Lia Maria Aguiar: veja o patrimônio e conheça sua trajetória

Conheça a história da Lia Maria Aguiar, considerada como uma das mulheres mais rica do Brasil em 2020. Veja sua trajetória agora!

Luana de Oliveira
Luana de Oliveira

Lia Maria Aguiar: veja o patrimônio e conheça sua trajetória

 

Todo final de ano, é muito comum que alguns meios de comunicação apresentem a lista dos brasileiros mais ricos daquela temporada.

Todavia, além de saber o nome de cada um, é interessante conhecer a sua trajetória e como vem utilizando do seu patrimônio.

Continua após a publicidade

Por conta disso, vamos apresentar neste artigo a Lia Maria Aguiar, conhecida como uma das mulheres mais ricas do Brasil em 2020. Confira!

Quem é Lia Maria Aguiar?

Lia Maria Aguiar é uma empresária bilionária de nacionalidade brasileira.

Conhecida no mercado como uma das acionistas do banco Bradesco e da holding Bradespar, o seu patrimônio é em torno de US$ 1 bilhão, segundo a revista Forbes.

Continua após a publicidade

Lia Maria é filha de Amador Aguiar, fundador do banco Bradesco, e possui duas irmãs, a Lina Maria Aguiar e a Maria Ângela Aguiar Bellizia. Um fato curioso é que todas as filhas do Amador foram adotadas.

Como Lia não possui filhos, em 2015 ela registrou o seu desejo de doar todo o seu patrimônio para caridade quando morrer.

Lia Maria Aguiar em números

  • Nascimento: 2 de junho de 1938.
  • Idade: 82 anos;
  • Pais: Amador Aguiar;
  • Tios: Mário Coelho Aguiar, Jayme de Aguiar e Silva;
  • Avô: João Antônio Aguiar;
  • Patrimônio líquido: USD 1 bilhão (2020) Forbes;
  • Fonte de riqueza: bancário;
  • Residência: Campos do Jordão, Brasil;
  • Cidadania: Brasil;
  • Estado Civil: Divorciada;

Curiosidades sobre Lia Maria Aguiar

Logo abaixo você pode conferir as principais curiosidades sobre a Lia Maria Aguiar:

  • Lia Maria é uma das herdeiras da fortuna bancária do seu falecido pai, que foi o fundador do banco Bradesco.
  • Lia tem uma irmã gêmea que foram abandonadas em frente ao banco Bradesco. O fundador desta instituição adotou ambas. Futuramente Lia ganhou mais uma irmã adotiva.
  • Existe uma briga na justiça sobre o testamento de seu pai com a sua segunda esposa, que ficou casada por pouco menos de 5 meses antes da sua morte.
  • Lia Maria Aguiar também se beneficia de ações da Bradespar, que hoje em dia possui capital aberto.
  • Em 2008, Aguiar fundou a sua própria instituição de caridade, conhecida como Fundação Lia Maria Aguiar.
  • Após a sua morte, toda a sua herança será destinada para a sua Fundação.

Conheça a Fundação Lia Maria Aguiar

Em 2008, a empresa Lia Maria inaugurou a fundação Lia Maria Aguiar com o intuito de contribuir por uma sociedade mais justa e com oportunidades para todos.

A FLMA encontra-se em Campos do Jordão e é reconhecida por ser uma instituição independente e sem fins lucrativos. As suas atividades são direcionadas para o desenvolvimento de pilares fundamentais para um mundo melhor:

Continua após a publicidade

  • educação;
  • cultura;
  • meio ambiente;
  • inclusão social.

Por conta disso, hoje podemos acompanhar as diversas crianças e jovens que estão usufruindo da oportunidade de participar de projetos socioculturais, onde é possível despertar e trabalhar os seus talentos artísticos e desenvolver o caráter cidadão.

Sua trajetória de sucesso

Lia Maria e as suas duas irmãs ocupam o posto de acionistas no banco Bradesco. Nesta empresa herdada de seu pai, Lia tem ocupado o cargo de conselho administrativo.

Além disso, ela exerce a função de holding na Bradespar.

Esta empresa foi criada em 2000 com o intuito de administrar ações que o Bradesco tem em empresas não financeiras, como por exemplo a Vale. A título de curiosidade, esta nova empresa possui controle acionário na mineradora em mais de 17%.

Em 2008, fundou a instituição sem fins lucrativos, a Fundação Lia Maria Aguiar.

Exercendo os seus trabalhos na cidade de Campos de Jordão, esta fundação oferece trabalhos relacionados ao desenvolvimento de pilares fundamentais, como a educação, cultura, meio ambiente e inclusão social.

Continua após a publicidade

Desde então, Lia investe boa parte do seu capital na sua fundação. No entanto, em 2016 a Lia passou por uma desagradável situação, onde precisou processar os sócios do Bradesco após saber que o seu patrimônio estava sendo desviado para outros fins.

Outro ponto que acabou se tornando manchete em alguns jornais foi a batalha judicial perante a herança deixava pelo seu pai após o seu falecimento em 1991.

Como a Lia é bastante discreta com a sua vida pessoal e profissional, o que sabemos é o que foi apresentado nos noticiários, onde as três irmãs conseguiram o direito ao patrimônio.

Conclusão

Após a leitura deste artigo, podemos perceber que Aguiar, uma das mulheres mais ricas do Brasil, vem desfrutando do seu sucesso profissional de forma discreta. Além disso, podemos perceber o quanto é caridosa e utiliza do seu capital para ajudar outras pessoas.

E se você está interessado em conhecer mais a história de brasileiros ricos, então não deixe de assinar a nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos atualizados e em tempo real!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.