Notícias

Google Shopping na Black Friday: novas funcionalidades estão disponíveis nos EUA

Lilian Calmon
Lilian Calmon
pessoa olhando cartão de crédito para fazer compra online via notebook representando Google Shopping na Black Friday
O Google Shopping na Black Friday terá três novas funcionalidades: percepção de preço, comparação e acompanhamento de preços. Conheça.

O que esperar de novidade do Google Shopping na Black Friday, em 27 de novembro? Neste ano, os consumidores dos EUA terão três novas funcionalidades à disposição: percepção de preço, comparação e acompanhamento de preços. 

Contudo, por enquanto, somente eles terão acesso a tais ferramentas.

As informações são do TecMundo.

Google Shopping na Black Friday: conheça cada funcionalidade

O Google Shopping terá três novas funções para quem pretende fazer compras na Black Friday.

Continua após a publicidade

  • Percepção de preço: Por meio de uma barra azul, será possível verificar se o preço de um produto é alto, baixo ou dentro da média numa comparação com valores de toda a web.
  • Comparação de preço: Na mesma página de percepção de preço, são exibidas comparações de preços dos itens nas demais lojas online. Em breve, serão incluídas informações sobre as opções de envio e de retirada do produto.
  • Notificações de produto: O Google Shopping passa a oferecer também o rastreio de preços. Assim, o cliente receberá alerta quando da queda do valor do produto que esteja pensando em comprar. Para receber esse tipo de notificação, é necessário estar registrado em sua conta no Google. O aviso pode ser realizado via e-mail ou na tela do smartphone. Essa função já é famosa no país em plataformas como o Zoom.

40% dos brasileiros devem fazer compra online na Black Friday

No mês de setembro, as buscas pela expressão “descontos antecipados” já começaram a subir nos EUA, segundo o Google. E, por conta da pandemia, boa parte das ofertas deve ser redirecionada para o ambiente online, já que os lojistas devem evitar aglomerações em seus estabelecimentos.

Para ter uma ideia, no Brasil, 40% dos consumidores planejam realizar suas compras online na Black Friday, o que representa um aumento de 7% em relação a 2019.

Aproveite e leia também “Como não cair em golpes na Black Friday: Procon orienta consumidores”.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a Black Friday? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *