Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Entenda o que é ADR e saiba quais são as brasileiras

Uma ADR é como uma BDR do mercado americano. Entenda como o investimento funciona e saiba o que representa.

B612_20210521_152657_024_2
Melissa Nunes Especialista em Finanças Pessoais e Investimentos

Você já ouviu falar em ADR? Essa sigla é parecida com a BDR, mas refere-se ao mercado dos Estados Unidos. Em outras palavras, as ADRs são investimentos que concedem às empresas estrangeiras o acesso ao mercado americano.

Ou seja, investidores dos EUA conseguem aplicar seu dinheiro nas companhias do Brasil e do mundo. No entanto, ainda operam em dólar.

Continua após a publicidade

Achou interessante? Então, saiba o que é ADR e como funciona, a partir dos seguintes tópicos:

  • O que é ADR?
  • Tipos de ADRs
  • Quais são as ADRs brasileiras?
  • Índices de ADRs brasileiras
  • É possível investir?
  • Como impacta o mercado brasileiro?

O que é ADR?

ADR é a sigla para American Depositary Receipt, ou recibo depositário americano. Basicamente, é um investimento que permite à empresas de vários países negociarem nas bolsas de valores americanas.

Continua após a publicidade

Ou seja, qualquer companhia brasileira de capital aberto, por exemplo, consegue vender suas ações na NYSE e na NASDAQ, a partir da emissão de recibos que representam suas ações.

Portanto, o objetivo dessa aplicação financeira é permitir que empresas estrangeiras atuem no mercado americano. Por isso, é uma oportunidade para os investidores americanos diversificarem seu portfólio de maneira internacional.

Como funcionam as ADRs?

Para começar, saiba que uma ADR não é um ativo financeiro. Ela consiste em um título lastreado a uma empresa estrangeira e que representa suas ações. Por isso, quando alguém investe nesse título, adquire um certificado vinculado a determinada companhia.

Por exemplo, a ADR Petrobras permite que investidores americanos apliquem seu capital na empresa brasileira.

Continua após a publicidade

No entanto, de forma similar às BDRs, ao investir seu dinheiro nesses recibos, você não compra ações da empresa diretamente. De toda forma, as operações de ADRs são feitas em dólar, assim como as de BDR são feitas em reais.

Além disso, é importante conhecer as partes envolvidas na emissão e na negociação desses títulos. Elas são:

  • custodiante: instituição estrangeira que armazena as ações depositadas;
  • depositária: instituição dos EUA que emite os recibos. Ela adquire os papéis bloqueados no outro país e distribui para os seus investidores na NYSE ou na NASDAQ.

Vale a pena observar que os bancos dos EUA compram essas ações estrangeiras e as agrupam em lotes. Em seguida, elas são transformadas em títulos, ou seja, tornam-se ADRs.

Todas essas operações são regulamentadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Continua após a publicidade

Vantagens das ADRs

Para os investidores americanos, saber o que significa ADR é interessante. Veja algumas vantagens desses títulos:

  • permitem negociar títulos de vários países nas bolsas dos EUA e em dólar;
  • tornam desnecessário abrir uma conta no exterior. Ou seja, esses investidores aplicam seu capital nas companhias brasileiras e mundiais sem terem acesso a uma corretora de valores estrangeira;
  • auxiliam na diversificação de investimentos, inclusive ao adquirir ADRs de empresas que não existem nos EUA;
  • são uma oportunidade para as empresas brasileiras receberem investimentos dos EUA. Assim, é possível explorar melhor esse mercado, que historicamente é mais consolidado do que o brasileiro.

Diferenças entre ADRs e BDRs

Tanto ADRs quanto BDRs são títulos lastreados no exterior. No entanto, os primeiros são emitidos por empresas brasileiras — ou de outros países — para operarem nos EUA.

Por sua vez, as BDRs são recibos de ações estrangeiras que negociam no Brasil. Ou seja, os brasileiros podem investir no exterior por meio desses certificados.

O funcionamento em si é igual. O que diferencia é o local de negociação dessas ações e quem pode aplicar seu dinheiro.

Continua após a publicidade

Tipos de ADRs

Os American Depositary Receipts podem ser divididos em duas categorias e três níveis. As primeiras classificações são as que listamos a seguir:

ADRs patrocinadosA emissora que lastreia as ADRs opera em conjunto com a instituição depositária. Por isso, há interesse na existência do programa.
ADRs não patrocinadosSão emitidos e distribuídos aos investidores sem participação ativa da empresa emissora das ações.

O modelo mais comum é o de ADRs patrocinados. Inclusive, é normal exigir essa condição para a listagem desse título nas bolsas americanas.

Por sua vez, os níveis representam o ambiente de negociação. Ou seja, se isso ocorrerá nas bolsas ou no mercado de balcão. As possibilidades são:

ADRs nível IBásico. É voltado para empresas que cumprem os requisitos simples e não desejam ser listadas na bolsa. A negociação é feita no mercado de balcão.
ADRs nível IIOs recibos são negociados nas bolsas de valores dos EUA. Por isso, as exigências são maiores e há um volume de negociação maior.
ADRs nível IIIÉ emitido quando a empresa faz uma Oferta Pública Inicial em uma bolsa americana. Portanto, há emissão de novas ações.

Quais são as ADRs brasileiras?

Para saber o que é ADR, é importante ver alguns exemplos de companhias brasileiras que emitem esses recibos. Assim, fica mais fácil entender o tipo de empresa que atua dessa forma.

Continua após a publicidade

Veja, a seguir, algumas das 10 principais ADRs do Brasil, com suas respectivas informações.

EmpresaCódigo na B3Código da ADRNúmero de ações por ADR
AmbevABEV3ABEV1
PetrobrasPETR4PBR2
ValeVALE3VALE1
EmbraerEMBR3ERJ4
BradescoBBDC3 e BBDC4BBD e BBDO1
ItaúITUB4ITUB1
EletrobrasELET3 e ELET6EBR e EBRB1
AzulAZUL4AZUL3
BRFBRFS3BRFS1
TelefônicaVIVT4VIV1

Perceba que as empresas são de segmentos variados. Por exemplo, a ADR Vale é bem diferente da ADR Embraer. Por sua vez, a ADR Itaú e a ADR Bradesco são mais próximos. Isso porque ambos fazem parte do mesmo setor de atuação.

Índices de ADRs brasileiras

Esses títulos também trabalham com indicadores, que medem o desempenho médio de cada um dos títulos. Nesse cenário, os dois principais são:

1. S&P Brazil ADR Index

É calculado pela S&P Dow Jones Indices desde 2010. Sua formação pode variar, em 2020, contava com 37 companhias brasileiras, que tinham uma capitalização de mercado total de 324 bilhões de dólares.

Na mesma época, os setores mais representativos eram:

  • matérias-primas: 22%;
  • instituições financeiras: 20,7%;
  • bens de consumo: 14,2%;
  • energia: 14,1%;
  • tecnologia da informação: 11,4%.

2. Dow Jones Brazil Titans ADR Index

É um dos mais antigos e conhecidos. Segue as 20 maiores e mais líquidas ações brasileiras negociadas como ADR.

Continua após a publicidade

Seu lançamento ocorreu em 2004, mas sua série história remonta a dezembro de 2000. Em 2020, a capitalização de mercado das companhias que formavam o índice era de 260 bilhões de dólares.

Os segmentos mais representativos na época eram:

  • matérias-primas: 25%;
  • instituições financeiras: 18,8%;
  • empresas de óleo e gás: 17,3%;
  • bens de consumo: 12,9%;
  • utilities (empresas de serviços básicos): 12,4%.

É possível investir em ADRs?

Somente os investidores americanos podem investir em ADRs. Os brasileiros podem adquirir BDRs. Como vimos, o funcionamento é praticamente igual, no entanto, as operações ocorrem na bolsa brasileira.

Além disso, existem outras opções para operar no mercado estrangeiro, como no mercado futuro. Elas são:

  • S&P 500: é um índice formado pelas 500 maiores empresas dos Estados Unidos. Funciona de maneira similar ao Ibovespa e é negociado como contrato futuro. O código de operação é ISP. A promessa é de retorno expressivo em curtíssimo prazo;
  • dólar: também é possível investir na moeda americana por meio dos contratos futuros. Da mesma forma, a promessa é de ganhos rápidos em curto prazo.

No entanto, sempre é importante reforçar que esses investimentos implicam riscos. Por isso, é necessário atentar ao seu perfil de investidor.

Continua após a publicidade

Como uma ADR impacta o mercado brasileiro?

A emissão desses títulos consiste em uma forma de captar recursos no exterior. Ao mesmo tempo, ajuda a proteger o patrimônio da companhia e até valorizá-lo.

Isso porque a negociação é feita em dólar. Como a moeda americana tem um histórico de valorização perante o real, a tendência é que a empresa tenha benefícios com essa negociação.

Assim, a companhia também tende a ficar mais sólida. Dessa forma, a emissão de ações na bolsa brasileira também pode sofrer impactos positivos. Por exemplo, pela valorização dos ativos.

Dessa maneira, toda a economia acaba sendo impactada de forma direta ou indireta. Afinal, a empresa capta mais recursos e consegue expandir suas operações no Brasil e no exterior devido ao financiamento obtido com a ADR.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para você! Se ficou com alguma dúvida, deixe um comentário! Responderemos assim que possível.

Perguntas frequentes

  1. O que é uma ADR?

    A ADR é um recibo depositário que permite a empresas estrangeiras negociarem no mercado americano.

  2. Quais são as ADRs brasileiras?

    Várias empresas têm ADRs. Alguns exemplos, são: Vale, Petrobras, Itaú, Bradesco, Azul, entre outras.

  3. Brasileiros podem comprar ADRs?

    Não, mas existem as BDRs que são a versão brasileira desse tipo de ativo e permite comprar recibos de ações de diversas empresas estrangeiras.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.