Notícias

Fraude financeira: CVM recebeu mais de 200 denúncias até julho de 2020

Lilian Calmon
Lilian Calmon
hacker em notebook representando fraude financeira

Até julho deste ano, a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) recebeu mais de 200 denúncias de fraude financeira. Saiba como se proteger.

Até julho deste ano, a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) recebeu mais de 200 denúncias de fraude financeira. Isso porque, segundo especialistas, com a Selic baixa, as pessoas vêm buscando aplicações mais arriscadas, a fim de obter maior retorno no mercado financeiro. E muitas delas caem em golpes que prometem “investimentos imperdíveis”.

Como comparação, ao longo de 2019, houve 371 denúncias. Lembrando que cada uma dessas queixas pode ter diferentes reclamantes.

Continua após a publicidade

Para alertar os investidores sobre o assunto, a CVM e a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) lançaram uma campanha com um “site fake”.

As informações são do Valor Investe.

Fraude financeira: CVM e Anbima lançam a campanha “Se Liga Na Fraude!”

A CVM e a Anbima lançaram a campanha “Se Liga Na Fraude!”, em que uma empresa falsa parece oferecer um investimento imperdível.

“Essa é uma campanha bem inovadora, foi ideia da CVM de criar um site ‘fishing’ e nós da Anbima apoiamos e desenvolvemos em conjunto. O site simula uma oferta de investimento típica de uma fraude. O site é muito bem montado e quando a pessoa clica para aproveitar aquilo, ela recebe um alerta dizendo que ela quase foi enganada”, explicou a superintendente de educação financeira da Anbima, Ana Leoni, em podcast promovido pelo Itaú na Semana Mundial do Investidor (em inglês, World Investor Week – WIW 2020), que ocorre desta segunda-feira, 5, até o dia 11 de outubro. 

Em seguida, são oferecidas orientações sobre como não cair em fraudes. Para ter uma ideia, 21% dos internautas que acessaram o site aceitaram a suposta oferta, o que Leoni considerou um número muito alto.

Veja os indícios de fraude que merecem a atenção do investidor

Se uma oferta de aplicação parecer muito boa para ser verdade, fique atento, porque provavelmente é golpe. “A pessoa precisa ver a oferta, ver se estão oferecendo um investimento sem risco, com ganhos acima da média dos investimentos que ela está acostumada ou dos indicadores de referência do mercado. Se oferecem 1% ao mês, é para ficar atento, afinal, a taxa de juros hoje é de 2% ao ano”, afirmou a especialista.

Vale prestar atenção também ao link do site e aos e-mails de contato para conferir se são endereços institucionais. Uma sugestão é checar se a empresa é registrada no site da CVM.

Para facilitar esse tipo de checagem, a CVM lançou o aplicativo CVM Digital (disponível para Android e iOS) nesta segunda-feira, 5. Por meio dele, é possível consultar quem está autorizado a atuar no mercado de capitais.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre denúncias de fraude financeira? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *