Financiamentos

crédito imobiliário

Crédito imobiliário: Caixa anuncia novas regras

Um pacote de novas regras de crédito imobiliário foi anunciada pela Caixa nesta quinta (02). O objetivo é facilitar a compra por pessoas físicas devido à pandemia do novo coronavírus. Ao mesmo tempo, também foram divulgadas diretrizes diferentes para as construtoras. Uma das principais mudanças foi a implantação de uma linha de crédito para o pagamento do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e dos custos dos cartórios. Até agora, esses valores —que equivalem de 2% a 5% do valor da compra — deviam ser quitados à vista. Outra novidade foi a possibilidade de realizar o registro eletrônico dos

financiamento de veículos

Tudo o que é preciso saber sobre financiamento de veículos

Se você pensa em aderir ao financiamento de veículos para colocar um carro novo (ou usado) na sua garagem, saiba que não está sozinho. Em 2019, segundo dados da B3, nada menos que 6 milhões de veículos foram financiados no Brasil. Esse número representa um aumento de 11% em relação ao ano anterior.  Dos 6 milhões de veículos financiados, 2,2 milhões eram novos e quase 4 milhões, usados. O levantamento inclui dados de motocicletas, carros e veículos pesados, como caminhões.  Se você está pensando em fazer um financiamento de veículo, não deixe de conferir esse guia, que traz todas as

tudo sobre financiamento imobiliário

Financiamento imobiliário: saiba tudo antes de contratar

Conheça quais são os tipos de financiamento imobiliário disponíveis no mercado para você realizar o sonho da casa própria! O cenário econômico no Brasil nos últimos vinte anos facilitou muito o acesso à casa própria. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), realizada em 2019, a maioria dos brasileiros já conseguiu realizar o sonho de ter o seu lar e, inclusive, de quitá-lo completamente. Porém, ainda há um número significativo de pessoas que moram de aluguel: cerca de 18,3% dos domicílios no país são alugados. Ou seja, ainda tem muita gente que deseja sair dessa situação. Se

Banco Central autoriza uso de imóvel financiado como garantia de novo empréstimo

Banco Central autoriza imóvel financiado como garantia para novo empréstimo

Como uma das medidas para conter a inadimplência diante da pandemia do novo coronavírus, o Banco Central passará a autorizar, por meio de uma Medida Provisória (MP), que os imóveis financiados sirvam de garantia na busca por novos empréstimos.  Desta forma, a instituição acredita que seja possível fazer a liberação de mais de R$ 60 milhões, de acordo com as contas iniciais realizadas pelos responsáveis. Para o diretor de regulamentação, Otavio Damaso, um trabalhador que já tenha financiado 60% do valor do imóvel e já tenha pago 30% do valor total, poderá solicitar o valor pago em uma nova operação

Caixa ultrapassa 3 mil contratos de crédito para MEI e MPE

Caixa ultrapassa 3 mil contratos de crédito para MEI e MPE

A nova modalidade do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) fechou mais de 3 mil contratos em apenas 2 dias de funcionamento. O anúncio foi feito pela Caixa Econômica Federal, banco que gerencia os recursos e repassa os valores. No total, foram aplicados R$ 160 milhões a mais na economia brasileira. O total disponível é de R$ 3 bilhões. Um dos motivos para o sucesso da empreitada foi a quantidade de interessados. Até o dia 17 de junho, mais de 100 mil MEIs e MPEs já haviam se cadastrado na modalidade. Para conseguir crédito, o

BB anuncia redução das taxas de juros para PF e PJ

BB anuncia redução das taxas de juros para PF e PJ

Devido à queda na Selic para 2,25%, o Banco do Brasil avisou que vai reduzir ainda mais as taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas. A nova regra começa a valer no dia 22 de junho de 2020. A mudança foi derivada da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) realizada nos dias 16 e 17 de junho. Na ocasião, a taxa básica de juros da economia foi reduzida em 0,75 ponto percentual, saindo de 3% para 2,25%. Para aproveitar a oportunidade do Banco do Brasil, criamos este post para apresentar as diferenças das taxas para pessoas físicas e

Banco do Brasil e Itaú reduzem taxa de juros após corte da Selic

Banco do Brasil e Itaú reduzem taxa de juros após corte da Selic

Após o oitavo corte consecutivo da taxa Selic pelo Comitê de Políticas Monetárias (COPOM), chegando ao patamar histórico de 2,25% ao ano, instituições bancárias como Itaú e Banco do Brasil anunciam reduções de juros para pessoas física e jurídica. Para auxiliar os consumidores de acordo com o novo cenário econômico, o Itaú anunciou que, a partir da próxima segunda feira (22), o repasse integral de redução será aplicado em algumas linhas de crédito para a pessoa física e jurídica, reduzindo os juros em 75 pontos-base.  Em relação à pessoa física, a linha de crédito se tornará mais acessível. Porém, a