Grão Investimentos: entenda como essa poupança 2.0 funciona

A Grão Investimentos é uma poupança 2.0. Ao deixar seu dinheiro parado lá, ele é aplicado em títulos públicos. A vantagem é fazer microinvestimentos.

Fabiola Thibes
Fabíola Thibes

Grão Investimentos: entenda como essa poupança 2.0 funciona.

Para quem quer começar a investir, encontrar uma porta de entrada no mercado pode ser difícil. A Grão Investimentos promete facilitar esse processo por meio do microinvestimento.

O conceito é diferenciado e consiste em investir a partir de R$ 1 em títulos públicos, ou seja, no Tesouro Direto. A novidade é interessante, porque uma pessoa física precisa de, pelo menos, R$ 30 para aplicar nessa modalidade.

Continua após a publicidade

Os títulos públicos são emitidos pelo governo federal. Eles são altamente conservadores e são tão ou mais seguros do que a poupança. Por isso, o risco é próximo a zero.

Como a Grão Investimentos consegue fazer diferente? Quais são as características desse serviço? Como funciona? É o que vamos responder neste post. Acompanhe!

A Grão Investimentos

Diferente de uma corretora de valores, a Grão Investimentos se define como um “porquinho virtual”, ou uma poupança 2.0.

Continua após a publicidade

Assim, quando você deixa seu dinheiro parado na carteira digital, ele é automaticamente investido no Tesouro Direto. A sacada é fazer o procedimento por meio de um aplicativo.

A promessa é de descomplicar sua relação com o dinheiro. Por isso, a empresa traz o conceito de microinvestimento. No app, ainda há outros recursos, como:

  • possibilidade de criar objetivos;
  • participação em desafios diários para incentivar a economia;
  • acesso a organizador financeiro para acompanhar gastos e ganhos;
  • visualização de dicas sobre consumo consciente e economia.

Ao deixar seu dinheiro na Grão, você não sabe exatamente em quais títulos públicos ele está aplicado. No entanto, o retorno será de 89% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Ele é fixo.

O CDI é um índice de referência usado nas operações entre os bancos. Ele costuma ficar próximo da Selic. Por isso, quanto mais baixa estiver a taxa básica de juros, menor será o seu retorno com o CDI.

Quando você recebe um percentual do indexador, significa que você receberá mais ou menos do que o seu total.

Continua após a publicidade

No caso da Grão, são 89%, ou seja, se o CDI estiver em 2,23% ao ano, o rendimento será de 1,98% ao ano, aproximadamente. Na prática, se você investir R$ 100, terá R$ 101,98 no período de um ano, com R$ 1,98 de lucro.

Contato com a Grão

O contato com a Grão Investimentos é feito apenas por e-mail. Em caso de dúvida, há a opção de buscar a solução na seção “Ajuda” do site. Se não a encontrar, é preciso enviar uma mensagem para: meajuda@grao.com.br.

Deve-se destacar que a fundação da empresa se deu por ex-sócios da Rico, uma das corretoras de valores mais famosas do Brasil.

Por isso, podemos afirmar, que eles já têm experiência no assunto. Também é chancelado pelo BTG Pactual, por meio do programa BoostLab.

Continua após a publicidade

Como o serviço funciona?

Para utilizar o microinvestimento, você deve abrir uma conta na Grão. Para isso, baixe o app disponível para Android e iOS. Basta colocar seus dados pessoais e responder às perguntas feitas.

Depois, faça uma transferência de dinheiro da sua conta-corrente para a da Grão Investimentos. Outra opção é gerar um boleto de pagamento. Nesse último caso, o dinheiro pode demorar 1 dia útil para ser compensado.

Então, você já pode acompanhar o retorno dia a dia, definir seus objetivos e mais.

Ainda é possível aproveitar o Desafio 21 Dias, uma experiência que permite guardar dinheiro por esse período para criar o hábito da economia. É só se inscrever na iniciativa.

Continua após a publicidade

Impostos

O retorno de 89% do CDI ainda sofre aplicação de tributos. Sobre o rendimento, a Grão Investimentos descontará Imposto de Renda (IR) e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Ambos exigidos pela Receita Federal.

O IR segue a tabela regressiva. Portanto, quanto mais tempo você deixar o dinheiro aplicado, menos vai pagar. As alíquotas vão de 22,5%, para períodos de até 180 dias, a 15%, para prazos acima de 720 dias.

O IOF, por sua vez, só é descontado quando você resgata o valor em menos de 30 dias. A taxa também é regressiva.

Existem serviços similares ao da Grão Investimentos?

Na verdade, sim. Muitos aplicativos de monitoramento das finanças pessoais oferecem desafios e incentivos para economizar. Também têm gerenciadores financeiros.

Continua após a publicidade

No entanto, o mais importante é o rendimento do dinheiro. Essa é uma situação comum para startups e até bancos tradicionais.

Dois deles são o Nubank e o Itaú. Em ambos, você recebe 100% do CDI ao deixar o dinheiro na conta-corrente.

Em ambas as instituições, a vantagem é o acesso a outros recursos financeiros. No caso da Grão Investimentos, há uma limitação maior.

Como é a reputação da empresa?

A Grão Investimentos está há 2 anos no Reclame Aqui. A nota é ótima e os clientes estão satisfeitos. Veja os dados do período entre 30 de julho de 2017 e 29 de julho de 2020:

Continua após a publicidade

  • nota: 9,0;
  • número de reclamações: 142;
  • reclamações respondidas: 98,6%;
  • voltariam a fazer negócio: 84,8%;
  • índice de solução: 98,5%;
  • nota do consumidor: 7,8.

Quando os dados considerados forem referentes apenas ao primeiro semestre de 2020, os dados são ainda melhores. Confira:

  • nota: 9,2;
  • número de reclamações: 95;
  • reclamações respondidas: 100%;
  • voltariam a fazer negócio: 91,3%;
  • índice de solução: 100%;
  • nota do consumidor: 7,85.

Esses dados demonstram uma preocupação da empresa com os clientes. Inclusive, uma mudança positiva de postura nos últimos meses. Ainda assim, entre as reclamações existentes estão aquelas relativas a:

  • estorno do valor pago;
  • login e senha;
  • propaganda enganosa;
  • mau atendimento.

Vale a pena investir com a Grão?

A resposta depende do que você quer. Se o objetivo é ter um rendimento positivo, acumular patrimônio e conquistar objetivos maiores e de longo prazo, talvez seja mais interessante pensar em outras aplicações financeiras.

Ao deixar o dinheiro parado na Grão, você terá um rendimento abaixo dos títulos públicos.

Continua após a publicidade

Com o patamar baixo da Selic em 2020, o retorno é pouco significativo e pode nem ser real. Em outras palavras, como a inflação pode equivaler à remuneração ou ultrapassá-la, você pode perder seu poder de compra.

O retorno de um investimento deve ser contabilizado em sua forma líquida, ou seja, após o desconto de impostos e encargos. Mais do que isso, ainda é preciso avaliar a inflação do período. 

Ela é determinante para aumentar o preço de produtos e serviços. Por isso, se ela for maior do o rendimento da aplicação financeira, você não teve um ganho real, mesmo que tenha conseguido algum lucro aparente.

Por outro lado, se você tiver o intuito de aprender a economizar, essa pode ser uma boa oportunidade.

Com os recursos disponíveis no app da Grão Investimentos, você vê seu dinheiro rendendo e organiza suas finanças. Portanto, pode ser o primeiro passo para uma vida financeira mais saudável.

Achou interessante e quer ter mais informações que influenciam suas finanças? Assine a newsletter do iDinheiro e confira outras análises.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.