Como o principal aplicativo de mensagens instantâneas do País, o golpe no WhatsApp vem se tornando cada vez mais comum.

Sejam eles roubos de informações, golpes financeiros ou até mesmo, a clonagem inicial do seu próprio aplicativo, muita gente vem caindo nesse tipo de iniciativa criminosa.

Continua após a publicidade:

Por isso, uma das regras básicas da internet, sempre foi a de não clicar em links suspeitos, sejam esses enviados por amigos, redes sociais ou até mesmo através de SMS’s.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo laboratório digital da PSafe, startup especializada em soluções tecnológicas, mais de 3 milhões de brasileiros já tiveram sua conta do WhatsApp clonada, apenas em 2020. 

Continua após a publicidade

Número representa diminuição de 18% em relação ao mesmo período do ano anterior. Mas, ainda assim, é muito importante que você esteja atento a detalhes fundamentais para não ser mais uma vítima de golpe no WhatsApp.

Por isso, o iDinheiro preparou este conteúdo para te auxiliar a conseguir analisar com mais clareza quando a situação estiver sendo suspeita. 

Como o golpe no WhatsApp acontece?

Basicamente, a clonagem do WhatsApp acontece quando algum usuário consegue que o programa de mensagens seja aberto em outro terminal que não o celular da vítima.

Neste caso, existem algumas maneiras de se fazer isso que estão sendo bastante exploradas pelos golpistas.

Continua após a publicidade

A primeira delas, é ter o telefone da vítima em mãos, em casos de roubo ou furto, por exemplo. 

A segunda maneira, que vem sendo cada vez mais comum, é clicando em algum link suspeito enviado para o dono do aparelho. Esse link pode ser enviado por meio de redes sociais, SMS’s ou até por um contato do WhatsApp.

Assim, além de clicar no link, a operação criminosa pede que você confirme um código enviado para o aparelho, para que a clonagem seja concluída com sucesso. 

De acordo com a PSafe, aproximadamente mais de 40.000 links de redirecionamento para sites falsos são enviados através das redes sociais e do próprio aplicativo de mensagens. 

Continua após a publicidade

É possível verificar se você é uma das vítimas de golpe no WhatsApp?

O primeiro passo para verificar se você foi vítima de golpe no WhatsApp, é se perceber que mensagens estranham foram enviadas pela sua própria conta. 

Outra forma de identificar movimentos estranhos, é analisar se o aplicativo foi realmente instalado em outro aparelho, ou até mesmo utilizando o WhatsApp Web.

Como evitar golpes no WhatsApp?

Para que você não corra o risco de ser vítima dos golpes no WhatsApp, é muito importante que você não clique em nenhum link suspeito. Isso mesmo que ele seja enviado por amigos ou familiares próximos

Outra alternativa de evitar que você seja tenha o aplicativo clonado, é ativar a notificação de dois fatores dentro do aplicativo.

Assim, no caso de qualquer movimentação suspeita será necessário colocar o código de seis dígitos escolhido por você.

Quer continuar acompanhando as novidades? Assine a newsletter do iDinheiro e ative os pushs de notificação.

Publicidade