Uso simultâneo pode causar bloqueio do Caixa Tem e interrupção do auxílio

Usuários que utilizam o mesmo aparelho para mais de uma conta podem ter bloqueio do Caixa Tem e até mesmo interrupção do auxílio. Entenda.

Isabella Proença
Isabella Proença

Usar o mesmo celular para acessar mais de uma poupança digital social pode levar ao bloqueio do Caixa Tem. Além disso, o usuário pode ter benefícios como auxílio emergencial, do abono salarial do PIS/Pasep e do dinheiro de outros programas sociais do Governo interrompidos.

Continue lendo e entenda.

Bloqueio do Caixa Tem: o que fazer?

De acordo com a Caixa, por questões de segurança, o aplicativo só aceita uma conta por número de celular (chip) e, no máximo, duas contas por aparelho.

Continua após a publicidade

Se ocorrer bloqueio pelo uso de mais contas do que as duas permitidas, o usuário receberá a mensagem: “Procure uma agência da Caixa com seu documento de identidade para regularizar seu cadastro”.

E, conforme exposto na própria mensagem, o beneficiário precisará ir pessoalmente até uma agência do banco para solucionar o problema.

A Caixa afirma que o desbloqueio é imediato. No entanto, os usuários se queixam do tempo de espera para o atendimento e do risco de contaminação em meio a pandemia.

Caso a mensagem indique “inconsistência cadastral”, o usuário deverá acessar o aplicativo novamente e enviar os documentos solicitados, sem precisar se dirigir à agência.

Nesse caso, o Caixa Tem enviará uma mensagem com um link que redicionará o usuário a uma conversa no WhatsApp.

O banco alerta que as pessoas não abram links que tenham sido enviados fora do aplicativo Caixa Tem, a fim de se prevenir contra golpes.

Sobre o Caixa Tem

O Caixa Tem é o aplicativo utilizado para o acesso e a movimentação da poupança social digital da Caixa.

Nessa poupança, o banco depositava o auxílio emergencial para todos os beneficiários. Desde dezembro, a Caixa também está usando o aplicativo para o Bolsa Família e para o abono salarial (PIS/Pasep).

O app também realiza o pagamento do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm) para empregados intermitentes.

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba nossas atualizações diárias diretamente no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.