XP Investimentos lança novo fundo internacional em saúde

O Trend Saúde Global é um novo fundo internacional em saúde com exposição a empresas como Johnson & Johnson, United Health, Roche, Novartis, Merck e Pfizer.

Heloisa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos

A XP investimentos lançou nesta segunda-feira, 19, um novo fundo internacional de investimentos com foco em saúde. Na opção, chamada Trend Saúde Global, o investidor terá exposição às principais empresas da área, como Johnson & Johnson, United Health, Roche, Novartis, Merck e Pfizer.

O fundo é indexado ao ETF IXJ (iShares Global Healthcare) e replica a performance das empresas. O novo produto já está disponível para investidores brasileiros na plataforma da XP.

Continua após a publicidade

O ativo seleciona, exclusivamente, as empresas do setor de saúde que estão presentes no S&P Global 1200™, dando exposição a companhias de diversos segmentos como farmacêutico, biotecnologia e equipamentos médicos.

Como funciona o fundo internacional em saúde?

A nova opção da XP Investimentos utiliza uma metodologia de free-float market cap, dando maior peso para empresas de grande porte com um alto nível de ações disponíveis no mercado.

O fundo tem proteção cambial (sem exposição à variação do dólar) e aplicação mínima de 100 reais, sendo disponível para todos os tipos de investidores.

O produto tem taxa de administração de 0,50% a.a., não possui taxa de performance e tem aplicação em um dia útil e resgate em cinco dias corridos. 

Com o lançamento, a família XP Trend de fundos indexados chega ao número de 44 produtos disponíveis. Além do setor de saúde, a família Trend de fundos indexados oferece ao investidor o acesso a diferentes classes de ativos e estratégias a partir de R$ 100,00, como: ESG, commodities, empresas com foco em lideranças femininas, bolsa globais, setor de tecnologia, entre outros.

Tendência global

Uma opção de diversificação nos investimentos, o Trend Saúde Global segue uma tendência mundial de investimentos em saúde.

Um dos fatores que leva a isso é o aumento da idade média da população global, sobretudo nos países desenvolvidos (Japão tem 1/3 da população acima dos 65 anos), o que aumenta a demanda e importância da indústria. 

Além disso, há a ampliação de políticas governamentais de investimentos em saúde – só os EUA já gastam mais de 18% do PIB neste setor.

Também há o fato de que o desenvolvimento de medicamentos é cada vez mais inovador e tecnológico, com a biologia computacional, o machine learning e o big data transformando a indústria ao reduzir drasticamente o tempo e o custo de pesquisa e desenvolvimento. 

E, por fim, a pandemia da Covid-19, que impulsionou a demanda por tratamentos, vacinas e equipamentos de diagnóstico. A soma de todos estes fatores faz com que o segmento de Healthcare global seja um dos mais atrativos e promissores para a próxima década.

E você, quer continuar acompanhando notícias sobre investimentos e resoluções do mercado? Então, assine a newsletter do iDinheiro e tenha tudo direto em seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.