Bitcoin sofre desvalorização de 13% após alta das últimas semanas

Bitcoin sofre maior desvalorização das últimas semanas. A moeda acumulava ganhos de 40% apenas no mês de novembro e 160% no ano.

Karina Carneiro
Karina Carneiro

Após a maior valorização da criptomoeda desde 2017, o Bitcoin sofre desvalorização de 13%. A queda ocorreu na última quarta-feira, 25. Com esse resultado, a moeda digital chegou ao valor mais baixo dos últimos 10 dias, a US$ 16.514.

Até o fechamento do mercado na véspera, a criptomoeda vinha acumulando 40% de alta apenas no mês de novembro, e valorização de 160% no ano, marcando seu maior índice desde 2017.

Continua após a publicidade

Além disso, a moeda quase atingiu a cotação máxima da história, calculada em aproximadamente US$ 20 mil.

Mesmo que os investimentos em Bitcoins sempre tenham sido marcados por altas históricas, as desvalorizações também foram igualmente acentuadas ao longo do tempo.

Bitcoin sofre desvalorização – Entenda o cenário atual

O cenário atual foi visto como uma surpresa para o mercado em geral, já que a demanda por ativos de risco estava em alta, principalmente por conta de estímulos fiscais e monetários. 

Mesmo essa não sendo a única desvalorização da moeda no mês, foi a mais expressiva. Anteriormente, o Bitcoin havia tido uma queda de 2,18% na primeira quinzena de novembro.

Segundo informações da Reuters, o apetite por ativos resistentes à inflação e a aceitação das criptomoedas também eram uns dos mais positivos dos últimos tempos. 

Entretanto, os investimentos em bitcoins sempre foram marcados por altas históricas e desvalorizações igualmente acentuadas. 

Investidor brasileiro

Em relação aos investidores de moedas digitais no país, um dos grandes motivos pela procura desses papéis pode ser atrelado ao real cada vez mais enfraquecido. 

Além disso, muitos investidores estão vendo os aportes frequentes nesse mercado como uma proteção de patrimônio constante.

Queda de outras criptomoedas

Além do Bitcoin, algumas outras moedas digitais acompanharam os resultados negativos. 

De acordo com o levantamento divulgado pela Investing, outros dois ativos também foram atingidos.

O Ethereum, que estava sendo negociado a US$ 503,05, apresentou um prejuízo acumulado de 17,73% somente em um dia.

Já o XRP, vendido a US$ 0,48705, teve uma perda de 34,78%.

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para continuar recebendo os conteúdos sobre o que acontece no mercado financeiro em tempo real. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.