Crowdfunding: Tudo que você precisa saber sobre o financiamento coletivo.

Muitas ideias boas não são realizadas por falta de recursos, para solucionar esse problema, o financiamento coletivo pode ser uma ótima estratégia.

Com o intuito de formar redes de apoio financeiro para projetos, as vaquinhas online possibilitam que as pessoas exponham seus planos, sejam eles de negócio ou não, e contem com a colaboração de quem se interessar em ajudar. 

Continua após a publicidade:

Atualmente, esse processo está bem consolidado. Existem cada vez mais plataformas de regulamentação para o crowdfunding.

Aderir a este método de financiamento, também propicia visibilidade para as ideias, funcionando como uma espécie de vitrine para investidores anjos ou pessoas que tenham interesse em investir em bons projetos.

Continua após a publicidade

Agora, se você quer saber mais sobre o crowdfunding, o iDinheiro preparou um conteúdo completo para te explicar como funciona, quando e como utilizar as melhores plataformas deste segmento.

Acompanhe até o final para ficar por dentro do que é o financiamento coletivo. 

O que é um financiamento coletivo?

O financiamento coletivo, também chamado de crowdfunding e vaquinha online, é uma modalidade de arrecadação de fundos para um projeto específico. 

Este, pode ser voltado para o meio corporativo, sendo esta uma das principais formas de financiamento de startups, por exemplo. No entanto, também podem ser usado em projetos sociais e filantrópicos. 

O funcionamento costuma ser bastante simples. Através de uma plataforma de crowdfunding a pessoa irá divulgar a sua ideia com todos os detalhes especificados. 

Continua após a publicidade

Para isso, também será necessário preencher qual é a meta de valor a ser arrecadado, além do prazo limite para a arrecadação dos recursos.

Para garantir o funcionamento e a segurança das transações de pagamentos, é comum que a plataforma contratada para administrar a campanha de crowdfunding cobre uma taxa sobre os valores arrecadados, que pode variar de 5 a 20%, dependendo da escolha.

Como surgiu o crowdfunding?

A vaquinha é uma forma de financiamento utilizada há bastante tempo. Na verdade, alguns especialistas acreditam que a sua prática surgiu em meados do século XVII, criada com o objetivo de realizar a impressão e publicação de livros da época. 

No entanto, com o passar dos anos, o conceito se tornou cada vez mais popular, se transformando em uma solução para os mais diversos tipos de mercado. 

Continua após a publicidade

Um exemplo prático de financiamento coletivo conhecido, é a Estátua da Liberdade. Para que ela fosse construída e levada para o lugar que se encontra atualmente, foram utilizados alguns financiamentos coletivos. 

No entanto, com o passar dos anos os crowdfundings também puderam contar com a tecnologia, auxiliando e até mesmo popularizando este processo de arrecadação financeira.

Para que serve o financiamento coletivo?

O crowdfunding serve principalmente para que as pessoas que possuem boas ideias, ou projetos já sendo executados, consigam um meio de financiá-los.

Muitas empresas conhecidas, como a Wikipédia e o YouTube, tiveram seu início através de financiamentos coletivos. 

Continua após a publicidade

No entanto, projetos sociais também podem usar a vaquinha online para divulgar a causa e conseguir com que as pessoas consigam doar de maneira prática e segura.

Modalidades de crowdfunding

As plataformas para a administração de vaquinhas online são variadas. 

No entanto, é comum que elas apresentem diferentes maneiras de administrar o financiamento coletivo, com regras próprias ou, até mesmo, com soluções diferentes.

Por isso, separamos para você as duas mais comuns:

Tudo ou Nada

A modalidade tudo ou nada costuma ser conhecida por suas vantagens e desvantagens.

Como o próprio nome já diz, as pessoas que conseguem atingir as metas estipuladas recebem 100% do valor arrecadado. 

No entanto, para projetos que não conseguirem atingir o valor estipulado, não receberão nada. Desta maneira, o montante arrecadado acaba voltando para os contribuintes.

Continua após a publicidade

Uma das vantagens dessa modalidade, é o fato de que normalmente as taxas cobradas pelas plataformas que as utilizam são reduzidas. 

Já para quem contribui, o ponto positivo é a certeza de que a causa apoiada conseguiu o valor que objetivava. Caso contrário, o benfeitor recebe o valor doado de maneira integral.

Arrecadação Parcial

Apesar de receber diferentes nomenclaturas de acordo com as plataformas, uma das opções comumente oferecidas é a que prevê o recebimento mesmo que as metas de arrecadação não sejam batidas.

Para essa modalidade, normalmente as taxas cobradas são maiores.

E existem pessoas que preferem não contribuir pelo fato de que se não houver a arrecadação total o projeto pode não ser executado e o dinheiro ser gasto em outra finalidade. 

Continua após a publicidade

Vantagens e desvantagens do financiamento coletivo

Ao pensar em um financiamento coletivo, muitas pessoas enxergam apenas as vantagens desse modelo de negócio. 

Apesar delas serem muitas, também existem alguns pontos de atenção e de cuidado que devem ser analisados antes da contratação.

Por isso, conheça abaixo alguns dos benefícios e desvantagens deste modelo de arrecadação financeira. 

Vantagens 

  • Permite que mesmo que pessoas com pouco dinheiro consigam ajudar; 
  • Divulgação e marketing em redes sociais com baixo ou nenhum custo; 
  • Capacidade de chegar a pessoas que, sem o financiamento coletivo, certamente não contribuiriam para o projeto; 
  • Minimiza os riscos de empresas que necessitam de empréstimos e financiamento para começar ou manter suas atividades;
  • Qualquer pessoas consegue fazer.

Desvantagens

  • Para projetos profissionais existe a necessidade de disponibilizar diversos dados; 
  • O sucesso das campanhas de financiamento coletivo não é garantido;
  • Taxas cobradas pelas plataformas podem ser consideravelmente altas; 
  • O valor arrecadado pode não ser suficiente para médio e longo prazo até o que projeto consiga se sustentar sozinho.

Principais empresas do crowdfunding

Como as vaquinhas online são cada vez mais populares, o número de plataformas que oferecem esse tipo de financiamento também é cada vez maior. 

No entanto, existem algumas empresas deste mercado que, além de já estarem consolidadas, disponibilizam maior segurança durante as operações.

Continua após a publicidade

Afinal, quanto mais reconhecida as organizações que administram as campanhas de crowdfunding, melhores serão as vantagens de utilização.

Isso porque com o número de visualizações na página maior, é possível que os resultados da campanha sejam influenciados diretamente. 

Para te ajudar nessa procura, separamos algumas das principais empresas brasileiras:

No entanto, também existem organizações estrangeiras que aceitam projetos de todos os lugares do mundo. 

Vale se atentar ao fato de que os planos de negócio devem estar escritos em inglês para facilitar na visualização e entendimento de quem quer contribuir. 

Continua após a publicidade

Para te ajudar na escolha da melhor opção, também separamos plataformas reconhecidas mundialmente.

Quando fazer um financiamento coletivo?

A verdade, é que não existem regras específicas de quando fazer um financiamento coletivo.

No entanto, as pessoas que irão contribuir precisam enxergar um objetivo maior que o financeiro, para se disporem a contribuir com a causa ou o projeto específico. 

Por isso, é necessário que ao elaborar a sua proposta e a divulgação do financiamento coletivo, os termos sejam claros e expliquem com exatidão quais serão os benefícios para a causa defendida. 

Conclusão

Portanto, seja você uma pessoa em busca de dinheiro para alavancar os negócios ou contribuir com uma proposta social, contar com a vaquinha online, certamente, é uma boa opção. 

Desde que os objetivos sejam claros e você saiba exatamente, como engajar o seu público alvo específico na causa. 

Quer saber mais sobre os financiamentos coletivos e outras formas de arrecadação de dinheiro para projetos pessoais e profissionais?

Então, assine a newsletter do iDinheiro, e receba toda semana conteúdo exclusivo sobre o que importa para o seu dinheiro.

Publicidade