Recibo Imposto de Renda 2023: veja como emitir e achar o número!

Está procurando seu recibo do Imposto de Renda? Veja como localizá-lo, onde está o número do comprovante e quais os canais para download.

Escrito por Camille Guilardi

Por que confiar no iDinheiro?

Responsabilidade editorial: Nosso editores são especialistas nas áreas e isentos nas avaliações e informações. Nosso objetivo é democratizar e simplificar o acesso a produtos e serviços financeiros sem viés. Conheça nosso código editorial.

Como ganhamos dinheiro?

Podemos ser comissionados pela divulgação e cliques nos parceiros. Isso também pode influenciar como alguns produtos aparecem na página, sempre com a devida identificação. Entenda como o site ganha dinheiro.

Política de Cookies: Nosso site utiliza cookies para estatísticas gerais do site e rastreamento de comissões de forma anônima. Nenhum dado pessoal é coletado sem seu consentimento. Conheça nossa política de privacidade.


O recibo do Imposto de Renda é um dos documentos mais importantes para o contribuinte comprovar sua declaração para a Receita Federal. Esse processo anual é essencial para o cidadão ter acesso aos seus direitos legais e não se complique com os órgãos tributários. No entanto, existem diversos elementos que podem comprometer a entrega do seu imposto, como falhas no sistema ou o volume de dados.

Nesse caso, é fundamental ter um meio de comprovar o envio no prazo correto, bem como constar que os deveres tributários foram cumpridos. Por esse motivo, o contribuinte deve não apenas guardar todas as suas declarações, como também ter o recibo do Imposto de Renda arquivado de forma segura. Para quem tem dúvidas de onde conferir essa informação, ou como recuperar seu comprovante, existem alguns tutoriais que podem ajudar. Veja os principais canais para localizar seus documentos da Receita Federal e saiba para que serve esse certificado.

Para que serve o recibo do Imposto de Renda?

O recibo do Imposto de Renda é um documento que comprova o envio da declaração anual para a Receita Federal. Ele é importante, pois serve como uma forma de garantir que a declaração foi entregue no prazo e de forma correta. Além disso, o comprovante do Imposto de Renda também é necessário para realizar algumas operações financeiras, como obter empréstimos, financiamentos e outros serviços bancários. Ele também é exigido em alguns casos para comprovar a renda do contribuinte em processos seletivos para emprego, por exemplo.

O recibo do Imposto de Renda pode ser obtido logo após o envio da declaração por meio do programa gerador do Imposto de Renda ou pelo site da Receita Federal. Ele estará gravado no dispositivo utilizado para realizar o envio, seja ele um computador, celular ou tablet. É possível imprimir a qualquer momento a partir desse mesmo dispositivo. Para isso, basta abrir o programa utilizado para enviar a declaração e selecionar a opção “Declaração” seguida de “Imprimir”. É fundamental guardá-lo em local seguro, com mais de um arquivo, por ser um comprovante essencial em diversas situações.

Por quanto tempo guardar?

Após a transmissão, a declaração do Imposto de Renda precisa ser armazenada por no mínimo cinco anos. Além do recibo que comprova o envio, é importante guardar os documentos que comprovam as informações prestadas na declaração. O Informe de Rendimentos é o principal deles, pois com ele é possível comprovar a veracidade das receitas e descontos informados.

Também é necessário fazer uma cópia de segurança da declaração e salvá-la em pelo menos dois dispositivos, como o computador e um HD externo. É fundamental guardar todos os documentos que comprovem as despesas informadas, como os gastos com saúde e educação. Esses documentos podem ser requisitados em uma eventual análise da Receita Federal, caso a declaração caia na malha fina. É importante checar se todas as informações foram inseridas corretamente e guardar os comprovantes para evitar atrasos no pagamento da restituição e outros transtornos no futuro. 

Como emitir o recibo do IR 2023?

O recibo do Imposto de Renda é emitido logo após o envio da declaração à Receita Federal. Assim, o prazo para envio da declaração do IR 2023 vai de 15 de março até 31 de maio. Dessa forma, para realizar sua declaração e poder emitir seu recibo você deve seguir os passos abaixo:

1. Preencha os dados

A princípio, é necessário que o contribuinte preencha as informações da sua declaração, de modo convencional. Esse processo é diferente para cada cidadão, pois dependerá dos seus recebimentos, classificação de perfil e até mesmo envios anteriores. Além disso, se possuir pendências, precisará modificar a inclusão dos dados na sua planilha por meio do programa da Receita Federal.

Por esse motivo, é essencial se atentar para as informações mais relevantes em cada arquivo, e preencher as abas de forma completa. Caso contrário, além de problemas na emissão do recibo do Imposto de Renda, também terá complicações com os órgãos de verificação. Assim, para evitar inconsistências, se atente ao processo de preenchimento da documentação na plataforma. É possível conferir dicas para realizar as etapas corretamente, a fim de entregar o arquivo no prazo.

2. Entregue a declaração

A ferramenta de declaração do Imposto de Renda disponibiliza os recursos para envio digital das informações. Uma vez que os dados foram corretamente inseridos em todas as abas, basta seguir com o procedimento de entrega. Dessa forma, os órgãos responsáveis poderão receber o documento e computá-lo corretamente, para as verificações posteriores.

No entanto, lembre-se de confirmar se o exercício é o correto e se não existem pendências quanto ao relatório. O programa deve apresentar as opções de entrega, ou transmissão do documento, na página inicial. Verifique se está correto antes de anexar. Em seguida, aguarde a confirmação do envio. Após alguns minutos, uma mensagem de confirmação será exibida.

3. Emita o recibo

Finalmente, uma vez que o arquivo foi enviado sem complicações, basta que o usuário emita o recibo do Imposto de Renda. Na tela inicial, será possível verificar o número referente à operação realizada. O contribuinte poderá conferir esse código em seu dispositivo desktop ou móvel, como smartphone. É possível anotar o número ou salvar o comprovante em formato digital, para conferência posterior. Para imprimir, é necessário:

  • abrir o programa gerador do Imposto de Renda e selecionar a opção “Declaração” seguida de “Imprimir”;
  • escolha a opção “Recibo de Entrega” e siga as instruções para imprimir o documento.

Ainda, é essencial reforçar que existe apenas um número gerado para cada entrega. Isso significa que, tecnicamente, o contribuinte deverá ter apenas um relatório. Contudo, no caso de refações ou correções, o documento deve apresentar um novo comprovante, por ser um procedimento distinto. Nesse caso, siga as mesmas etapas para salvar o código da mesma forma. Ambos serão importantes em processos futuros.

Como recuperar o recibo do Imposto de Renda?

Caso o contribuinte não tenha salvo seu recibo do Imposto de Renda, existem algumas alternativas para recuperá-lo oficialmente. Embora existam alguns mecanismos de proteção à informação, o cidadão poderá acessar o código novamente nos canais da Receita Federal. Confira algumas das opções para realizar esse acesso e visualizar o recibo novamente:

Como recuperar o recibo do Imposto de Renda no portal e-CAC?

A Receita Federal administra o Portal e-CAC, que está disponível para qualquer pessoa física ou jurídica com CPF, ou CNPJ. Neste canal, é possível efetuar diversas consultas relacionadas à declaração, como débitos fiscais, declarações enviadas, processos e parcelamentos. Adicionalmente, também existe a possibilidade de recuperar o número do recibo das declarações do Imposto de Renda transmitidas pelo contribuinte. 

Para acessar o Portal e-CAC, é necessário um certificado digital em nome do titular, que pode ser utilizado para fazer login na página e selecionar a opção desejada. Nesse caso, o procedimento é semelhante ao acesso para entrar no programa de declaração ou de envio. Informe os dados pessoais para login e confira o menu de extratos e histórico de documentos. Dessa forma, o usuário poderá visualizar seu código novamente e salvá-lo no computador, de modo semelhante ao primeiro número. Na prática, o passo a passo é:

  1. Acesse o portal e-CAC da Receita Federal;
  2. Faça login utilizando sua conta Gov.br;
  3. Na página inicial do e-CAC, clique em “Declarações e Demonstrativos” e depois em “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”;
  4. Selecione o ano-base da declaração que deseja recuperar o recibo e clique em “Pendências de Malha”;
  5. Caso não haja pendências, clique em “Mais opções” e depois em “Imprimir Comprovante de Entrega”;
  6. O recibo será exibido na tela e você poderá salvá-lo em formato PDF ou imprimir;

Caso tenha problemas para acessar sua conta ou recuperar o código, entre em contato com a Receita Federal pelo telefone 146 ou pelo Fale Conosco no site da Receita Federal. Esse é o principal canal de recuperação e visualização, e o usuário deve tentá-lo antes de outra solução.

Como recuperar o recibo IRPF no computador?

Uma maneira simples de recuperar o recibo de transmissão de sua declaração é por meio do computador utilizado para enviá-la. Se o arquivo gerado pelo programa da declaração foi salvo no disco rígido, basta abri-lo e solicitar a impressão. Em algumas situações, o usuário possui o documento, mas não consegue encontrá-lo offline. Nesse caso, o processo é simples, e depende apenas da localização pela plataforma.

Para fazer isso, acesse o programa da Receita utilizado para enviar a declaração, selecione o menu superior “Declaração”, depois “Imprimir” e, em seguida, “Recibo”. Isso abrirá uma página com todos os recibos de declarações transmitidas. Selecione o arquivo desejado e faça o download. No entanto, para que isso funcione corretamente, é necessário que a declaração anterior esteja salva em uma pasta específica dentro do seu computador. Caso o programa não localize o documento, não será possível restaurar o recibo dessa forma. Ainda, é fundamental ter todos os programas instalados na mesma máquina, e usar o login padrão da declaração anterior.

Como recuperar recibo IRPF no celular?

Desde 2013, se tornou possível preencher e enviar a declaração do Imposto de Renda utilizando dispositivos móveis, como tablets e celulares. Nesses casos, também é possível recuperar o recibo do Imposto de Renda.

Para smartphones com sistema operacional Android, basta acessar a pasta de downloads do aparelho e clicar no arquivo salvo nesse diretório. Em dispositivos iOS, os arquivos podem ser encontrados no local do programa instalado. Para identificá-los, é necessário usar o iTunes, um programa que explora os dados dos aparelhos com esse sistema operacional. Independentemente do dispositivo utilizado, requer instalado o aplicativo IRPF em seu celular e ter uma cópia da declaração enviada e do recibo baixados no smartphone.

Trata-se do mesmo caso do computador, onde o arquivo foi salvo previamente, mas não está na pasta procurada. Esse caminho é uma forma mais prática de encontrar o comprovante sem precisar de acesso à internet ou solicitação junto a Receita Federal.

Como recuperar recibo IRPF em uma unidade da Receita Federal?

Caso nenhuma outra opção funcione, ainda existe a possibilidade de recuperar o recibo da declaração do Imposto de Renda visitando uma unidade da Receita Federal do Brasil. Para isso, é necessário agendar um horário por meio do portal e-CAC e comparecer à agência na data e hora marcadas para receber o atendimento de um especialista. É importante levar seus documentos pessoais para comprovar a titularidade, uma prevenção para manter a segurança dos dados.

Devido à natureza sigilosa da declaração do IR e aos dados sensíveis do contribuinte que ela contém, apenas o próprio contribuinte ou alguém com uma procuração pode se dirigir à Receita Federal para solicitar uma segunda via do recibo da declaração. Presencialmente, um atendente especializado poderá localizar os números referentes em seu banco de dados geral.

Caso o cidadão tenha, de fato, enviado sua declaração, a unidade poderá informá-lo sobre o código e imprimir uma via para arquivo físico. No entanto, isso não será possível se, por algum motivo, o usuário deixou de salvar seu imposto de renda referente ao ano de interesse. Nesse caso, deverá seguir com as orientações para arcar com multas ou solicitar outros tipos de procedimentos.

Como descobrir o número do recibo do IR?

Para descobrir o número do recibo do Imposto de Renda basta conferir o comprovante emitido ao final da operação de envio na plataforma oficial. Primeiramente, caso tenha salvado uma cópia em seu computador ou celular, é possível verificar o número no documento. Caso contrário, deverá verificar o comprovante por meio de um dos métodos disponíveis, como o Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) da Receita Federal ou o aplicativo “Meu Imposto de Renda”, disponível para Android e iOS.

No entanto, é necessário possuir um cadastro e senha de acesso para utilizar esses métodos. Vale ressaltar que sem o comprovante, não será possível verificar o número do recibo. É importante lembrar, também, que apenas o titular da declaração poderá acessar o codificador por meio do canal da Receita Federal, identificado por 12 números. Geralmente está localizado no canto superior do documento. É possível que a localização do número do recibo possa mudar dependendo se o acesso é efetuado pelo computador ou celular.

Vale a pena acessar o recibo do Imposto de Renda?

Sim, é fundamental acessar e guardar o recibo do Imposto de Renda, visto que esse documento é um comprovante para conferências posteriores. Sem essa declaração anual, o cidadão pode perder diversos direitos sociais e receber multas, inclusive com acusação de sonegação. Por esse motivo, é fundamental se atentar para os prazos de anexo do documento e outras exigências da Receita Federal.

No entanto, também é igualmente importante ter um recibo que comprove a execução desse procedimento no período autorizado. Caso contrário, o contribuinte pode ter dificuldade em provar que realizou seus deveres civis e tributários, sofrendo as consequências. Assim, vale a pena saber como acessar o recibo do Imposto de Renda, localizar seu código e ter cópias salvas em locais de segurança.

Além disso, muitas pessoas podem ter dúvidas quanto à localização posterior, uma vez que a declaração já foi anexada. No entanto, existem alternativas para obter o documento novamente, por meio de canais oficiais e até mesmo nos dispositivos móveis. Ter conhecimento sobre as etapas necessárias permite que o usuário tenha mais autonomia ao administrar seus documentos, e não tenha complicações com a Receita Federal. Por isso, é fundamental ter o recibo do Imposto de Renda em mãos, e se atentar para as formas de encontrá-lo posteriormente, garantindo maior tranquilidade fiscal.

Confira mais dicas e novidades ativando as notificações do Push e assinando a newsletter do iDinheiro!

Perguntas Frequentes

  1. Como emitir o recibo do imposto de renda?

    É possível emitir o recibo do Imposto de Renda no momento em que a declaração é enviada. O programa da Receita Federal disponibiliza o comprovante na tela inicial e, posteriormente, seus canais oficiais também possibilitam acesso futuro por parte do titular.

  2. Onde está o número do recibo do imposto de renda?

    O número do recibo do Imposto de Renda está localizado no canto superior do comprovante emitido após a declaração. A localização pode mudar no documento a partir do visualizador. No entanto, trata-se de um código de 12 números que consta no relatório oficial.

  3. Como confirmar recibo do IRPF?

    O recibo do IRPF é uma confirmação de que a declaração do Imposto de Renda foi realizada com sucesso. O contribuinte pode conferir o código e as informações na tela inicial, após anexar seus dados, e posteriormente, nos canais oficiais ad Receita Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe das comunidades do iDinheiro no Whatsapp