Notícias

3/4 dos fundos de investimentos dão prejuízo em setembro

Amanda Gusmão
Amanda Gusmão
Investidora analisa fundos de investimentos que deram prejuízo em setembro de 2020

Fundos de investimentos dão prejuízo no mês de setembro e ligam o alerta de investidores conservadores e arrojados sobre suas estratégias.

Setembro de 2020 não foi um mês satisfatório para os investidores. De acordo com levantamento realizado pelo portal Valor Investe, entre 1.196 fundos de investimentos analisados, apenas 294 tiveram rentabilidade positiva, significando que 3/4 dos fundos dão prejuízo.

Os dados são do economista Marcelo d’Agosto. Segundo o também blogueiro do Valor Investe, em média, os rendimentos dos fundos de investimentos caíram 2,14%.

Continua após a publicidade

Em suas palavras, “Em setembro, não houve um porto seguro para os investidores em fundos de investimentos. Nem mesmo os tradicionais fundos DI conseguiram escapar do prejuízo”.

A resposta de tal desempenho pode estar no cenário econômico frágil do Brasil que a pandemia de coronavírus intensifica ainda mais.

Continua após a publicidade

Cenário econômico explica porque os fundos de investimentos dão prejuízo

Uma forma de explicar esses números é avaliando o cenário econômico complicado do Brasil que, inclusive, faz com que alguns investidores saiam do mercado.

Em setembro, a inflação acelerou 0,64%, o CDI aumentou 0,16% e o dólar subiu 2,5% em relação ao real nesse mesmo período.

Além disso, nem investidores arrojados, nem aqueles considerados conservadores tiveram bons resultados em alguns de seus investimentos.

A Bolsa de Valores e os investimentos de renda fixa, como é o caso do Tesouro Selic, também não rentabilizaram satisfatoriamente ou, deram prejuízo.

Continua após a publicidade

Esses são alguns dos principais ativos que compõem os fundos de investimentos o que, consequentemente, também jogou no chão o desempenho dessa modalidade de aplicação.

Desempenho dos fundos de investimentos

De acordo com o levantamento, dentre as 19 categorias de fundos analisadas, apenas 4 tiveram rentabilidade positiva.

Os principais destaques foram os fundos de investimentos de crédito privado com até 15 dias para resgate ou com liquidez de 16 dias, assim como os fundos de debênture incentivada e cambial.

Como o dólar valorizou ainda mais em setembro de 2020, foram os fundos cambiais, inclusive, que salvaram parte da rentabilidade positiva do mês de setembro, com uma contribuição de 2,57 percentuais no total.

Continua após a publicidade

Os piores desempenhos foram dos fundos de ações, com um percentual de -4,78%, ações estrangeiras, batendo -4,58%, ouro sem risco cambial, com performance negativa de -4,66 e as long biased, com -4,08%.

Para o economista d’Agosto, a performance dos fundos de renda variável ou mesmo das ações da Bolsa de Valores são um reflexo da incerteza dos investidores na economia mundial.

O que esperar nos próximos meses

Se os fundos de investimentos dão prejuízo, alguns investidores mais afoitos podem querer buscar alternativas.

Para isso, a equipe da Órama, também citada na reportagem do Valor Investe, pontua algumas questões que estão no horizonte dos próximos meses.

Continua após a publicidade

Uma delas é de que um eventual descumprimento dos termos da responsabilidade fiscal podem mudar os rumos da política monetária.

Em outras palavras a taxa básica de juros (Selic) pode aumentar ainda em 2020, por exemplo.

No Brasil temos eleições municipais e, nos EUA, a escolha do próximo presidente, situações que deixam um cenário de suspense para os investidores.

A votação de um pacote de estímulos à economia do governo norte americano, que ainda está longe de ter definição, também aumenta as incertezas.

Ainda assim, muitos investidores e especialistas do mercado mantém o otimismo para encontrar oportunidades de investimentos na combinação de Selic a 2% e dólar alto.

Se você acompanha a newsletter do iDinheiro, sabe que alguns investimentos são de longo prazo e essas variações podem acontecer, certo? Mas, se ainda não assinou e precisa de conteúdo estratégico, não perca tempo, nossa newsletter é gratuita. Inscreva-se agora mesmo.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *