Investimentos, Notícias

Fintech mineira realiza captação de R$ 1,5 milhão em 35 minutos

Heloísa Vasconcelos
equipe da fintech mineira inco investimentos

A fintech mineira Inco Investimentos conseguiu captar recursos para um empreendimento imobiliário em tempo recorde. Startup oferece investimentos de renda fixa.

A fintech mineira Inco Investimentos conseguiu na última quarta-feira, 9, uma captação em tempo recorde. A startup que conecta investidores a empresas do ramo imobiliário captou R$ 1,5 milhão em apenas 35 minutos.

O investimento foi captado para o projeto Mais Park Contagem, das empresas Mais Lar, Conata Engenharia e Infracon Engenharia. Com o recurso, será construído um empreendimento composto por 496 unidades domiciliares. 

Continua após a publicidade:

A empresa oferece aos clientes opções de renda fixa com rentabilidade acima do mercado e o dinheiro é investido em empreendimentos imobiliários. Com dois anos de história, a Inco Investimentos já financiou 32 projetos e tem uma base de mais de 1.400 investidores.

Fintech mineira realiza captação recorde

Segundo o head de marketing da Inco Investimentos, Arthur Pelegrino, normalmente o tempo de espera para uma captação desse nível era de 24 ou 36 horas. Nesse projeto, porém, todo o R$ 1,5 milhão foi captado em 35 minutos.

O projeto Mais Park Contagem ofereceu aos investidores da fintech um rendimento de 14% ao ano para captações realizadas nos primeiros três dias — ou seja, para todos os investidores. A remuneração será paga no prazo de um ano. 

“A ideia da Inco é surgir como uma alternativa, o rendimento é melhor e esse dinheiro se transforma em geração de emprego, condomínio, moradia. As construções atuais são muito propícias para o mercado imobiliário. Esse tipo de investimento está sendo cada vez mais procurado”, percebe.

Arthur conta que nos dois anos da empresa todos os investimentos realizados foram pagos com 100% de pontualidade. “A gente é uma plataforma digital que conecta uma base de investidores a projetos. Todas as obras que a gente aprova é porque a gente chegou e viu que a empresa é muito boa, que ela tem condições de arcar com esse financiamento”, garante.

Bom momento para investir em imóveis

Para Arthur, o momento atual com a Selic em 2% ao ano incentiva investidores a buscarem maior rentabilidade. E ela não precisa, necessariamente, estar aliada a maior risco.

“Os investimentos não estão rendendo, então os investidores estão buscando novas oportunidades. Investir na economia real está chamando a atenção porque não só seu dinheiro rende muito como você pode causar uma transformação, tem peso quando as pessoas vão buscar novas formas de fazer o dinheiro render”, pontua.

A Inco Investimentos oferece rentabilidades diferentes para cada projeto financiado, mas a porcentagem costuma variar entre 13 e 15%, cerca de 7 vezes a mais que o CDI. A título de comparação, a poupança hoje rende 1,4% ao ano.

Como investir na Inco?

Para investir na Inco Investimentos é necessário realizar um cadastro no site da fintech. Então, o investidor deve fazer um teste de perfil, enviar documentação e dados bancários.

A empresa realiza, em média, uma captação por mês. A startup avisa os investidores por e-mail quando um novo processo é aberto, informando condições, como rentabilidade e prazo.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre fintechs? Então, assine a newsletter do iDinheiro. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *