Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Chip

Entenda o que é e como funciona um chip de celular, conheça os tipos e exemplos do termo.

WhatsApp Image 2022-05-06 at 11.57.41
Heloisa Moraes Analista de Marketing Jr.

O que é Chip?

O chip de um celular é o cartão SIM do aparelho. Em português, a sigla SIM (subscriber identity module) quer dizer módulo físico para identificação de um assinante. Todos os celulares que operam na rede GSM, também conhecido como 2G, têm um cartão SIM.

Também é possível defini-lo como um chip de computador muito sofisticado que é embutido em um pedaço de plástico para engate no aparelho. É por meio dele que as operadoras identificam os serviços contratados e os disponibilizam quando o usuário está em sua área de cobertura.

Continua após a publicidade

Para entender a sua importância, o cartão SIM é tanto a identidade virtual de uma linha telefônica como o cérebro do celular.

Definição aprofundada e exemplos

Há três tipos de cartão SIM com tamanhos distintos: o SIM, o micro-SIM e o nano-SIM. O SIM é o modelo mais antigo e o maior deles (15mm largura x 25mm altura). O micro-SIM é o de tamanho intermediário (15mm altura x 12mm largura), sendo mais comum em celulares intermediários e avançados. O nano-SIM é o menor de todos(12,3mm altura × 8,8mm largura) e é o modelo mais usado em aparelhos novos.

A forma encontrada pelas operadoras para conciliar os três modelos é o uso de um adaptador de chip com tamanhos destacáveis. Assim, o usuário destaca conforme a sua necessidade. E, embora eles venham diminuindo de tamanho, a capacidade de armazenamento vem aumentando cada vez mais.

Já começou a chegar ao mercado o cartão e-SIM. Ele é um módulo embutido ao celular e ativado de maneira virtual a partir da leitura de QR Codes. Com ele, se o usuário quiser trocar o aparelho, não será mais necessário tirar o cartão SIM de um dispositivo e colocá-lo em outro. Isso porque a leitura do código com a câmera do celular ativará o “cartão SIM virtual”.

Leia também:

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.