Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

5G no Brasil; veja o que muda com a nova tecnologia e tire suas dúvidas

Brasília foi a primeira capital a receber a tecnologia 5G no Brasil. As próximas serão São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa.

Isabella Proença
Isabella Proença Conteúdo e Jornalismo

A 5ª geração de internet móvel estreou na última quarta-feira, 6, no país — mais especificamente em Brasília. A tecnologia 5G no Brasil vai marcar uma nova fase no setor de telecomunicações.

Outras capitais, como São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa, serão as próximas a receber a nova tecnologia, no entanto, não há uma data definida para o início das operações.

Continua após a publicidade

O que é a tecnologia 5G?

5G é a nova geração de conexão de internet móvel. A tecnologia oferece muito mais velocidade para baixar e enviar arquivos. 

As bandas de espectro existentes já não estão mais suportando a demanda e sofrem com congestionamentos que levam a falhas no serviço, especialmente quando há um grande volume de acessos a um serviço online.

Continua após a publicidade

Dessa forma, a tecnologia 5G vai melhorar a qualidade e a velocidade da conexão de internet móvel.

O que muda com a chegada do 5G no Brasil?

O 5G real (chamado de standalone) permitirá que a velocidade móvel chegue até 1 giga por segundo. Para se ter uma ideia, a velocidade 4G tem uma média de 13 megas por segundo (Mbps), podendo chegar a velocidade máxima de 80 Mbps.

Na prática, isso significa uma internet muito mais rápida a atual 4G, o que possibilita o uso de uma infinidade de novos recursos e serviços que vão dividir espaço com os já bem populares streamings de músicas e vídeos em alta definição.

Ou seja, a maior velocidade proporcionada pelo 5G permitirá que os usuários baixem imagens e assistam filmes quase instantaneamente. 

Continua após a publicidade

A latência (que é o tempo entre a saída de um pacote de dados do seu aparelho e o início da resposta no servidor de destino) será muito baixa no 5G, o que significa uma transmissão de dados bem mais fluída e com rápido carregamento.

Além disso, o 5G vai favorecer muito quem gosta de jogos on-line e permitirá novas experiências digitais, como a realidade virtual e aumentada.

Onde o 5G já está funcionando?

O 5G está funcionando em Brasília desde a última quarta-feira, 6. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), 80% do espaço da capital já pode utilizar a nova tecnologia. As operadoras Vivo, Tim e Claro já estão aptas para lançar o serviço.

Cada uma delas instalou 100 estações que estão espalhadas pelo Distrito Federal, com uma concentração maior área central, onde ficam as sedes do Legislativo, Executivo e Judiciário e a Esplanada dos Ministérios.

Continua após a publicidade

Como saber se meu celular é compatível com o 5G?

Hoje, há cerca de 70 modelos de smartphones compatíveis com a rede 5G no Brasil. No entanto, a nova tecnologia funcionará somente em aparelhos mais recentes de empresas como Samsung, Motorola, Apple, Xiaomi, entre outras. 

Porém, a Anatel recomenda que, antes de pensar em comprar outro celular, o usuário verifique a lista de aparelhos compatíveis com o 5G. Essa informação pode ser obtida por meio do manual ou do selo de homologação do aparelho.

Se ainda assim você ficar na dúvida, verifique se o seu aparelho está apto a operar na faixa de 3,5 gigahertz, que é a faixa principal leiloada no final de 2021 pela Anatel para o 5G.

Quais operadoras oferecem o 5G?

Por enquanto, apenas Tim, Claro e Vivo estão autorizadas a utilizar a frequência 5G em território nacional.

Continua após a publicidade

O 5G ocasionará algum tipo de reajuste nos planos existentes?

A princípio, a expectativa é que não haja nenhum tipo de reajuste relacionado ao serviço da nova tecnologia.

Porém, como o 5G terá uma velocidade maior, as operadoras devem criar alguns planos especiais para serviços específicos.

De todo modo, nenhuma operadora deixou vazar informações a respeito disso.

A tecnologia 4G vai acabar?

A princípio não. Para que a rede 4G fosse desligada, seria necessário que todos os usuários do país utilizassem somente o 5G — algo que está previsto para acontecer somente a partir de 2029.

Quer continuar acompanhando notícias sobre a tecnologia 5G no Brasil? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.