Comprar na Shopee é seguro? Tire suas dúvidas!

Veja se o site e aplicativo Shopee é seguro para o consumidor, e saiba como fazer compras com mais garantia dentro desse marketplace.

perfil
Camille Guilardi

Se você é um consumidor antenado nas novidades, possivelmente já se perguntou se o Shopee é seguro e confiável. Afinal, a plataforma se tornou um sucesso entre os compradores virtuais, mas pode levantar dúvidas em alguns usuários.

Com a convergência digital e cada vez mais alternativas de compra disponíveis no mercado, muitas pessoas estão aderindo ao e-commerce, às lojas virtuais e aos marketplaces. No entanto, assim como a internet é um local com um volume considerável de opções para comprar, ela também pode trazer uma série de fraudes e produtos enganosos para o usuário.

Continua após a publicidade

Nesse caso, antes de realizar qualquer operação em uma nova plataforma de vendas, vale a pena conhecer mais sobre ela, para ter confiança durante o procedimento, e se assegurar de que não se trata de uma enganação. Por isso, se você está se perguntando se o Shopee é seguro, confira um guia completo sobre o site, como ele funciona, quando ele foi criado e quais as garantias que ele oferece para o consumidor.

Aprenda também como fazer uma compra com segurança e quais as etapas para solicitar suporte se a sua experiência não for positiva dentro de uma das maiores plataformas de vendas da atualidade.

Continua após a publicidade

O que é Shopee? 

A Shopee é uma plataforma de comércio eletrônico desenvolvida em Singapura, pertencente ao conglomerado Sea Group, também conhecido como Garena.

A empresa global de internet com serviços para o consumidor foi criada em 2015, mas a Shopee só chegou no Brasil em 2019, após ter alcançado países como Tailândia, Indonésia e Taiwan. 

A expansão internacional para o Brasil foi inovadora para o grupo, sendo a primeira localidade fora da Ásia a oferecer os serviços da plataforma. No entanto, depois de constatar o sucesso do site, o grupo aumentou seu alcance e estabeleceu bases no México, Chile e Colômbia durante 2021.

Em um primeiro momento, a Shopee funciona como um marketplace, assim como outros nomes conhecidos no Brasil, incluindo Mercado Livre, Wish ou Alibaba. Trata-se de um local que reúne vendedores físicos e empresas que disponibilizam seu produto para o consumidor final.

Continua após a publicidade

Nesse caso, a característica de intermediária da operação pode levar alguns usuários a duvidarem se o site do Shopee é seguro, uma vez que a compra não é feita diretamente com a plataforma, mas sim com o vendedor que anuncia com ela.

O desenvolvimento da plataforma foi uma tentativa de competir com outras grandes empresas asiáticas que estavam dominando o mercado de varejo. Contudo, o serviço se tornou tão popular que foi descrito pela Tech In Asia como “uma das 5 startups de comércio eletrônico disruptivas a surgirem no mercado em 2015”.

Sucesso no Brasil

Ainda que muitos se perguntem se o Shopee é seguro e confiável, a expansão dos seus serviços foi significativa.

Isso porque, no Brasil, o sucesso da plataforma pode ser explicado por características como preços atrativos e o impulsionamento do comércio local, por meio da visibilidade de pequenos e médios empreendedores nacionais.

Continua após a publicidade

Além disso, a própria plataforma oferece alternativas de economia para os consumidores, como cupons de frete grátis e promoções relâmpago. Dessa forma, os consumidores se sentem atraídos a realizar compras dentro da plataforma, encontrando todos os tipos de produtos, ofertas e condições de compra.

Alguns especialistas comparam a plataforma como uma “25 de março virtual”, fazendo referência a um dos maiores e mais famosos centros de vendas do país.

Atualmente, a Shopee conta com categorias de venda que incluem:

  • eletrônicos;
  • roupas;
  • calçados;
  • brinquedos;
  • artigos para cozinha.

Os produtos disponíveis no Brasil podem ser de vendedores locais ou internacionais.

Além do site oficial, a Shopee também oferece um aplicativo, disponível para Android e iOS, e já acumula mais de 200 milhões de downloads, sendo uma das plataformas mais baixadas dentro da categoria de compras.

Quem é o dono da Shopee?

O dono e criador da Shopee é Forrest Li, um empresário bilionário singapurense, conhecido por fundar essa e outras plataformas, como a Garena, desenvolvedora do famoso jogo de tiro mobile Free Fire.

Continua após a publicidade

De acordo com a Forbes, seu patrimônio líquido está acumulado em U$7,4 bilhões.

Embora a plataforma opere no Brasil, não existe nenhum sócio responsável ou parceiro de Forrest Li no país, sendo ele o único dono da empresa.

Usar a Shopee é seguro e confiável?

Mesmo depois de conhecer mais sobre a plataforma, muitos usuários podem se perguntar se o Shopee é seguro.

Afinal, como toda grande plataforma de vendas, podem existir algumas situações pouco garantidas, fraudes de produtos e experiências menos positivas que deixam os consumidores receosos.

Por esse motivo, é importante conferir alguns pontos de consideração antes de utilizar o site para as suas compras, de modo a avaliar se o serviço é, de fato, confiável.

Continua após a publicidade

Garantia Shopee

Visando trazer mais segurança para o consumidor que duvida se o Shopee é seguro, a empresa passou a disponibilizar a Garantia Shopee.

Esse recurso pode ser contratado em qualquer compra, nacional ou internacional, e permite que o usuário tenha uma proteção a mais na hora de finalizar suas operações. Com a Garantia Shopee, o valor pago pela compra fica retido até que o vendedor poste a encomenda e o cliente confirme o recebimento pelo aplicativo.

O serviço é adicional, não sendo obrigatório para nenhuma compra. Caso o usuário deseje ter essa garantia, deverá pagar uma pequena taxa sobre o valor final.

Dessa forma, se não houver a confirmação de entrega do produto por parte do usuário, o valor não é depositado para o vendedor, sendo devolvido pela forma de pagamento utilizada, como cartão de crédito, débito ou saldo no aplicativo.

Continua após a publicidade

Com essa garantia, existe um cuidado a mais para que o cliente não vivencie uma experiência negativa ou seja pego em uma fraude.

Reclame Aqui

Enquanto isso, para definir se o Shopee é seguro, vale a pena conferir a reputação da empresa no Brasil. Analisar a opinião de outros usuários antes de utilizar o serviço é uma forma eficiente de confirmar se a empresa é confiável, além de conhecer depoimentos e outras experiências de clientes que já usaram o site.

Nesse caso, o consumidor pode conferir a nota atribuída a Shopee em algumas plataformas de avaliação, como o Reclame Aqui. Atualmente, trata-se do site mais popular para registro de reclamações e notas quanto às empresas que atuam no Brasil.

Além de permitir que os usuários expressem suas dificuldades e avaliem o atendimento de cada companhia, também funciona como um canal de comunicação para a empresa, que pode responder os depoimentos e buscar solucionar cada problema.

Continua após a publicidade

No momento, a média da Shopee no Reclame Aqui é 7.4, considerada boa. Enquanto isso, apresenta os seguintes índices:

  • 99,7% de reclamações respondidas;
  • 76% de soluções encontradas;
  • 66% dos clientes afirmaram que voltariam a fazer negócio no futuro.

Até março de 2022, constavam 40.193 reclamações abertas, e alguns dos registros mais recentes indicavam pedidos que constavam como entregues, mas sem recebimento, e dificuldade em solicitar reembolso de mercadorias.

Dessa forma, embora existam algumas reclamações quanto à empresa, elas não indicam problemas de muita gravidade, e as avaliações gerais indicam que o Shopee é seguro na opinião dos usuários.

Notas dos aplicativos

Por fim, também é interessante considerar a nota que os usuários atribuem para a plataforma nas lojas de aplicativos. A Shopee se tornou o aplicativo de marketplace mais baixado no Brasil, e já possui milhões de usuários.

Continua após a publicidade

Assim, é possível conferir as impressões de alguns dos consumidores e verificar se eles indicam o aplicativo, bem como o serviço que acompanha a plataforma para dispositivos móveis.

Na Play Store, loja de aplicativos para sistema Android, a Shopee possui nota 4.5 de 5, com mais de 2 milhões de avaliações.

Alguns dos apontamentos mais curtidos pelos outros usuários indicam lentidão no momento de usar o aplicativo, além de dificuldade para usar alguns de seus recursos, como envio de foto no recebimento dos pedidos e resgate de moedas.

Enquanto isso, na Apple Store, loja de aplicativos para sistema iOS, os usuários consideram que o Shopee é seguro, com uma nota 4.8 de 5 estrelas. No entanto, são apenas 500 mil avaliações até o momento.

Continua após a publicidade

Além disso, as reclamações são mais voltadas para falhas na atualização e alguns apontamentos de problemas na entrega dos produtos, que se relacionam menos com a usabilidade do aplicativo e mais com o serviço da empresa.

Como comprar na Shopee?

Depois de avaliar se o Shopee é seguro e confiável, o usuário que deseja comprar na plataforma pode seguir um passo a passo simples, que pode ser feito pelo celular ou pelo computador.

Atualmente não é possível finalizar uma compra sem possuir uma conta, de modo que o consumidor precisa se registrar antes de mais nada.

No entanto, o processo é gratuito e leva apenas alguns minutos. Na tela inicial, existe a possibilidade de logar com uma conta do Facebook ou do Gmail, além de criar um novo registro com e-mail e senha. Em seguida, será necessário confirmar seu telefone, utilizado para envio de notificações e outras atualizações sobre cada pedido.

Continua após a publicidade

Por fim, o usuário já poderá navegar no catálogo da Shopee para fazer suas compras. Não existe a necessidade imediata de completar o perfil antes disso.

Contudo, para fazer uma compra com cartão de crédito, o consumidor precisará tê-lo cadastrado, podendo fazer isso antes ou depois de escolher seu produto.

A inclusão de um endereço de entrega também é fundamental, mas não é solicitada durante o cadastro inicial, podendo ser incluído posteriormente, antes de finalizar a compra.

Com a conta logada, o usuário poderá aplicar os filtros de busca, localizar um produto pela ferramenta de pesquisa da plataforma ou selecionar as categorias pré-determinadas na página inicial.

Continua após a publicidade

Finalmente, basta incluir o produto no carrinho e seguir para a página de pagamento, que pode ser por boleto bancário ou cartão de crédito.

Como rastrear pedidos?

Depois de comprar um produto, o usuário tem a opção de rastrear seus pedidos na conta, por meio de um código informado pelo próprio vendedor.

Essa informação deve ser fornecida para qualquer meio de envio utilizado, como Correios ou transportadora particular.

O rastreio completo do pedido está disponível no perfil do consumidor. Basta clicar na aba “Eu”, pelo aplicativo ou computador, e seguir para a tela “Minhas compras”. Em seguida, clique sobre o produto em andamento e veja as atualizações no status “A Receber”.

Continua após a publicidade

A Shopee informa alguns dados de localização do produto direto na plataforma, mas também disponibiliza o código de rastreio da entregadora, caso o consumidor deseje acompanhar externamente a sua entrega.

Como pedir reembolso?

Caso não esteja satisfeito e deseje solicitar um reembolso da sua compra, basta localizar o pedido na aba “A Receber” e localizar a opção “Pedido de reembolso”, disponível dentro da própria página. Nesse caso, o pedido aberto será referente a todos os produtos dentro da compra em andamento.

Contudo, é importante se atentar para alguns critérios de devolução vigentes na Shopee:

  • produto não foi entregue;
  • insatisfação com o pedido, desde que dentro do prazo de 7 dias após o recebimento;
  • produto incompleto, com número errado de itens ou faltando acessórios;
  • encomenda com defeito, arranhões ou partes quebradas;
  • características erradas, incluindo tamanho ou cor;
  • mau funcionamento;

Além disso, existem alguns casos onde o pedido de reembolso não é válido:

  • pagamento não confirmado;
  • desistência da compra após confirmar que o pedido foi recebido e não apresenta danos;
  • item não enviado de volta;

Ainda, de acordo com a política da plataforma, itens de uso pessoal, como roupas íntimas, roupas de cama e maquiagens, não podem ser devolvidos, e, com isso, não permitem o reembolso. Trata-se de uma maneira de garantir a segurança nas negociações de ambas as partes, e confirmar que o Shopee é seguro para todos os usuários.

Como conseguir frete grátis?

Um dos diferenciais da Shopee são os cupons exclusivos de frete grátis dentro da plataforma.

Continua após a publicidade

Esses cupons são distribuídos de maneiras distintas, e podem ser conseguidos, por exemplo, dentro de uma promoção relâmpago, ou enviados pela própria plataforma.

No entanto, também existem algumas regras de uso para conseguir frete grátis, como:

  • pedido com valor mínimo;
  • compras em lojas diferentes possuem cálculo de frete distinto, e o cupom só é válido para uma delas;
  • campanhas de desconto de frete não aceitam cupom de frete grátis;
  • limite de uso de apenas 5 cupons de frete grátis por semana.

Caso o consumidor atenda a essas condições, pode selecionar seu frete grátis na página de finalização da compra, na aba “Cupons”. Se estiver disponível, basta clicar e o desconto será aplicado automaticamente.

Para conseguir mais cupons, o usuário pode selecionar nas ofertas da Shopee, por meio de brindes, jogos ou verificar se a loja possui um cupom para oferecer.

Quanto tempo demora a entrega?

Outro fator a se considerar para conferir se o Shopee é seguro é o tempo de demora de entrega, um dos pontos mais importantes para o consumidor.

Continua após a publicidade

Por se tratar de uma plataforma de marketplace, que atua como intermediário entre vendedores e consumidores, a entrega é de responsabilidade do comerciante. Nesse caso, existem lojas espalhadas por todo o Brasil, além de empreendimentos internacionais, que também disponibilizam seus produtos, de modo que o prazo de entrega pode variar consideravelmente.

De acordo com as políticas do site, compras com envio internacional possuem média de 45 a 60 dias para serem entregues. Além disso, estão sujeitos a possíveis taxas de importação dos Correios, o que faz com que a encomenda fique parada na alfândega.

Enquanto isso, entregas nacionais também variam, mas podem apresentar até 45 dias para envio.

O usuário pode verificar o prazo dado a cada comerciante dentro do próprio aplicativo, como forma de monitorar o andamento do processo e confirmar que o produto foi postado. Caso o prazo de entrega atrase, o consumidor pode entrar com um pedido de reembolso, o que garante mais que o Shopee é seguro.

Como vender na Shopee?

Enquanto isso, muitos usuários podem pesquisar se o Shopee é seguro e confiável para vender por meio da plataforma.

Continua após a publicidade

Nesse caso, trata-se de um e-commerce atrativo para divulgar suas mercadorias, pagando uma comissão apenas se a venda for concretizada, sem outras taxas adicionais para se cadastrar. Dessa forma, se desejar anunciar seus produtos dentro do site, basta criar uma conta de vendedor.

Em um primeiro momento, você precisará ter uma conta logada como comprador, para acessar a opção de venda. Contudo, só precisa ser um cadastro normal, com os dados certificados.

Depois de logar, acesse seu perfil na área “Eu” e encontre a opção “Comece a vender”. Em seguida, poderá escolher abrir sua loja como pessoa física ou jurídica, inserindo o CPF ou CNPJ correspondente. Ainda, será necessário adicionar o nome da sua loja e outros dados que quiser, como endereço físico, descrição e foto de perfil.

Posteriormente, o vendedor receberá um e-mail com a confirmação de cadastro, garantindo que se trata de um contato válido para prosseguir.

Continua após a publicidade

A próxima etapa permite que o usuário adicione produtos no seu perfil, incluindo detalhes como:

  • categoria;
  • preço;
  • quantidade disponível em estoque;
  • dimensões do produto;
  • cuidados, se for necessário.

Além disso, também existe a possibilidade de incluir uma descrição personalizada, com o texto que o vendedor desejar para descrever o produto.

É possível colocar até 15 fotos junto com o anúncio, e vincular outras informações, como previsão de entrega que acompanha aquela mercadoria. Todos os produtos cadastrados pela mesma loja ficam disponíveis para administração no catálogo do vendedor, para organizar e excluir quando desejar.

O que vender na Shopee?

Agora, além de confirmar se o Shopee é seguro, usuários que se interessam em vender produtos podem ficar em dúvida sobre o que disponibilizar.

Continua após a publicidade

No entanto, um dos pontos positivos que acompanham a plataforma é que existe uma grande variedade de categorias disponíveis para comercializar.

Algumas das principais que se destacam são:

  • eletrônicos;
  • vestuários;
  • acessórios;
  • brinquedos;
  • decoração.

Contudo, existem comerciantes de todos os tipos dentro do marketplace, uma vez que ele é apenas um portal de anúncios, sendo acessível para todos os vendedores.

Além de categorias convencionais, como roupas ou decoração, também é possível vender:

  • maquiagens;
  • itens para crianças;
  • perecíveis, como alimentos;
  • mercadorias como produtos de limpeza;
  • móveis;
  • ferramentas.

De forma geral, quase todos os produtos convencionais de uso podem ser anunciados na Shopee.

Quanto custa vender na Shopee?

A Shopee não possui taxa de inscrição, de modo que o cadastro como pessoa jurídica ou pessoa física vendedora é gratuito. Além disso, também não existem tarifas para manter o anúncio no ar, e cadastrar os produtos também é um procedimento sem taxas.

Continua após a publicidade

Dessa forma, o vendedor pagará uma porcentagem de comissão apenas quando a compra for efetuada e o pagamento confirmado pelo comprador. Atualmente, a comissão é de 12% sobre o valor final, com limite máximo de R$100 por compra. 

Na prática, se um vendedor realizar uma venda de R$100,00, a taxa de comissão será de R$12. No entanto, se a compra for de R$1.000,00, a comissão não será de R$120,00, mas sim de R$100.

Essa é outra vantagem que acompanha a plataforma, tornando-a atrativa para pequenos empreendedores também.

Como excluir conta na Shopee?

Por fim, caso o consumidor tenha dúvidas se o Shopee é seguro ou não deseje mais ter a sua conta, pode seguir um passo a passo para excluí-la dentro do aplicativo ou do site.

Na guia “Eu”, selecione a aba de Configurações e localize a opção “Solicitar exclusão de conta”. Essa opção estará disponível para usuários vendedores e compradores comuns. Em seguida, solicite o código de verificação enviado por SMS para o número confirmado junto com a conta.

Continua após a publicidade

Dessa forma, a plataforma pode garantir que se trata de um pedido autêntico do dono da conta, evitando problemas de exclusão não solicitada.

Depois de informar o código por SMS, o usuário deverá selecionar o motivo de exclusão e, se desejar, enviar um depoimento escrito como feedback para o site. Posteriormente, deverá inserir o endereço de e-mail associado à conta e verificar os Termos e Condições.

Ele indica, entre outros avisos, que todos os dados serão excluídos, como informações sobre pedidos, cartões cadastrados, moedas e recompensas. Caso o usuário queira prosseguir, basta finalizar o procedimento e enviar.

Com isso, sua conta já estará excluída do banco de dados. Se for um registro de vendedor, o catálogo de anúncios associado ao CPF ou CNPJ também ficará indisponível definitivamente.

Continua após a publicidade

Afinal, a Shopee é confiável?  

Depois de conhecer mais sobre a plataforma e como ela funciona, o usuário poderá decidir se o Shopee é seguro e confiável.

Em um primeiro momento, o site pode trazer dúvidas para o consumidor, especialmente por ser um serviço internacional e não possuir base de desenvolvimento no Brasil. Além disso, experiências com outros marketplaces do exterior, como Wish ou Alibaba, também podem deixar o usuário receoso quanto a realizar compras dentro do site.

No entanto, é possível concluir que o Shopee é seguro como plataforma de comércio eletrônico. Ela disponibiliza todas as ferramentas necessárias para que o usuário garanta a efetividade da sua compra, incluindo garantia de pagamento e reembolso, acompanhamento do pedido em tempo real e análise de reviews do vendedor.

Nesse caso, embora não se responsabilize pelo produto, a Shopee pode atender ao consumidor insatisfeito, e garantir que ele receba o dinheiro de volta, se for possível.

Continua após a publicidade

Ainda, as avaliações dos demais usuários também apontam que se trata de um serviço confiável, principalmente com um volume tão grande de downloads e inscritos em um curto período de tempo que a plataforma passou a atuar no Brasil.

Atualmente, o site também conta com embaixadores e publicidade de personalidades conhecidas, o que configura ainda mais credibilidade para as suas operações. Contudo, é sempre importante confirmar que se trata de um vendedor bem qualificado antes de realizar a compra.

Isso porque a Shopee não possui muitas restrições de vendedores, de modo que qualquer usuário pode se cadastrar e fazer anúncios.

Assim, para ter certeza de que se trata de uma mercadoria autêntica, confira dados como:

Continua após a publicidade

  • avaliação de outras compras;
  • opinião dos usuários;
  • localidade do comércio;
  • fotos;
  • interações com outros consumidores.

Dessa forma, será possível garantir que o Shopee é seguro antes de finalizar uma compra.

Shopee é seguro mesmo em caso de fraudes

Se, eventualmente, o consumidor cair em uma fraude, é importante lembrar que o Shopee é seguro em suas operações de intermediação e atendimento ao cliente.

Nesse caso, não é ela que fornece as mercadorias, de modo que produtos fraudulentos ou não correspondentes não interferem nos seus serviços.

Por esse motivo, é possível determinar que o Shopee é seguro, e disponibiliza todas as ferramentas necessárias para atender o consumidor no caso de insatisfação, além de ter uma reputação positiva no mercado, e estar entre os líderes de marketplace no Brasil.

Conclusão

Por fim, esperamos que este artigo tenha tirado todas as suas dúvidas e te ajudado a decidir se a plataforma da Shopee é confiável e segura. Seja para comprar ou vender, acreditamos que o site entrega o que promete e, quando ocorrem problemas, os mesmos são rapidamente resolvidos.

Ademais, conta pra gente o que achou do post! Ainda tem dúvidas? Não sabe se pode confiar? Deixa nos comentários que será nosso prazer te responder.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.