Armadilhas do empréstimo consignado: Saiba como identificar e fugir de golpes

Karina Carneiro
Karina Carneiro
idoso no telefone, representando armadilhas do empréstimo consignado
Entenda como evitar armadilhas do empréstimo consignado antes da contratação. Buscar saber sobre taxas e ter a documentação por escrito é fundamental.

Com a flexibilidade de condições, as armadilhas do empréstimo consignado se tornaram muito mais frequentes. 

Em outubro, o Governo Federal ampliou temporariamente a margem do empréstimo em questão de 35% para 40%. Consequentemente, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) registrou cerca de 32,9 milhões de contratos ativos em 2020. 

Continua após a publicidade

Em contrapartida, o número de reclamações relacionadas a esse produto financeiro foi maior. Somente o Procon-SP registrou 2.035 reclamações nos dez primeiros meses do ano em relação ao tema. 

Conheça abaixo algumas dicas para ajudar a analisar a situação de maneira mais objetiva de formas a evitar golpes nesse tipo de linha de crédito.

Com informações do Agora. 

Como identificar as armadilhas do empréstimo consignado?

Para evitar cair em armadilhas do empréstimo consignado, o consumidor deve ficar atento a alguns fatores essenciais, tanto para não cair em golpes, como para evitar a contratação de produtos com taxas abusivas.

Confira agora algumas das dicas:

  • Jamais forneça dados pessoais para estranhos, principalmente por ligações telefônicas;
  • Não utilize sua senha do banco ou o cartão em sites ou instituições não confiáveis;
  • Busque saber se o banco que oferece o crédito consignado é conveniado ao INSS;
  • Compare taxas de juros e tarifas em diferentes instituições financeiras;
  • Não contrate nenhum tipo de serviço por telefone. Por isso, solicite todas as informações por escrito;
  • Tire todas as dúvidas antes de fechar o negócio.

Sobre a modalidade de crédito

O empréstimo consignado é uma modalidade financeira destinada a pessoas que precisam de dinheiro e que estejam aposentadas ou recebam algum tipo de benefício do INSS.

Cada aposentado ou pensionista pode realizar a contratação de até nove empréstimos e um cartão de crédito consignado de forma simultânea, desde que respeitem o limite da margem consignável. 

Se no empréstimo é possível simular um valor específico de acordo com as necessidades do consumidor, no cartão de crédito o consumidor passa a ter um limite pré-aprovado para realizar saques.

Entretanto, parte do valor é utilizado para descontar as parcelas diretamente na fatura do meio de pagamento. 

Para ler a reportagem completa da  Agora, basta clique aqui

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do push para receber as principais notícias do universo financeiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.