Conheça 10 motivos que podem levar ao bloqueio do auxílio emergencial

Mesmo pessoas que já receberam alguma parcela do benefício podem ter o bloqueio definido em algumas condições. Governo analisa pré-requisitos antes do pagamento de cada parcela.

Heloisa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos

Conheça 10 motivos que podem levar ao bloqueio do auxílio emergencial

 

A pandemia do novo coronavírus fez com que o Governo Federal cedesse o auxílio emergencial de R$ 600 para desempregados, trabalhadores informais, microempreendedores individuais e famílias de baixa-renda.

A segunda parcela do benefício já está sendo paga, ainda que alguns ainda estejam recebendo a primeira ou nem tenham tido o recurso aprovado.

Continua após a publicidade

Para receber o valor, é necessário atender a alguns pré-requisitos, como ser maior de 18 anos e não ter tido rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 em 2018.

A análise dos pré-requisitos é feita pelo Governo Federal a cada parcela. 

Isso significa que, por exemplo, se você conseguiu um emprego após o recebimento da primeira parcela, as próximas não serão recebidas.

Portanto, mesmo que você já tenha recebido alguma das parcelas, o benefício pode ser bloqueado caso não atenda mais as condições.

Conheça 10 motivos que podem fazer com que você perca o direito ao auxílio emergencial.

10 motivos que podem bloquear auxílio emergencial

  1. Fraude no preenchimento
  2. Ser empregado com carteira assinada;
  3. Estar recebendo seguro-desemprego;
  4. Aposentado do INSS;
  5. Pensionista do INSS;
  6. Receber demais benefícios, com exceção do Bolsa Família: Benefício de Prestação Continuada (BPC); Auxílio Doença; Garantia Safra; Seguro Defeso;
  7. Ser de família com renda mensal por pessoa superior a meio salário mínimo (R$ 522,50);
  8. Renda familiar mensal total maior que três salários mínimos (R$ 3.135);
  9. Limite maior que duas pessoas que recebem Bolsa Família na mesma família;
  10. CPF irregular.

Saques da segunda parcela

O calendário de saques da segunda parcela do auxílio emergencial segue cronograma, com liberação nesta sexta-feira, 5, para beneficiários nascidos em junho.

Ao todo, 2,6 milhões de brasileiros poderão ter acesso ao auxílio hoje.

A liberação ocorre todos os dias para aniversariantes de um mês até o próximo dia 13, com exceção do domingo, 7, e do feriado de Corpus Christi, no dia 11.

O que achou da notícia sobre 10 motivos que podem levar ao bloqueio do auxílio emergencial? Quer receber outros conteúdos relacionados a benefícios do governo? Então, assine a newsletter do iDinheiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

19 comentários

  1. Fernando

    Recebi 2 parcelas acabei arrumando um emprego mais nao fiquei nesse emprego entao no site do dataprev diz que a terceira ta bloqueada consigo ir na caixa pra liberar a bloqueada e as d mais pendente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.