Bolsonaro anuncia novo Bolsa Família de R$ 300 a partir de dezembro; entenda

Em entrevista, o presidente afirmou que o novo valor de R$ 300 para o Bolsa Família já está quase certo. Pagamento deve começar em dezembro.

LilianCH
Lilian Calmon

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na última terça-feira, 15, que o novo Bolsa Família pagará R$ 300 em média para os beneficiários do programa. 

Em entrevista à afiliada da TV Record em Rondônia, ele citou que a inflação de produtos que compõem a cesta básica ficou “em torno de 14%”, e alguns itens chegaram a subir 50%. Esse seria um dos motivos para aumentar o valor do programa.

Continua após a publicidade

Segundo Bolsonaro, Bolsa Família de R$ 300 está praticamente acertado

Segundo Bolsonaro, o valor do novo Bolsa Família está praticamente acertado. “O Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro, para sair de média de R$ 190, um pouco mais de 50% seria (o aumento), para R$ 300. É isso que está praticamente acertado aqui”, disse.

Na entrevista, ele afirmou que “está na casa dos 18 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família” (na verdade, são 14,7 milhões, segundo dados de maio do Ministério da Cidadania) e ponderou que se trata de um número “bastante grande”.

Continua após a publicidade

“Pesa para a União, mas nós sabemos da dificuldade da nossa população. Então a equipe econômica já praticamente bateu o martelo nesse novo Bolsa Família a partir de dezembro, de R$ 300 em média”, reafirmou.

O presidente disse ainda que o auxílio emergencial deve ter uma prorrogação de “mais duas ou três parcelas” de R$ 250 em média e que a medida precisa ser feita “com responsabilidade”.

O que se sabe sobre a reformulação do programa

Em nota ao iDinheiro, o Ministério da Cidadania afirmou que modernização do programa é mais uma medida da pasta, que tem trabalhado sistematicamente para fortalecer os programas sociais e estabelecer uma rede de proteção para a população mais vulnerável do país.

Outros programas do governo também devem ser aprimorados. “O objetivo é ampliar o alcance das políticas sociais e atingir, com maior eficácia, a missão de superar a pobreza e minimizar os efeitos da desigualdade socioeconômica em nosso país”, comunicou.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre o novo Bolsa Família? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

3 comentários

  1. Elaine

    E para quem não recebe auxílio emergencial e nem bolsa família está desempregada com 3 filhos vou lá todo mês no cras assistente social e fala que o governo não tá liberando tem 2 anos complicado não é justo pois estou desempregada com três filhos de menor.

  2. Maria jucineide

    Como faço pra ganhar algum beneficio, não passei no auxilio,eu estou desempregada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.