e-commerce e agilizar ainda mais as entregas dos clientes Prime da empresa. 

Atualmente, os produtos que levam em torno de até 48h para serem entregues ao endereço do consumidor, podem chegar no prazo de até 12h para a cidade de São Paulo, estendendo o serviço para outras regiões de maneira gradual. 

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações para se manter informado sobre tudo o que acontece no universo financeiro. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.