Banco Mundial eleva projeção do crescimento do PIB brasileiro para 2021

O Banco Mundial elevou para 3% a projeção de crescimento do PIB brasileiro para o ano de 2021. Veja a projeção para outros países.

Rodrigo Salgado
Rodrigo Salgado

O Banco Mundial (BM) elevou para 3% a projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro para o ano de 2021. O relatório, que também conta com as estimativas para todos os países do mundo, foi divulgado na última terça-feira, 5.

O BM, contudo, alertou que o impulso pode perder força ao longo do ano conforme os estímulos monetário e fiscal forem sendo retirados.

Continua após a publicidade

Anteriormente, na projeção divulgada em junho, a instituição projetava crescimento de 2,2% para o Brasil em 2021. Para o mundo todo, por outro lado, o BM diminuiu a estimativa de crescimento, indo de 4,2% para 4%.

“No Brasil, a recuperação do consumo privado e do investimento no segundo semestre de 2020 deve prosseguir no início de 2021, apoiada na melhora da confiança e nas condições favoráveis de crédito, levando o crescimento para 3% em 2021”, analisa o Banco Mundial no relatório.

A retomada, no entanto, não deverá ocorrer de forma uniforme em todos os setores da economia. A indústria e a agricultura devem crescer mais rapidamente, ao passo que o comércio e os serviços ainda sentirão impactos da crise por mais tempo.

Projeções do Banco Mundial para 2020

Por outro lado, as projeções para 2020, diferente de 2021, estão em níveis muito baixos; isso como resultado dos impactos causados pela pandemia da Covid-19. O número atualizado, de acordo com o Banco Mundial, é de uma expectativa de retração de 4,5% para o PIB brasileiro.

Esse número, no entanto, ainda é mais otimista que as duas últimas projeções da instituição. Em outubro, o banco estimou queda de 5,4%, enquanto em junho a expectativa foi de retração de 8%.

Para o ano de 2020, a previsão é quase igualmente negativa para o PIB mundial: uma queda de 4,3%.

Crescimento do PIB brasileiro e outros países para 2020, 2021 e 2022

País(es)202020212022
Brasil-4,5%3%2,5%
Argentina-10,6%4,9%1,9%
China2%7,9%5,2%
EUA-3,6%3,5%3,3%
Japão-5,3%2,5%2,3%
Zona do Euro-7,4%3,6%4%
Mundo-4,3%4%3,8%

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e fique por dentro de todas as nossas novidades no seu e-mail!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.