O que é empreendedorismo, qual a sua função e como funciona na prática?

Veja o que é empreendedorismo, quais são os tipos existentes e as principais características de um bom empreendedor!

12669432_1218137561529803_7092902009906739723_n
Thainá Cunha

O que é empreendedorismo? Essa pergunta já passou pela sua cabeça? Se você sonha em construir o próprio negócio, ou está em contato direto com o mercado empresarial, conhecer esse conceito é fundamental para ter uma jornada bem-sucedida.

Muito se fala sobre o que é necessário para investir em uma nova ideia de negócio ou quais os requisitos mais importantes para retirar um projeto do papel e colocá-lo efetivamente em prática.

Continua após a publicidade

No entanto, poucas pessoas conhecem, de fato, o conceito que inspira essas definições, ou sabem como aplicá-lo corretamente no dia a dia.

Por isso, nós preparamos um conteúdo especial sobre o assunto, para te ajudar a entender, de uma vez por todas, o que é empreendedorismo, quais as suas características e como se define um dos conceitos mais utilizados no mercado de negócios.

Continua após a publicidade

O que é empreendedorismo?

Para aqueles que se perguntam o que é empreendedorismo, a resposta pode parecer simples, e até mesmo óbvia, mas o empreendedorismo é o ato de empreender.

Nesse caso, o empreendedorismo é o ato de colocar em prática, em execução ou em realização um projeto de negócios.

Embora o conceito pareça formal e estritamente ligado ao mundo empresarial, a definição do que é empreendedorismo também compreende outros tipos de planejamento, ainda que sejam mais simples ou informais.

Por exemplo, montar a própria loja ou um negócio local é uma forma de empreender, mas organizar uma ação dentro do local de trabalho também pode ser considerado um dos tipos de empreendedorismo.

Continua após a publicidade

De forma simplificada, o conceito de empreendedorismo representa a elaboração e execução de uma ideia.

Além disso, muitas pessoas podem associar o que é empreendedorismo com um conceito relacionado ao ganho de capital.

No entanto, nem todas as categorias de empreendimento visam lucros ou recebimentos, de modo que essa não é uma característica essencial para definir o conceito.

Qual é o conceito de empreendedorismo?

Embora seja relativamente simples definir o que é empreendedorismo, existem diversas ótimas e interpretações desse conceito, aplicadas ao longo da história e de diferentes contextos sociais.

Continua após a publicidade

Acredita-se que o termo já existisse em torno do século 17, aparecendo pela primeira vez nas teses dos economistas franceses Jean Baptiste Say e Richard Cantillon.

Os pesquisadores foram pioneiros ao pesquisar e divulgar o que é empreendedorismo, escrevendo sobre o assunto na época, e trazendo uma definição semelhante à que utilizamos nos dias de hoje.

Segundo os economistas, empreendedorismo significa ter a capacidade de produção, gestão e enfrentamento de riscos.

O conceito no século XX

No entanto, ao longo dos anos, a definição que mais se popularizou foi a do economista austríaco Joseph Schumpeter, em seu livro “Capitalismo, Socialismo e Democracia”, publicado pela primeira vez em 1942.

Continua após a publicidade

De acordo com o especialista, a definição do que é empreendedorismo envolveria o processo de destruição criativa. Em outras palavras, a habilidade de destruir o velho para se criar o novo.

Para Schumpeter, o agente principal desse movimento de criação é a figura do empreendedor, que, inserido em um contexto econômico, social e político, se torna responsável por trazer mudanças para o ambiente, seja na forma de um negócio, uma ideia ou um projeto.

No entanto, o economista austríaco defendia a visão de que o empreendedor deveria assumir essa postura como parte da sua contribuição para a sociedade.

Anos mais tarde, novas escolas de ensino trouxeram novas definições, como a especialista Maria Inês Felippe, em seu livro “Empreendedorismo: buscando o sucesso empresarial”.

Continua após a publicidade

Para a professora, o empreendedor busca, acima de tudo, a autorrealização e o desejo de ser independente, e, no processo, oferece contribuições significativas para o meio onde vive.

Apesar das diferentes visões de pesquisadores e especialistas ao longo do tempo, existe um consenso que define o que é empreendedorismo em sua forma mais básica, sendo o conceito que utilizamos nos dias atuais.

Para que serve o empreendedorismo?

Para entender o que é empreendedorismo, também é fundamental compreender a sua importância e função no contexto socioeconômico.

Basicamente, é esse conceito que incentiva o desenvolvimento de novas ideias e projetos, trazendo mudanças para o espaço social. Afinal, ele permite a movimentação na dinâmica dos grupos.

Continua após a publicidade

E isso não acontece apenas nas relações de compra e venda, por exemplo, mas também em outros segmentos que são considerados empreendedores, como ações sociais, sem fins lucrativos ou organizações locais.

Além disso, incentivar o empreendedorismo também contribui para o desenvolvimento de habilidades criativas, que são fundamentais para a construção do indivíduo.

Então, em termos práticos, a definição do que é empreendedorismo é de extrema importância para o cenário econômico.

Investir em novas ideias empreendedores permite a geração de empregos, seja no desenvolvimento de um novo negócio, empresa ou na movimentação do mercado com compras e vendas.

Continua após a publicidade

Afinal, mesmo um microempreendedor individual precisa adquirir seus produtos ou matéria-prima.

Dessa forma, o empreendedorismo serve, principalmente, para gerar renda e trazer novas possibilidades para o mercado.

Quais são os tipos de empreendedorismo? 

Embora pareça simples entender o que é empreendedorismo, para compreender o conceito em sua totalidade, é importante conhecer também as modalidades que o termo abrange.

Afinal, existem diferentes maneiras de empreender e desenvolver uma ideia, embora muitas pessoas associam essas atividades exclusivamente para fins econômicos.

Por isso, confira mais detalhes sobre os principais tipos de empreendedorismo, e entenda a diferença entre cada um!

Continua após a publicidade

Empreendedor individual

A princípio, quando falamos sobre o que é empreendedorismo, esta é a modalidade mais comum que as pessoas costumam associar.

Trata-se da categoria mais simples, que traz a criação de novos negócios com viés econômico. Ou seja, com o intuito de gerar renda e lucros.

Todo negócio, independentemente do seu tamanho, relevância ou tempo de atuação, começou como um empreendimento individual.

Em outras palavras, um empreendedor, ou mesmo um grupo de empreendedores com o mesmo objetivo, tiveram uma ideia, e foram capazes de colocá-la em prática.

Continua após a publicidade

O ato de criar o próprio negócio já constitui a base do que é empreendedorismo.

Claro, todos os empreendedores iniciam um novo projeto visando o sucesso da sua empresa. No entanto, mesmo que não alcancem suas metas iniciais, ou sejam atividades relativamente pequenas, não deixam de ser um tipo de empreendimento.

Além disso, essa categoria abrange uma grande variedade de segmentos. Afinal, é possível ter novas ideias em qualquer área, para qualquer finalidade. Caso o indivíduo a coloque em prática, isso já o torna um empreendedor individual.

Empreendedorismo social

Enquanto isso, outra modalidade popular dentro desse conceito é o empreendedorismo social.

Nesse caso, o principal objetivo da execução da ideia ou atividade não é o lucro, mas sim atingir determinadas metas sociais, gerando valor para a sociedade.

Continua após a publicidade

O principal exemplo dessa categoria são as organizações não-governamentais, ou ONGs, que atuam sem fins lucrativos, com determinado objetivo social, ambiental ou político.

Caso a ação agregue algum tipo de valor não-monetário ou monetário para o meio onde opera, também se torna parte do conceito de empreendedorismo.

Além disso, essa categoria costuma ser formada por três componentes principais que norteiam a maioria dos projetos:

  • reconhecimento de um equilíbrio injusto causador de exclusão ou marginalização de um grupo de pessoas que não possui meios para gerar benefícios;
  • identificação de uma oportunidade de geração de valor que traga benefícios para aquela localidade ou grupo de pessoas;
  • fomentar a criação de um ecossistema estável para que os envolvidos possam ter assegurado um futuro mais digno.

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), cerca de 800 mil projetos no Brasil se enquadram no conceito de empreendedorismo social.

Continua após a publicidade

Empreendedorismo corporativo 

Embora muitas pessoas associam o que é empreendedorismo com ter o próprio negócio, existem outras alternativas que também se enquadram nesse conceito, como a modalidade corporativa.

Basicamente, um empreendedor corporativo é aquele que assume uma postura comum ao empreendedorismo, mas sem possuir, necessariamente, um projeto próprio.

É o caso, por exemplo, de pessoas que ganham cargos de destaque dentro de corporações, e trabalham gerando novas ideias e projetos dentro dessas empresas.

Ainda que não seja dono do próprio negócio, o indivíduo não deixa de ser empreendedor, e traz mudanças significativas para o meio em que atua.

Continua após a publicidade

Empreendedorismo digital

Basicamente, o empreendedorismo digital consiste na criação de um negócio que ofereça bens ou serviços através da internet, com possibilidades ilimitadas de nichos e modelos de negócios a serem explorados.

Entre os tipos de empreendedorismo, a categoria digital deve ser uma das modalidades que mais registraram crescimento no mercado.

Isso se deve aos avanços tecnológicos e a popularização das soluções digitais no cotidiano, trazendo novas demandas e a necessidade de inovar para atender a essas mudanças.

Além disso, com as recentes dificuldades econômicas enfrentadas pelo país, que resultaram em altíssimos índices de desemprego, o empreendedorismo digital se torna uma importante alternativa para novos empreendedores.

Continua após a publicidade

Toda atuação que ocorre em ambiente digital pode se enquadrar nessa categoria, desde que traga inovações e permita a execução de ideias dentro da internet.

Empreendedorismo feminino

Por fim, o empreendedorismo feminino também é uma importante modalidade desse conceito, que aborda não somente a execução de ideias, mas também carrega um viés ideológico significativo.

Isso porque essa categoria não somente ajuda a movimentar o cenário econômico, como também possibilita que as mulheres tenham mais espaço na economia e no mercado empresarial.

Inúmeras iniciativas femininas crescem no Brasil e no mundo, apresentando soluções criadas por mulheres, para mulheres. Além disso, diversas inovações e projetos revolucionários surgem da vivência feminina, que ganha reconhecimento e espaço para se manifestar.

Continua após a publicidade

Em resumo, o ato de empreender se torna um instrumento de transformação que impacta direta e indiretamente a vida de milhares de pessoas. 

Qual o cenário de empreendedorismo no Brasil?

Mesmo que muitas pessoas não conheçam o conceito de o que é empreendedorismo, elas ainda atuam nesse segmento e trazem mudanças significativas para o País.

Atualmente, o Brasil pode considerar seu cenário favorável para o empreendedorismo. Segundo uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor, mais de 52 milhões de brasileiros entre 18 e 64 anos estão envolvidos com esse tipo de atividade desde 2018.

E os números crescem cada vez mais, mesmo em condições adversas. Por exemplo, a pandemia de coronavírus, em 2020, fez com que mais de 1 milhão de empresas fechassem no Brasil.

Continua após a publicidade

Por outro lado, muitas pessoas viram no empreendedorismo uma chance de construir um novo negócio, uma vez que o Ministério da Economia registrou a abertura de 2,3 milhões de novos CNPJ.

Quais as características de um empreendedor? 

Depois de entender mais sobre o que é empreendedorismo, muitas pessoas procuram saber o que forma um empreendedor.

Ainda que qualquer indivíduo seja capaz de atuar nesse segmento, existem algumas características importantes que devem compor o perfil do empreendedor.

Essas qualidades e habilidades auxiliarão na jornada do seu negócio, além de prepararem o indivíduo para lidar com as adversidades que acompanham esse tipo de negócio.

Continua após a publicidade

Por isso, é interessante que o empreendedor apresente essas características, inclusive algumas descritas pelo Sebrae:

  • iniciativa;
  • perseverança;
  • coragem para correr riscos;
  • capacidade de planejamento;
  • liderança;
  • boa rede de apoio;
  • eficiência e dinamismo.
  • criatividade;
  • inteligência emocional;
  • capacidade de adaptação.

São várias as habilidades interessantes para compor o perfil do empreendedor.

No entanto, não possuir algumas dessas características não implica no fracasso do indivíduo que se arriscar a colocar em prática uma nova ideia.

Basta buscar maneiras de desenvolver essas qualidades, ou encontrar pontos positivos semelhantes que sejam igualmente vantajosos para um perfil de empreendimento.

Como ser um empreendedor de sucesso? 

Mesmo entendendo o que é empreendedorismo e aplicando esse conceito no dia a dia, muitas pessoas desejam saber como se tornar um empreendedor de sucesso em sua área.

Continua após a publicidade

Claro, é importante reforçar que o sucesso é abstrato, e pode depender de uma série de fatores que influenciam o negócio e seu desenvolvimento.

No entanto, existem algumas dicas que podem ajudar pessoas iniciantes que querem se tornar empreendedoras de sucesso, e procuram maneiras de alcançar seus objetivos de forma mais eficiente.

Confira as principais recomendações e como adaptá-las para o seu dia a dia:

Não deixe de inovar

Uma das maiores características de um empreendedor de sucesso é a sua constante evolução e inovação.

Um indivíduo bem-sucedido sempre deve buscar se superar, aprender mais sobre o seu segmento e quais as melhores formas de trazer mudanças significativas para o meio.

Continua após a publicidade

Assim como muitas pessoas estão descobrindo o que é empreendedorismo, é fundamental nunca deixar de buscar novos conhecimentos e atualizações sobre o mercado empresarial e as demandas que surgem diariamente.

Dessa forma, você saberá como empreender de modo assertivo, alcançando seus objetivos mais rapidamente, além de se destacar e fortalecer o seu negócio a cada dia.

Sempre tenha seus objetivos claros

Antes de realizar planejamentos ou colocar suas ideias em prática, para ser um empreendedor de sucesso é essencial ter seus objetivos e metas bem definidos.

O conceito de o que é empreendedorismo está diretamente atrelado ao que o empreendedor busca com seu novo projeto e ajuda a nortear o modelo de negócios escolhido.

Continua após a publicidade

Alguns especialistas, como mencionamos, acreditam que se trata de um bem social maior, enquanto outros defendem a ideia de que o empreendedor busca, acima de tudo, a sua auto realização.

Seja como for, é importante ter essas metas claras antes de iniciar qualquer plano, pois são os objetivos que potencializam o desenvolvimento do negócio.

Por que você está começando esse empreendimento? Quais as suas metas? Será um negócio com fins lucrativos ou sociais? Quais serão os produtos, os serviços, quem você irá atender?

Essas são apenas algumas das perguntas que podem guiar o empreendedor para definir seus objetivos, e, com isso, começar a traçar os caminhos que o permitirão alcançar esse propósito.

Continua após a publicidade

Um negócio sem finalidade também pode ser bem-sucedido, mas as chances de alcançar esse sucesso mais rapidamente diminuem, pois não existirá um incentivador que mantenha o empreendedor focado.

Tenha confiança em si mesmo

Todos os grandes empreendedores possuem uma característica em comum: eles confiavam em si mesmos.

Essa é uma qualidade fundamental para qualquer indivíduo que queira ser bem-sucedido no mercado empresarial.

Muitos empreendimentos começam com ideias consideradas estranhas ou improváveis, e nem sempre recebem o devido apoio.

No entanto, é importante que o empreendedor sempre acredite em si mesmo, e tenha confiança em seus planejamentos. Mesmo que não conte com o suporte das outras pessoas, é essencial confiar em seus instintos e creer que o seu projeto vale a pena.

Continua após a publicidade

Sem autoconfiança, dificilmente o seu negócio alcançará todo o sucesso e potencial, pois é necessário confiança para arriscar e propor mudanças, duas das características que melhor definem o que é empreendedorismo. 

Onde buscar suporte para empreender no Brasil?

Uma boa notícia para quem deseja começar a empreender no Brasil é a existência de diversos centros de suporte para iniciantes e novas empresas.

Muitos desses serviços são gratuitos, e foram criados com o objetivo de auxiliar negócios que estão começando, oferecendo conhecimentos e ferramentas importantes para desenvolver as atividades propostas.

Conheça mais detalhes sobre os principais portais de ajuda ao empreendedor:

Portal do Empreendedor

O Portal do Empreendedor é uma plataforma criada pelo Governo Federal para auxiliar microempreendedores, por meio de conteúdos e ferramentas exclusivas de acesso, controle e cadastro.

Continua após a publicidade

O foco do portal é no empreendedorismo individual, oferecendo suporte para os microempreendedores individuais em seus primeiros passos no mercado de negócios.

É por meio dessa plataforma que o indivíduo pode emitir seu CNPJ MEI, além de conferir todos os documentos necessários para iniciar suas atividades comerciais devidamente regularizadas.

Além disso, o Portal do Empreendedor também oferece conteúdos educativos e suporte para dúvidas, de modo a atender os empreendedores diretamente pela internet.

Feira do Empreendedor

Enquanto isso, a Feira do Empreendedor é um evento anual que ocorre com a participação de empreendedores de todo o País.

Continua após a publicidade

Criado pelo Sebrae, o objetivo dessa feira é incentivar a cultura e o estilo de vida empreendedora.

Novos negócios têm a oportunidade de expor seus produtos e serviços, além de trocar experiências e opiniões com milhares de participantes, de diferentes áreas e segmentos.

A Feira do Empreendedor ocorre em todos os estados, e proporciona um ambiente favorável para o crescimento de novos negócios, mesmo iniciantes, que acabaram de aprender o que é empreendedorismo.

Serasa

O Serasa é uma empresa privada referência para análise e informações de crédito, responsável por criar o maior banco de dados de inadimplentes e devedores de todo o País.

Continua após a publicidade

No entanto, a plataforma também possui soluções para quem quer aprender o que é empreendedorismo, e como aplicar esse conceito no dia a dia.

Ela oferece conteúdos exclusivos sobre saúde financeira e planejamento empresarial, além de dicas para ter um negócio de sucesso.

Dessa forma, novas empresas poderão crescer de maneira saudável, com facilidades que incluem ferramentas de gerenciamento, suporte ao empreendedor e recursos especiais de crédito.

Sala do Empreendedor

Por fim, a Sala do Empreendedor também é uma iniciativa do Sebrae, e oferece atendimento presencial para empreendedores de todo o Brasil.

Continua após a publicidade

Esses pontos de atendimento físico ficam localizados em diversos municípios, e facilitam a abertura de novos negócios, bem como a regularização e formalização das atividades de microempreendedores individuais.

Além disso, a Sala do Empreendedor foi desenvolvida com o intuito de ser um espaço mais acessível para quem deseja ter o próprio negócio, e forma uma parceria entre o serviço de apoio e os municípios.

Conclusão sobre o que é empreendedorismo

Entender o que é empreendedorismo é essencial para qualquer pessoa que deseje ter o próprio negócio, ou queira atuar no mercado empresarial com maior confiança e segurança.

Apesar de ser um conceito simples, existem diversas considerações importantes que compõem esse termo, e ajudam a desenvolver essa definição apropriadamente.

Continua após a publicidade

Além disso, aprender mais sobre o que é empreendedorismo e quais as características que definem esse conceito é essencial não apenas para quem quer ter um negócio.

Diversas qualidade e habilidades do empreendedor ajudam a tornar o indivíduo mais confiante e seguro de si, além de estimular a criatividade e proporcionar inovações cada vez mais modernas e relevantes para a sociedade.

Por esse motivo, vale a pena conhecer mais sobre esse universo, e aplicar esse conceito no dia a dia, seja para abrir um novo negócio de sucesso ou ter a coragem de colocar uma nova ideia em prática.

Então, se você deseja saber como divulgar o seu negócio de forma rápida e simples, confira o nosso conteúdo com as melhores frases para atrair clientes!

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de ativar as notificações do Push e assinar a newsletter do iDinheiro para receber todas as novidades em primeira mão! 

Perguntas frequentes

  1. Qual é o conceito de empreendedorismo?

    Segundo os economistas franceses Jean Baptiste Say e Richard Cantillon, empreendedorismo significa ter a capacidade de produção, gestão e enfrentamento de riscos.

  2. Quais são os tipos de empreendedorismo que existem?

    Os principais tipos de empreendedorismo são: empreendedorismo individual; empreendedorismo social; empreendedorismo corporativo; empreendedorismo digital e empreendedorismo feminino.

Continua após a Publicidade

Sobre “O que é empreendedorismo, qual a sua função e como funciona na prática?

  1. Alex Martinho

    Encontrei esse site por acaso em minhas pesquisas na
    internet, acabou me interessando o assunto. Gostei muito,
    parabéns ao autor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.