Bitcoin fica abaixo de US$ 30 mil pela 1ª vez em cinco meses

Autoridades chinesas ordenaram fechamento de 26 minas em uma das maiores bases do país. Com isso, Bitcoin fica abaixo de US$ 30 mil.

LilianCH
Lilian Calmon

O Bitcoin ficou abaixo de US$ 30 mil pela primeira vez em cinco meses nesta terça-feira, 22, afetado pelas medidas na China contra a criptomoeda mais popular do mundo.

Para ter uma ideia, por volta das 10h40 (horário de Brasília), ele perdia 9,26% de seu valor, chegando a US$ 29.583, seu nível mais baixo desde janeiro.

Continua após a publicidade

Com isso, todo o mercado está operando no vermelho, com destaque especial para o dogecoin, que despencou 23,50% nas últimas 24h.

Com informações do G1 e Seu Dinheiro.

China influenciou a queda do Bitcoin abaixo de US$ 30 mil

Na semana passada, autoridades da província de Sichuan, uma das maiores bases de mineração do país, ordenaram o fechamento de 26 minas, O aviso, divulgado nas redes sociais e confirmado por um ex-minerador de Bitcoin, determina que as companhias elétricas deixem de fornecer energia para todas as minas de criptomoeda até domingo.

Segundo o jornal estatal “Global Times”, o fechamento das minas de Sichuan pôs fim a mais de 90% da capacidade de mineração de Bitcoins da China.

Pequenos investidores tentam salvar suas economias

Nesse cenário, pequenos investidores estão pulando fora do barco para tentar salvar suas economias. Por outro lado, as baleias do mercado estão aumentando suas posições e aproveitando o saldão.

Esse é o caso da Microstrategy, empresa desenvolvedora de softwares, que anunciou a compra de mais US$ 489 milhões em Bitcoins para composição de caixa. O preço médio das suas 105.085 moedas está em US$ 26.080,00, mas, mesmo com a queda para US$ 30 mil, a valorização ainda é de aproximadamente 15%.

Aproveite e leia também: “Após quedas, pode-se considerar o Bitcoin uma bolha financeira? Entenda”.

Entenda tudo sobre investimentos! Assine a newsletter iDinheiro e ative as notificações push para não perder nenhuma das notícias que importam para o seu dinheiro. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.