Guias adiadas do Simples Nacional começam a vencer hoje

As guias adiadas do Simples Nacional começam a vencer nesta terça-feira. Pagamento das mensalidades pelo microempreendedor pode ser quitado até dezembro.

Karina Carneiro
Karina Carneiro

Os contribuintes que tiveram guias adiadas do Simples Nacional começarão a realizar o pagamento a partir desta terça-feira, 20. 

Com isso, as mensalidades referentes aos meses de março, abril e maio que puderam ser adiadas por conta da pandemia provocada pela Covid-19, serão cobradas juntamente às guias válidas referente do mês atual.

Continua após a publicidade

Ou seja, caso não tenha pago o DAS de março, será necessário fazer o pagamento desta guia juntamente com a de setembro, válida para pagamento em outubro.

Guias adiadas do Simples Nacional – Como vai funcionar o calendário?

As primeiras mensalidades que deverão ser pagas em conjunto com a do mês em vigência serão as de março. 

Com isso, as guias adiadas do Simples Nacional vão funcionar com o seguinte calendário:

  • Março: Deverá ser pago juntamente com o mês de outubro (competência de setembro);
  • Abril: Deverá ser liquidado junto com a guia do mês de novembro (competência em outubro);
  • Maio: Será paga em conjunto com a mensalidade de dezembro (competência de novembro). 

Como o microempreendedor deverá lidar com a situação?

O pagamento das guias adiadas do Simples Nacional deverá ser feito de acordo com as datas mencionadas anteriormente.

Caso o pagamento não aconteça, seu negócio correrá o risco de ser suspenso ou suas atividades não poderem ser mais exercidas.

Além disso, corre o risco do negócio ser excluído da guia do Simples Nacional e ser enquadrado no Lucro Presumido, onde o empreendedor precisará arcar com taxas muito mais altas para manter a empresa em funcionamento. 

O que é um DAS?

O Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) é uma das principais guias de recolhimentos de tributos de um negócio.

Por ser enquadrada dentro do Simples Nacional, acaba tendo tarifas reduzidas e pagamento realizado de maneira mensal, com obrigatoriedade de ser realizado até o dia 20 de cada mês. 

Gostou do conteúdo? Não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push para se manter informado sobre tudo o que acontece no universo das finanças.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.