Beneficiários do auxílio emergencial devem atualizar cadastro no aplicativo Caixa Tem a partir desta quinta-feira, 11

A atualização do cadastro no aplicativo Caixa Tem será realizada de forma escalonada, de acordo com o mês de nascimento do cliente. Confira.

LilianCH
Lilian Calmon

Os beneficiários do auxílio emergencial e demais usuários devem atualizar cadastro no aplicativo Caixa Tem a partir desta quinta-feira, 11, informou a Caixa Econômica Federal (CEF).

A atualização cadastral do Caixa Tem será realizada de forma escalonada, de acordo com o mês de nascimento do cliente. 

Continua após a publicidade

Nesta quinta-feira, 11, é a vez dos nascidos em janeiro e fevereiro. Na sexta-feira, 12, a dos nascidos em março e abril.

Os aniversariantes de maio e junho devem acessar o aplicativo para atualizar os dados na segunda-feira, 15. Depois, será a vez dos nascidos em julho e agosto (dia 16), setembro e outubro (dia 17) e novembro e dezembro (18).

Continua após a publicidade

Segundo a Caixa, o objetivo dessa atualização é oferecer “mais segurança e praticidade aos clientes”.

Saiba como atualizar cadastro no aplicativo Caixa Tem

A atualização cadastral é feita totalmente pelo celular. Logo, não é necessário ir até uma agência do banco. 

Os beneficiários do auxílio emergencial e demais clientes do Caixa Tem devem acessar a conversa “Atualize seu cadastro” no aplicativo (Android/iOS) e enviar a documentação solicitada: foto (selfie) e documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de endereço).

A Caixa ressalta que a atualização do cadastro do aplicativo nada tem a ver com o recebimento do auxílio emergencial, nem garante ao usuário o recebimento do mesmo em 2021.A ação tem o objetivo de oferecer mais segurança, vantagens e praticidade aos clientes. 

Continua após a publicidade

O calendário poderá sofrer alterações por conta de uma atualização do sistema, mas o usuário que já tiver cadastrado as novas informações não terá de enviá-las novamente.

Mais de 105 milhões de contas sociais digitais foram abertas pelo app em 2020

Segundo o banco, foram abertas mais de 105 milhões de contas sociais digitais em 2020 por meio do aplicativo Caixa Tem. Do total, cerca de 35 milhões foram criadas para cidadãos que nunca tiveram conta.

O novo auxílio emergencial está prestes a ter uma nova rodada de pagamentos liberada pelo governo, mas para um grupo menor de beneficiários. Os valores serão de R$ 175 para pessoas que moram sozinhas, R$ 250 para casais e R$ 375 para mães solo.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre o auxílio emergencial? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push.

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

5 comentários

  1. Daniela matos

    Como eu fui assaltada estou com número novo e no meu caixa tem tá o antigo então ñ consigo gerar o código só isso mas antes quando tinha mandado meus documentos nunca saía da análise mas recebia normalmente eu ñ conseguia ver pelo caixa tem então eu esperava cair na minha conta mesmo da caixa de muitas pessoas que conheço eram assim tbm

  2. Ricardo Siqueira

    Pelo que EU soube nao é necessario fazer o cadastro.
    Diz, uma jornalista que a CAIXA informou q a atualizaçao é apenas mais um metodo de segurança do cidadao, mas q quem ja tem o cadastro antigo ira receber normalmente.
    Ou seja, resumindo, o cadastro nao é obrigatorio e nao fazer ele nao tira seu direito de receber.. ele funciona apenas para mais segurança do beneficiario.

    FICA DIFICIL ASSIM! A PRESSA DE MUITOS DAREM A NOTICIA ANTES DE OUTRAS FONTES FAZ COM QUE NAO PESQUISEM CORRETAMENTE E PRESTEM UM DESSERVIÇO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.